Resenha: Um Estranho Irresistível – Lisa Kleypas

Oi galera, tudo bem?

Hoje vim dividir com vocês minha experiência com Um Estranho Irresistível, o quarto volume da série Os Ravenels!

Garanta o seu!

Sinopse: Uma mulher que desafia seu tempo. Dr. Garret Gibson, a única médica mulher na Inglaterra, é tão ousada e independente quanto qualquer homem – por que não lidar com os próprios desejos como se fosse um? No entanto, ela nunca ficou tentada a se envolver com alguém, até agora. Ethan Ransom, um ex-detetive da Scotland Yard, é tão galante quanto secreto, e sua lealdade é um verdadeiro mistério. Em uma noite emocionante, eles cedem a uma poderosa atração mútua antes de se tornarem estranhos novamente. Um homem que quebra todas as regras. Ethan tem pouco interesse pela alta sociedade, mas é cativado pela preciosa e bela Garrett. Apesar da promessa de resistir um ao outro depois daquela noite sublime, ela logo será atraída para sua tarefa mais perigosa. Quando a missão dá errado, Garret usa toda a sua habilidade e coragem para se salvar. À medida que enfrentam a ameaça de uma traição do governo, Ethan fica disposto a assumir qualquer risco pelo amor da mulher mais extraordinária que já conheceu.

Talvez pelo fato de eu ter demorado bastante pra ler Um Estranho Irresistível após a leitura de Um Acordo Pecaminoso, mas a verdade é que estranhei muito o começo do livro. Ele me soou abrupto e a forma como Garrett se viu envolvida por Ethan foi muito rápida pra mim, especialmente quando pensamos na animosidade que a doutora dirigiu a ele nos volumes anteriores (sim, me prestei a procurar a participação dele). Há também uma série de detalhes que Um Estranho Irresistível retoma que eu havia esquecido, então reler o envolvimento de Ethan foi útil pra me lembrar de pontas soltas que Lisa Kleypas se propôs a fechar a respeito do personagem.

Tirando esse início truncado causado pelo meu lapso de memória, o livro segue a mesma fórmula de sempre: flertes, algo que impede o casal de ficar junto, mais flertes, sexo, resolução dos problemas. E, no geral, eu adoro essa dinâmica dos romances de época e sempre fico animada e suspirante. Com Um Estranho Irresistível, isso não aconteceu. 😦 Eu esperava ser arrebatada por Garrett, que é uma personagem feminina forte e muito à frente de seu tempo, mas acho que o timing não foi favorável e eu não estava no meu melhor momento pra essa leitura (tanto que levei mais dias do que o normal pra concluí-la). Não há nada específico que tenha me incomodado, é mais como se simplesmente não tivéssemos dado match, sabem? Por isso que não quero ser injusta com Um Estranho Irresistível e criticar coisas que, no geral, eu costumo gostar e que dificilmente me incomodam (como os clichês do gênero, por exemplo).

A história de Ethan é mais interessante: ex-investigador da polícia, agora trabalhando diretamente para um homem de alto escalão do Ministério do Interior, o protagonista masculino é cheio de mistérios. Além da relação abusiva que o seu chefe mantém, sabendo que Ethan tem problemas mal resolvidos com seu pai e usando disso para manipulá-lo, existem elementos sobre seu passado que nos deixam curiosos para descobrir. Para ser justa, é bem fácil desvendar esse segredo, mas a ansiedade fica por conta de saber quando e como ele será revelado, assim como as reações dos envolvidos.

Um Estranho Irresistível se afasta bastante do núcleo principal dos Ravenels, e talvez por isso eu não tenha me envolvido tanto quanto poderia. Felizmente existe espaço para um dos meus favoritos, West, que mais uma vez rouba a cena. Não vejo a hora de ler a história focada nele! Mas, em resumo, Um Estranho Irresistível é um bom romance de época e tem tudo pra agradar, só que pra mim acabou sendo só mais uma leitura. Às vezes acontece, né? 🤷‍♀ Eu adoraria de ouvir a opinião de quem já leu: vocês gostaram desse livro? Se sim, me contem nos comentários! Vou adorar ver pontos de vista diferentes, que talvez me façam sentir mais carinho por essa experiência. 😀

Título original: Hello Stranger
Série: Os Ravenels
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 304
Gostou do livro? Então adquira seu exemplar aqui e ajude o Infinitas Vidas! ❤

6 livros pra ler em 2021

Oi pessoal, tudo bem?

Eu não tenho o hábito de entrar em maratonas literárias ou fazer desafios tipo o TBR, mas esse ano fiquei com vontade de estabelecer uma meta modesta pra 2021, reunindo 6 títulos que eu quero ler. Espero que esse post sirva como autocobrança lembrete tanto dos títulos que não vejo a hora de conferir quanto dos esquecidos no churrasco que aguardam há tempos a sua vez. 😂 Bora espiar os títulos escolhidos?

Fabulador: O Chamado de Morrigan Crow

Compre aqui

Eu adorei o universo fantástico criado por Jessica Townsend em Nevermoor: Os Desafios de Morrigan Crow, e o final bombástico do primeiro volume me fez ansiar pela continuação. Já comecei a ler e estou gostando bastante dessa sequência. 😍

Rede de Sussurros

Compre aqui

A sinopse desse livro me lembrou a pegada das obras de Liane Moriarty, com uma trama girando em torno do universo feminino e dos diversos desafios que enfrentamos por sermos mulheres. Ao que parece, Rede de Sussurros dialoga muito com o movimento #MeToo e quero descobrir se essa primeira impressão é real.

Filhos de Virtude e Vingança

Compre aqui

Mais um caso de “segundo livro” na lista! Filhos de Sangue e Osso foi uma leitura incrível com um final chocante, então também não vejo a hora de descobrir o que acontece em Orïsha.

A Rebelde do Deserto

Compre aqui

Chego a ficar com pena do quanto esse livro tem aguardado com paciência na fila de leituras. 🙈 Faz tempo que quero conferir essa história que recebe tantos elogios na blogosfera, e espero que em 2021 essa leitura finalmente aconteça.

Um Estranho Irresistível

Compre aqui

Estou atrasadíssima com a série Os Ravenels, por isso quero conferir o 4º volume da série. Gosto muito dos livros da Lisa Kleypas, mas desejo desbravar outras autoras de romance de época e sei que só vou conseguir fazer isso quando terminar Os Ravenels.

Em Guerra

Compre aqui

Em 2015 eu iniciei minha releitura da coleção A Sétima Torre, que eu adorava quando criança. Já cheguei na parte inédita da história (já que na época li somente os 3 primeiros livros) e estou curiosa pra saber como essa saga termina. A Priscilla de 8 anos vai ficar muito feliz com isso! E a Priscilla de 27 vai ficar contente porque pretendia terminar todos os livros em 2020 e não conseguiu. 😂

Quem mais está com as leituras organizadas pra esse ano?
Me contem nos comentários quais são as escolhidas de vocês! ❤