Review: A Série Divergente: Insurgente

Oi, gente! Como estão? 😀

Essa semana aconteceu a estreia de um dos filmes mais aguardados pelos leitores: a continuação da série Divergente, Insurgente! Fui assistir ontem e no post de hoje trago a resenha pra vocês! E, pra quem quiser, tem review de Divergente também aqui no blog. \o/

insurgent

Sinopse: Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James) agora são fugitivos e procurados por Jeanine Matthews (Kate Winslet), líder da Erudição. Em busca de respostas e assombrados por prévias escolhas, o casal enfrentará inimagináveis desafios enquanto tentam descobrir a verdade sobre o mundo em que vivem.

Insurgente continua a história logo após o final de Divergente. Tris, Quatro, Caleb e Peter fogem para fora da cidade e se refugiam na Amizade, enquanto Jeanine inicia uma perseguição não só a eles, mas como a todos os Divergentes. Enquanto isso, a líder da Erudição finalmente encontra algo que vinha procurando há algum tempo: uma caixa com uma mensagem dos Fundadores do sistema de facções, que deve ser aberta em tempos de crise. Porém, só um Divergente é capaz de abrir a caixa, o que faz da busca de Jeanine ainda mais implacável. Essa caixa é um dos pontos centrais do filme, já que a Erudição não mede esforços para caçar Divergentes que possam enfrentar as cinco simulações das facções para que o objeto finalmente se abra. A maior parte das cobaias, contudo, não resiste a tanto esforço. Mas Tris pode ser a chave para isso.

2

A continuação de Divergente, desde o início, conta com um ritmo muito mais intenso e alucinante que seu antecessor. Tris está muito abalada psicologicamente e suas atitudes são extremamente impulsivas. A personagem não consegue superar o trauma de ter visto sua família morrer e de ter matado seu melhor amigo e, mesmo contando com todo o apoio de Quatro, ela não consegue se abrir e falar a respeito de seus medos. Em Insurgente, temos uma protagonista visivelmente quebrada e machucada, que reage com violência à maior parte dos estímulos e situações de stress. Gostei muito dessa evolução da personagem, ainda que para um lado “negativo” e traumático. Acho que a interpretação de Shailene caiu muito melhor agora em Tris do que em Divergente. Quatro, por sua vez, assume o papel da razão no relacionamento. Suas atitudes de impulsividade se referem apenas a Tris, que mostra tendências quase suicidas ao tentar proteger as pessoas e impedir que mais gente morra por sua causa. O sentimento dele por ela é tangível, e ele faria qualquer coisa para protegê-la.

1

Alguns personagens “bons” revelam-se vilões, outros vilões mais carismáticos acabam se tornando aliados e essa dinâmica faz com que o filme fique surpreendente, principalmente para quem não leu os livros e não sabia nada do que aconteceria em Insurgente, como eu. Também somos apresentados a personagens totalmente novos, como os sem-facção, liderados pela mãe de Quatro, Evelyn. Ela forjou sua morte há muitos anos, para fugir do sistema e de seu marido abusivo, e agora planeja um ataque à Erudição para assumir o controle e acabar com as facções. Seu desenvolvimento foi bastante raso e superficial, já que seu relacionamento com Quatro é bastante conturbado, mas suficiente para mostrar que ela é uma personagem ambiciosa e egoísta. Foi uma aliança interessante e me deixou bastante surpresa.

4

O filme tem muitos efeitos especiais, principalmente nas cenas em que Tris passa pelas simulações (algumas das cenas de que mais gostei!). A caixa faz com que a protagonista precise de todas as suas aptidões para enfrentar suas simulações, exigindo muito dela. A simulação da Franqueza é uma das melhores, pois a personagem revela tudo aquilo que vem tentando esconder, tornando-a extremamente humana. Porém, o teste mais difícil para Tris é o da Amizade, pois a raiva e a incapacidade de perdoar a si e aos outros vai contra tudo que essa facção acredita.

3

Insurgente teve um desenvolvimento muito grande na história e nos personagens. Eles ficaram mais maduros e complexos, e o final do filme traz uma reviravolta incrível. Eu não li nenhum dos livros porque soube de um spoiler do final (e tinha uma guria no banheiro do shopping contando, acreditam? Se eu não soubesse, ficaria puta! ò.ó), mas ainda assim estou muito curiosa pra saber como as coisas vão se desenrolar até lá. Não sei o que esperar de Convergente, principalmente depois da cena final de Insurgente, mas estou ansiosa! Em suma, eu adorei o filme e o achei muito melhor que seu antecessor! Mais do que recomendado! 😀

Título original: The Divergent Series: Insurgent
Ano de lançamento: 2015
Direção: Robert Schwentke
Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Miles Teller, Kate Winslet, Ansel Elgort

Anúncios

32 comentários sobre “Review: A Série Divergente: Insurgente

  1. Genteee
    todo mundo só fala bem desse filme!
    Menina do céu e voce ainda nao leu os livros – que maldade contar spoiler :(((((
    mas casos da vida 😦 convergente é decepcionante mas enfim rsrsrs depende do seu ponto de vista
    Um beijo!
    Pâm – wwww.interruptedreamer.com

    • Eu queria saber qual a “roda” principal da historia do filme. Tipo, o que são os divergentes? Quero ver se assisto esse filme, mas infelizmente ele vai pro fim da fila, atualmente eu preciso ver Frozen…
      (oblogéesseaimesmo)

  2. Oi Priih, tudo bem ???
    Menina você já assistiu Insurgente ?! Tô passada, rsrsrs, eu aqui ainda tô tentando arranjar um tempinho pra conseguir assistir ao filme … Espero conseguir conferir o filme antes que ele saia de cartaz, ver no cinema é muito mais legal né ?! ^^
    Adorei a sua resenha, assim como você eu ainda não li os livros da série (apesar de morrer de vontade e curiosidade), confesso que não gostei muito de Divergente, achei que seria diferente. Mas no caso de Insurgente eu acho que vou curtir bem mais. Esse filme parece ser cheio de emoção, reviravoltas e ação, acho que vou curtir muito mais.

    Beijinhos
    Hear the Bells

  3. Olá, tudo bem?
    Ainda não fui assistir ao filme, pois ainda não li o segundo livro, li apenas o primeiro. Mas, quero assistir, pois estou super ansiosa, embora tenha ouvido falar que não segue o livro e que essa caixa nem aparece no livro.
    Quanto ao spoiler, eu já li também sobre, mas foi porque eu quis mesmo rs claro que me arrependo, mas vou assistir aos filmes igual
    Super beijos ❤
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

  4. mts pessoas que ja leram o livro nao gostaram mt, mas eu tb ja li e amei, se vc comparar o filme com o livro ficou uma bosta msm, mas o filme em si so eh otimoooo. tb peguei o spoiler antes de ler o livro, mas eu li do msm jeito e nao me arrependi, pois a historia em si eh otimaaa, recomendo vc ler msm c o spoiler 😉
    tonsdeleitura.blogspot.com

  5. Oi Prih!
    Preciso ver logo esse filme maaaaara!
    Se é melhor que Divergente vou surtar! kkk
    E o legal é que vai ser em 3D, deve ter ficado legal. Não consegui ler o livro a tempo, mas acho que dá pra passar, rs.
    Sdds de ver Sheo nas telas ❤
    Beijos!
    (tem Páscoa Literária, Resenha Premiada e Foto do Leitor rolando no blog!)
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

  6. Prih, dos livros, Insurgente é o meu preferido.
    Estou doida para ver o filme.
    Que bom que mesmo não tendo lido você gostou e a história ficou toda entendida.
    Eu gosto muito do Convergente pela reviravolta que dá, mas não gosto desse final que você pegou spoiler, haha. Achei desnecessário. 😡
    E que menina ridícula.
    Se fosse eu, brigava com ela.
    #alokadobanheiro hahaha

    Beijooos

    http://www.casosacasoselivros.com

  7. Eu ainda não fui assistir e estou com um certo medo, pra falar a verdade.
    Pelo que vemos do trailer, a mudança na ordem e forma de apresentação das coisas foi bastante drástica e vi muitas criticas a isso.

    Quero assistir ainda essa semana, pra ter minha opinião. Afinal, por mais que seja diferente, às vezes a adaptação apresenta as coisas de forma mais clara. Vamos ver.

    Beiiijos
    http://resenhandosonhos.com

  8. Oooi, Priih! Como está? 😀
    Fui assistir ao filme ontem, por isso deixei para ler sua review apenas hoje. Preciso concordar que, em termos de investimento, esse filme já estava BEEEM melhor que o primeiro. É evidente o quanto investiram a mais na produção, cenário, figurino, efeitos, tudo! Mas, como li o livro, não consegui superar aquela vozinha que ficava a todo momento “tá tuuuudo errado”, HASDIUHASUIDHASUIDHAUI. Relevando o livro, acho que foi um bom filme. Não ótimo, nem espetacular, mas bom. Agora, olhando como uma adaptação, acho que deixou a desejar em alguns aspectos. Mas, para todos os efeitos, foi uma experiência divertida 😀
    Beijos e ótima semana ❤

  9. Oi Priih, tudo bem?
    Eu nãoli completamente porque nem o primeiro filme eu vi, e nem li nenhum dos livros. Mas estou a cada dia mais curiosa e acho que vou assistir antes de ler, porque tá difícil esperar.
    E que bom que você gostou.
    bjus,
    Amanda Almeida

  10. O filme ficou lindo, a trilha sonora, a filmografia, as atuações ❤ Porém para mim pecou na história, teve uma mudanças que eu gostei e achei necessárias mas outras tiraram o sentido do livro. Fui com as expectativas muitoo altas e por isso me decepcionei, mas vou superar \o HSAHUS

    Beijoos,
    Sétima Onda Literária
    Tem post novo sobre “A Playlist de Hayden” novo lançamento da Novo Conceito, sobre bullying e música boa.

  11. Olá,
    Ainda não li os livros da trilogia, nem vi os filmes. Tenho certa implicância com obras que fazem muito sucesso e confesso que hoje em dia nem tenho mais tanta vontade de ler esse livro. Mas gostei do post.
    Beijos.
    Memórias de Leitura – memorias-de-leitura.blogspot.com

  12. Oláá!!!

    Acredita que eu não li e nem assisti o filme??
    Tá na minha lista, mas não consegui ver ainda 😦 😦
    Morro de vontade de conhecer um pouco mais e entender o fenômeno, acredita que li uma resenha extremamente negativa ao filme, ainda bem que a sua foi melhor 😀

    Como não assisti pulei algumas partes básicas para não pegar muito spolier, mas AMEI saber da evolução da personagem e isso aumentou a vontade de assistir!

    Quando conseguir eu te falo o que achei ;D

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

  13. Pri ouvi falarem muito bem dessa série, não sei se é boa, mas a história parece bastante interessante, vou tentar ver os dois filmes porque se eu ver só o segundo é capaz que não entenda algumas coisas.

    Fotos lindas do post.

    Bjos

  14. Oie Pri =)

    Assisti ao filme na terça e tipo, para quem não leu o livro ele acaba sendo um ótimo filme. Os efeitos visuais foram super bem feitos e o ritmo da história é rápido e envolvente. Porém, para quem assim como eu leu o livro, sabe que mudaram algumas coisas e esquecerem de personagens que foram de certa forma importantes nesse livro. Tipo não vou bancar a chata comparando um com o outro, até por que mesmo com as mudanças a essência da história foi mantida, mas não vou mentir que sai do cinema com aquela pontinha de decepção.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

  15. Posso te recomendar uma coisa? Leia os livros. Sério, se você achou o filme bom, o livro é mil vezes melhor. Eu como fã da série fiquei chateada porque a adaptação teve as cenas, mas eles mudaram muitas coisas. A relação da Tris com os outros personagens então é quase nula, parece que ela só tem o Quatro do lado dela e acabou, mas no livro é tudo tão bem elaborado! E acho que abusaram demais nos efeitos do filme também, não tinha necessidade daquilo tudo D;
    Adorei sua resenha, apesar de tudo o filme ficou bom mesmo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de “Cidades de Papel”, vem conferir!

  16. Oie =D

    Para mim que não li o livro o filme foi amazing!
    Adorei, de verdade! Sei que modificaram muita coisa do livro, mas o filme ficou bacana para quem não leu o livro, e temos que pensar que nem todo mundo que vai no cinema o leu. Concordo que minhas cenas favoritas foram das simulações também, e algumas sequencias de perseguição foram de tirar o fôlego.

    Adorei sua resenha.

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

  17. Oi Priscilla!
    Nossa, a série Divergente parece ser bem legal, tenho uma amiga que é apaixonada!
    Eu disse que ia começar a ler os livros por isso não li o post todo pra evitar possíveis spoilers!
    Quando eu ler volto aqui e dou uma olhada nos posts sobre os filmes.
    Beijos
    Seu blog é lindo!

  18. Oláaa Prihhh!
    Desculpa não aparecer mais aqui, mas estava tudo muito corrido 😦
    Sou grande fã de Divergente, e minha análise sobre Insurgente foi bem relativa.
    Eu gostei bastante do filme no geral, mesmo achando que teve muitas coisas que foram infiéis.
    Senti falta de algumas coisas e acho que teve mudanças que foram boas e outras que não foram. Naquela caixa eu fiquei meio ???, mas no fim eu acabei gostando, principalmente na parte das simulações. Os efeitos estavam muito bons, não é mesmo?? Eu adorei, ainda mais que foi em 3D.
    Queria mais os personagens secundários, como Uriah, Lynn, Tori (…), então achei que essa parte deveria ser mais explorada. Porém, a atuação da Shai e do Theo foram muito boas. Realmente, a Shai está se superando a cada dia. A Tris caiu certinho nela.
    Adorei a sua Review pois foi bem sincera, e a maioria das coisas eu concordo com você.
    Masss eu estou com medo no que está por vir. Gostei bastante do desfecho de Convergente, mas estou com medo do filme porque no final de Insurgente não foi aquela coisa, como posso dizer, “BUM!!!”, então eu acho que nisso eles falharam. Só espero que concertem isso em Convergente!
    Beijos!!

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s