Os melhores filmes e séries de 2022

Oi pessoal, tudo bem?

Uma das coisas que mais gosto no final do ano é olhar pra trás e ver todas as coisas bacanas que rolaram, sejam elas livros ou produções audiovisuais. Por isso, não resisti a trazer uma retrospectiva de melhores filmes e séries também. 🥰 Tive que ser bem criteriosa pra lista não ficar tão longa, o que acabou deixando alguns títulos bacanas de fora, mas espero que gostem das indicações dos meus favoritos do ano.

Os melhores filmes de 2022

Batman

É impressionante como a DC acerta bem mais ao fazer filmes isolados de seus super-heróis, e aqui temos mais um exemplo que funcionou demais. Adorei a versão do Robert Pattinson do Batman e sua química com Zöe Kravitz como Mulher-Gato. O filme é focado no lado investigativo do Homem-Morcego, o que também me agrada bastante. Saí do cinema super satisfeita com o que vi e adoraria que viessem mais histórias do personagem sendo interpretadas por Pattinson. Resenha completa aqui.

A Mulher Rei

Esse filme exala força feminina, ancestralidade e negritude. É muito impactante ver o exército de elite formado apenas por mulheres guerreando, treinando e triunfando perante os inimigos – sejam eles outras tribos africanas ou os colonizadores europeus. Apesar de um ou outro clichê, o mais bonito do filme é a postura de Nanisca, personagem de Viola Davis, que relembra seu rei de que escravizar seu próprio povo (os negros, independente de que tribos sejam) e vendê-los aos brancos é assinar a própria ruína. Ela é uma personagem inspiradora e de visão, e o magnetismo de Viola Davis faz com que não seja possível desgrudarmos os olhos da tela. Resenha completa aqui.

Nada de Novo no Front

Esse filme, lançado no fim do ano, não poderia estar de fora dessa lista. Além de adaptar uma obra-prima literária (com algumas diferenças significativas, sim, mas com a essência respeitada), é um longa necessário para enxergarmos e refletirmos sobre os efeitos devastadores da guerra. Nada de Novo no Front mostra o brilho nos olhos do jovens alemães que buscavam glória e heroísmo desaparecendo conforme eles percebem que foram enviados para as trincheiras para lutar uma luta que não é sua, enquanto os verdadeiros responsáveis estão protegidos. Mesmo que você não curta filmes de guerra (como também é o meu caso), recomendo demais que você dê o play. Resenha completa aqui.

As melhores séries de 2022

Dahmer: Um Canibal Americano

Acho que essa dispensa apresentações, tendo se tornado uma das séries mais assistidas da Netflix. Apesar das controvérsias, Dahmer traz temas importantes como o racismo, a homofobia e a negligência policial como grandes responsáveis (ou, no mínimo, agravantes) pelo alto número de vítimas do serial killer conhecido como Canibal de Milwaukee. Além disso, as atuações primorosas de Evan Peters e Niecy Nash merecem destaque: ele por conseguir transmitir perfeitamente a frieza do assassino, ela por mostrar toda a dor de quem não foi ouvida enquanto tentava denunciá-lo, sabendo que coisas horríveis estavam acontecendo. É uma série forte, mas da qual gostei muito. Resenha completa aqui.

The Sandman

Mesmo sem ler as HQs, mergulhei de cabeça no mundo de fantasia de The Sandman. A história de Morpheus, o Perpétuo que é Mestre do Sonhar e está em busca de seus artefatos mágicos após ficar preso por séculos é muito instigante, e a atuação Tom Sturridge é incrível. Além disso, as paisagens e os efeitos especiais são deslumbrantes, tornando a experiência super imersiva. Vale a pena conferir. Resenha completa aqui.

Heartstopper

Pensaram que a minha queridinha ia ficar de fora? Precisávamos de mais um romance fofo nessa lista! ❤ Heartstopper adapta a HQ com perfeição, me causando o mesmo quentinho no coração e sorriso bobo no rosto. Amei o elenco escolhido e a forma de conduzir a história, que respeitou o material original mesmo trazendo novos elementos e personagens para a adaptação. A química entre o casal protagonista também é tudo, e eu mal posso esperar pra conferir a segunda temporada. 🥰 Resenha completa aqui.

Agora quero saber quais foram os filmes e séries favoritos de vocês em 2022.
Me contem nos comentários? ❤

Deixo registrado também meus votos de Feliz Ano Novo para todos!
Que 2023 seja um ano mais leve, cheio de luz e recomeços.
Agradeço a todos que me acompanharam aqui no blog ao longo do ano e espero contar com vocês no próximo também. ❤

Beijos e um abraço apertado!

Os melhores livros de 2022

Oi pessoal, tudo bem?

Chegou aquela época que eu adoro: fim de ano, ceia de Natal e… retrospectiva, é claro! Tive tantas leituras legais em 2022 que foi difícil montar essa lista de favoritos do ano, mas me esforcei pra ser justa e, ao mesmo tempo, trazer dicas bem diversas pra vocês. Aproveitando o gancho: será que faço um de séries e filmes também? Me contem nos comentários se vocês gostariam. 😀

5º lugar
Mulher, Roupa, Trabalho

Resenha | Compre aqui

Não-ficção ainda é um gênero que leio pouco, mas foi a primeira leitura concluída de 2022. Esse livro é incrível ao fazer um recorte dos desafios do mercado de trabalho para as mulheres através da perspectiva da moda. A narrativa é bem costurada (juro que isso não é um trocadilho) sem se tornar enfadonha, remontando desde a época medieval até os tempos atuais para explicar como escolhas de vestimenta e mudanças no mundo da moda refletem nas dinâmicas de poder. Leitura mais do que recomendada pra quem gosta de estudar a história do feminismo, as próprias dinâmicas de poder que mencionei e também, é claro, moda!

4º lugar
Vazíola: A Caçada a Morrigan Crow

Resenha | Compre aqui

Nevermoor foi a série de fantasia mais recente a conquistar meu coração. Seu universo criativo e seus personagens cativantes fazem com que eu mergulhe de cabeça nas aventuras de Morrigan e nos desafios que ela enfrenta como Fabuladora, um poder mal-visto no lugar onde mora devido às maldades feitas pelo último Fabulador conhecido, Ezra Squall. Vazíola é o meu livro favorito da série até agora, pois aprofunda os conhecimentos de Morrigan sobre seu poder, como também traz mais ameaças e complexidade para a trama. Se você curte fantasia com um toque de Harry Potter, vale muito a pena colocar Nevermoor na lista.

3º lugar (medalha de Bronze)
O Avesso da Pele – Jeferson Tenório

Resenha | Compre aqui

Esse livro não poderia ficar de fora do Top Favoritos de 2022, sendo uma obra intensa, triste, crua e realista. A obra acompanha a rememoração do protagonista, Pedro, a respeito de seu pai, Henrique, que foi assassinado em uma ação policial irresponsável e desastrosa. Esse tipo de desastre é mais recorrente do que deveríamos ter que admitir, e justamente por isso o livro toca em uma ferida super exposta. Negritude, preconceito, descaso com a educação pública e busca por identidade são alguns dos assuntos que fazem de O Avesso da Pele uma leitura imperdível.

2º lugar (medalha de Prata)
Heartstopper – Alice Oseman

Resenha | Compre aqui

Não poderia deixar minha série queridinha de fora, né? ❤ Foi em 2022 que conheci (e me apaixonei!) por Heartstopper, tendo lido todas as HQs publicadas até agora. A história de amor de Nick e Charlie me causou borboletas no estômago como há muito tempo eu não sentia lendo um romance, de tão fofos que eles são. Sabe quando uma história te faz sorrir à toa? Pois é, Heartstopper faz isso comigo, e não canso de espalhar a palavra dessa graphic novel por aí. ❤

1º lugar (medalha de Ouro)
Os Sete Maridos de Evelyn Hugo – Taylor Jenkins Reid

Resenha | Compre aqui

Por que demorei tanto pra ler esse livro? Já sou cadelinha da Taylor Jenkins Reid há tempos, mas conhecer Evelyn Hugo consagrou a autora como uma das minhas favoritas. Evelyn Hugo é uma personagem tão real que eu senti um vazio enorme por não ter mais a companhia dela. A narrativa é tão envolvente que você esquece momentaneamente que está lendo uma história de ficção. Sua vida é marcada por tantos eventos significativos, muitos deles que exigem atitudes não tão nobres, que você sente emoções conflitantes a respeito da protagonista. Amei Os Sete Maridos de Evelyn Hugo com todas as forças, e me juntei ao clube que panfleteia essa obra por aí.

Menção honrosa:
Amanhã, Amanhã, E Ainda Outro Amanhã – Gabrielle Zevin

Resenha | Compre aqui

Esse livro não chegou a se tornar favorito, inclusive até a metade não gostei muito dele – especialmente por causa da lentidão narrativa, do foco no backstage da criação de jogos e do protagonista masculino, Sam. Porém, da metade em diante, o foco da obra passa a se tornar as consequências do sucesso. Com ele, vem também a insegurança, a disputa de egos, as mágoas e os ressentimentos. Além disso, a autora soube construir a dor da perda de maneira tão poética e intensa que me fez chorar que nem criança – e quando um livro bate tão fundo no meu coração é impossível tirar ele de uma lista de destaque.

Quais foram as leituras favoritas de vocês em 2022, pessoal?
Aproveito pra desejar um Feliz Natal pra vocês e suas famílias. Que seja uma celebração repleta de amor! 🎄❤️

Os melhores livros de 2021

Oi pessoal, tudo bem?

Que eu adoro uma retrospectiva quem me acompanha há mais tempo já deve ter notado, né?
Então, como já é tradição aqui no blog, vim dividir com vocês a minha lista dos melhores livros de 2021. ❤

E aqui estão os links se quiserem conferir também as melhores leituras de 2020, 2019 e 2018. \o/

Depois do Sim – Taylor Jenkins Reid

Resenha | Compre aqui

Minha primeira experiência com essa autora que vem sendo tão aclamada não poderia ter sido melhor. Amei a forma como ela descreve as dificuldades comuns a um relacionamento longo, a necessidade de afastamento e a busca por uma identidade descolada do parceiro – mas sem cair no cinismo e na amargura. Esse livro é incrível e eu recomendo muito!

O Impulso – Ashley Audrain

Resenha | Compre aqui

Um thriller de respeito, que te faz roer as unhas e temer pela segurança das pessoas envolvidas. Com um agravante: a causa dessa aflição é uma criança. A obra retrata a dificuldade de uma mãe em se conectar com a filha e o medo de que a criança seja um verdadeiro perigo. Mas, muito além desse plot de suspense, O Impulso é um excelente retrato de como a maternidade compulsória funciona.

A Morte da Sra. Westway – Ruth Ware

Resenha | Compre aqui

A louca do suspense ataca novamente. 😂 Cês me perdoem, mas não resisto hahaha! E o mais recente livro da Ruth Ware foi uma surpresa mais do que bem-vinda, oferecendo uma trama com um bom suspense, mas também um excelente desenvolvimento da protagonista, Hal, que se vê tomando atitudes de caráter duvidoso (fingir ser herdeira de uma grande fortuna) devido a uma situação impossível.

Sono – Haruki Murakami

Resenha | Compre aqui

Mais uma primeira experiência bem-sucedida por aqui: Sono, do Haruki Murakami, foi surpreendente. A trama acompanha uma mulher que se vê sem conseguir dormir, e com isso ela passa a ter experiências no seu cotidiano que a vida rotineira não permitia. A trama é muito interessante por colocar em perspectiva o fato da protagonista sem nome retomar o controle da própria vida ao conseguir ter um tempo “secreto” para si mesma. Quando pensamos que é um livro que retrata a realidade japonesa, na qual a vida da mulher gira muito em torno da do marido, isso ganha ainda mais peso. Destaco também essa edição física, que é ilustrada e tá maravilhosa!

Uma Herdeira Apaixonada – Lisa Kleypas

Resenha | Compre aqui

Tem lugar pra romance nessa lista sim! ❤ Estou curtindo bastante a série Os Ravenels, e esse foi meu volume favorito até agora. Eu sou apaixonada pelo West desde Um Sedutor Sem Coração, então fiquei bem contente em vê-lo encontrando seu final feliz. A química entre os personagens funciona muito bem e eu também gostei muito de conhecer melhor Phoebe, filha de Sebastian e Evie (de As Quatro Estações do Amor), que tinha feito pequenas aparições nos volumes anteriores.

As Sombras de Outubro – Søren Sveistrup

Resenha | Compre aqui

Livro policial raiz? Temos! As Sombras de Outubro acompanha uma dupla de investigadores correndo contra o tempo para encontrar um serial killer que parece sempre estar vários passos a frente da polícia. A obra, de ritmo intenso e grande fluidez, ganhou uma ótima adaptação pela Netflix, que eu resenhei aqui no blog também.

Gente Ansiosa – Fredrik Backman

Resenha | Compre aqui

Tive muita sorte esse ano, porque foram várias primeiras vezes excelentes. Gente Ansiosa foi minha estreia com Fredrik Backman e eu amei demais! O livro rapidamente se tornou um dos meus queridinhos e eu venho recomendando pra todo mundo. Ele tem uma trama inusitada (um assalto que deu errado e vira, sem querer, um drama de reféns), uma narrativa irônica e divertida e um desenvolvimento de personagens que faz você se apegar aos envolvidos. Leiam! ❤

E aí pessoal, o que acharam da minha lista? Já leram ou pretendem ler algum dos títulos?
Me contem nos comentários qual foi a leitura favorita de vocês, vou adorar saber! 🥰

Top 5 livros favoritos de 2020

Oi gente, tudo bem?

Acho que muitos de vocês podem concordar comigo sobre 2020 não ser um ano do qual queremos lembrar. Por isso, a única retrospectiva que me sinto bem em fazer é a literária, na esperança de que talvez eu possa dar algumas ideias bacanas de livros pra 2021.

O isolamento me deu bastante tempo livre e esse ano consegui concluir 34 livros. Sei que na blogosfera literária esse não é um número estrondoso, mas acreditem: pra mim é uma conquista. O blog nasceu láaa em 2014 com o intuito de me incentivar a ler mais, já que na época eu tinha sido consumida pela faculdade, portanto ver o quanto eu retomei esse hábito me enche de alegria. ❤ Enfim, sem mais delongas, vamos ao Top 5!

5º lugar:
Abelardo: O Bebê Monstruoso de Adelaide Estes

Resenha | Compre aqui

Aos 45 do segundo tempo, uma leitura feita no final do ano conseguiu figurar entre as melhores de 2020. Abelardo foi resenhado recentemente aqui no blog e conta a história de uma jovem que cai em um sono profundo e só acorda quando está dando à luz um filho que ela nem sabia que esperava. Enquanto tenta descobrir o mistério por trás de seu decúbito, a jovem Adelaide também precisa descobrir se há algo errado com seu bebê, cuja personalidade feroz e violenta faz sua mãe acreditar que há algo de sobrenatural na situação.

4º lugar:
Filhos de Sangue e Osso

Resenha | Compre aqui

Uma fantasia que explora a cultura iorubá e cujos personagens são em quase sua totalidade negros já são motivos suficientes pra que você coloque Filhos de Sangue e Osso na sua lista de leituras. Foi muito bacana aprender mais sobre religiões de matriz africana e, principalmente, ler uma obra fantástica que foge do padrão eurocêntrico. Filhos de Sangue e Osso tem ação, romance, uma mitologia envolvente e um universo ricamente construído que gira em torno dos maji – pessoas extraordinárias capazes de manipular a magia – e das consequências cruéis do medo e do preconceito.

3º lugar:
O Peso do Pássaro Morto

Resenha | Compre aqui

Esse foi um livro que mexeu muito comigo e não poderia estar de fora das posições privilegiadas desse “pódio”. Aline Bei conta a história de vida de uma mulher que conheceu a tragédia desde cedo e teve sua história marcada por dores e angústias. Apesar de ser um livro pesado e doloroso, a narrativa é bastante singela e delicada, inclusive poética. É uma obra tocante, que mexe com os nossos sentimentos e nos faz refletir sobre as circunstâncias que nos levam a ser quem somos.

2º lugar:
Verity

Resenha | Compre aqui

Imaginem se a fã de thrillers não colocaria um deles na lista de leituras favoritas, né? Verity foi minha primeira experiência com a Colleen Hoover e foi… marcante. A obra acompanha uma ghostwriter, Lowen, que tem a missão de finalizar as obras da famosa Verity Crawford – que está em estado vegetativo após um acidente. Enquanto pesquisa os arquivos de Verity em sua casa, Lowen descobre um manuscrito perturbador: trata-se da autobiografia de Verity, que narra sua relação intensa com o marido e segredos sobre seus filhos (inclusive sobre as tragédias que atingiram a família). Verity é um thriller de arrepiar, cheio de cenas angustiantes e impossível de largar até descobrirmos a verdade.

1º lugar:
Teto Para Dois

Resenha | Compre aqui

Eis meu queridinho de 2020! ❤ Eu soube que favoritaria Teto Para Dois poucos capítulos após iniciar a leitura. A obra acompanha Tiffy e Leon, que firmam um acordo peculiar: dividirem o mesmo apartamento que, pasmem, tem apenas uma cama. Como isso pode funcionar? Tiffy trabalha durante o dia e Leon, à noite. O que começa com um contrato de aluguel pouco ortodoxo se desenvolve para uma amizade alimentada por troca de bilhetes e gentilezas. Mas, por mais que Teto Para Dois pareça apenas uma comédia romântica, o livro trata de assuntos muito mais complexos, como relacionamento abusivo, de uma forma sensível, mas realista. É uma leitura que evidencia o quão difícil pode ser a recuperação desse tipo de trauma, mas que enche o nosso coração de esperança e causa aquele quentinho gostoso conforme viramos as páginas. Muito amor envolvido!

E quais foram as leituras favoritas de vocês esse ano?
Me contem nos comentários, vou adorar saber! ❤

Aproveito para desejar que 2021 seja melhor para todos nós. Que seja um ano de saúde, que nos possibilite abraçar de novo, que nos ajude a superar tudo que vivemos nesse período tão conturbado. Resumindo, desejo muita luz a vocês! Feliz Ano Novo

As melhores (e piores!) leituras de 2019

Oi pessoal, tudo bem?

Eu não poderia iniciar 2020 sem fazer uma retrospectiva das leituras de 2019. Não foi um ano tão produtivo quanto 2018, mas ainda assim tive ótimas experiências literárias (e algumas não tão boas assim…). Bora conferir?

Top 3 melhores leituras

retrospectiva 2019.png

Lendo de Cabeça Para Baixo: essa foi minha primeira experiência com chick-lits e eu me apaixonei. A trama é divertida, os personagens são ótimos e até a capa é pura fofura. Resenha | Compre aqui
Daniel, Daniel, Daniel: além de abordar um tema pouco visto na literatura jovem (o TOC), o livro transborda carisma graças à dupla de protagonistas. Resenha | Compre aqui
Desafiando as Estrelas: eu não sou a maior leitora de sci-fi, mas gostei muito desse livro. Além da ambientação criativa, o desenrolar da história é super envolvente. Resenha | Compre aqui

Top 3 piores leituras

retrospectiva 2019 (2).png

Garotas Incompletas: uma antologia que tinha tudo pra ser interessante, mas que peca ao reunir contos mal desenvolvidos (com algumas exceções). Resenha | Compre aqui
A Bruxa Não Vai Para a Fogueira Neste Livro: infelizmente, encerrei 2019 com uma péssima experiência. Esse livro de poemas é pobríssimo, repetitivo e exaustivo. Compre aqui
A Mulher na Janela: não que o livro seja terrível, mas ele não funcionou comigo. Achei enfadonho e previsível (e torço pra que o filme seja melhor). Resenha | Compre aqui

E pra vocês, como foi o balanço de leituras em 2019?
Me contem nos comentários! ❤

Meus favoritos de 2017

Oi pessoal, tudo certo?

Em geral, eu sempre fico muito nostálgica e reflexiva em finais de ano. Porém, 2017 foi tão corrido que tenho que admitir que nem tive tempo pra esses sentimentos dessa vez! 😛
Apesar de tudo, muita coisa bacana aconteceu e eu resolvi trazer uma lista com as melhores obras que li ou assisti esse ano. Selecionei 5 títulos de cada tipo (livros, séries e filmes), que estão organizados não em ordem de preferência, mas cronológica. Espero que gostem! ❤

Melhores livros

os melhores livros de 2017.png

  • Por Lugares Incríveis: essa foi a primeira leitura do ano e simplesmente partiu meu coração. A ressaca literária foi forte e até hoje eu não superei essa história emocionante (resenha).
  • Morte Súbita: eu levei 5 anos pra ler esse livro, mas foi uma obra que me surpreendeu muito! Apesar das inúmeras críticas na blogosfera, eu achei incrível a história construída por J. K. Rowling e as críticas sociais tão atuais e relevantes (resenha).
  • O Saotur: Segredos de Um Reino Sem Nome: esse foi um livro de parceria que ganhou meu coração! ❤ Fiquei totalmente apaixonada pelo universo de fantasia criado pela Natalia (resenha).
  • O Chamado do Cuco: olha a J. K. Rowling de novo! Dessa vez sob o pseudônimo de Robert Galbraith. Amo histórias policiais e gostei muito de Cormoran Strike e Robin Ellacott (resenha).
  • E Não Sobrou Nenhum: minha primeira experiência com Agatha Christie não poderia ter sido melhor! Devorei esse livro em poucos dias e fiquei completamente imersa no desenvolvimento da história (resenha).

Melhores filmes

os melhores filmes de 2017.png

  • A Bela e a Fera: a versão live-action de um dos meus filmes favoritos ficou incrível. ❤ Amei demais o resultado, que se manteve muito fiel ao material original (review).
  • Mulher-Maravilha: dona da porra toda, mostrou pra todo mundo que filmes de super-heroínas também são incríveis e merecem ter muito mais espaço. 😉 (review)
  • It: A Coisa: apesar de eu ser medrosa e não curtir muito filmes de terror, eu adorei It. Dosando sustos com cenas bem-humoradas, o filme tem uma história muito envolvente (review).
  • Star Wars: Os Últimos Jedi: apesar das controvérsias e de muita gente não ter curtido, eu amei Os Últimos Jedi! O filme até tem alguns defeitos, mas as qualidades foram mais abundantes e, assim, me conquistou (review)!
  • Your Name (Kimi no na wa): uma animação sensível e emocionante. Assisti a esse filme ontem, mas ele já ganhou meu coração! ❤ Em breve terá review aqui no blog. 😉

Melhores séries

as melhores series de 2017.png

  • Lovesick: uma comédia romântica muito fofa que ganhou meu coração no primeiro episódio! ❤ A série foca em relacionamentos e tem personagens muito cativantes (review).
  • One Day at a Time: uma comédia MARAVILHOSA da Netflix que quase ninguém conhece. Tem apenas uma temporada, mas felizmente já foi renovada (review).
  • Suits: tendo a advocacia como temática, Suits é uma série muito envolvente com vários casos incríveis e que desenvolve seus personagens muito bem (review).
  • Big Little Lies: a (até então) minissérie foi uma das melhores coisas a que assisti esse ano. Empoderamento feminino e violência doméstica são alguns dos temas. Apesar da história ter acabado fechadinha, a HBO renovou para uma segunda temporada (review).
  • And Then There Were None: a minissérie da BBC, que adapta o livro E Não Sobrou Nenhum, é incrível. Passa ao espectador todos os sentimentos que temos ao ler o livro (review).

E aí, curtiram a minha lista? 😉
Contem pra mim qual foi o livro, a série e o filme favorito de vocês em 2017 nos comentários, vou adorar saber!

Aproveito para desejar a todos um 2018 cheio de conquistas, alegrias e realizações! Espero ver vocês por aqui no próximo ano! ❤

Beijos e até ano semana que vem!

Feliz aniversário, Infinitas Vidas!

Oi, gente!

Eu não poderia estar mais feliz escrevendo esse post! Quem diria que aquele blog que começou de maneira tão singela e despretensiosa estaria completando seu primeiro ano de vida? Mal consigo descrever o quão alegre e orgulhosa eu me sinto nessa data! Como comentei no post de agradecimento no fim do ano, nada disso teria sido possível se eu não tivesse sido apoiada por pessoas tão maravilhosas! Agradeço novamente a todos vocês pela companhia ao longo do primeiro ano do Infinitas Vidas! E feliz aniversário pra esse blog que me traz tantas alegrias!

happy birthday

Fonte: Pinterest

Pra comemorar essa data especial, eu resolvi fazer uma retrospectiva com tudo de mais bacana que rolou por aqui desde janeiro de 2014. Meus critérios foram basicamente o engajamento nos posts (curtidas, comentários, visualizações), mas também selecionei alguns posts com temáticas diferenciadas e que renderam um bom feedback ainda na época em que o blog era menor e menos visitado. Os posts não estão em ordem hierárquica porque, como eu disse, alguns textos selecionados são de uma época em que eu não divulgava tanto o Infinitas Vidas. Por isso, optei pela ordem cronológica, pra dar uma cara ainda maior de retrospectiva. 😛 Espero que gostem, pois foi muito bom relembrar essa – ainda pequena, mas que só tem a crescer – história! ❤

1. Review dos livros Harry Potter – Film Wizardry e Harry Potter: Page to Screen
Meus xodós! ❤ Foi muito bacana escrever esse post e tirar as dúvidas de quem ainda não conhecia os livros!

2. Resenha de As Parceiras, de Lya Luft
O mais legal desse post é que, por se tratar de uma leitura obrigatória do vestibular da UFRGS, ele ainda me rende comentários e visualizações. Recebi uma mensagem super fofa no Facebook de um estudante que obteve ajuda com a minha resenha e eu fiquei muuuito contente!

3. Review do Kobo Glo
Outro post que trouxe muitos esclarecimentos, nesse caso a quem ainda não conhecia as funcionalidades do Kobo Glo. Foi um dos reviews que mais gostei de escrever!

4. Resenha de A Esperança, de Suzanne Collins
Eis uma resenha que foi difícil pra mim, já que eu sou fã da trilogia, mas tive sérios problemas ao ler esse volume. Por outro lado, é legal escrever sobre aquilo que te causa inquietação, é desafiador. 🙂

5. Resenha de Laranja Mecânica, de Anthony Burgess
Um dos meus livros favoritos e sobre o qual eu amei escrever! Fiquei bem contente com o feedback dessa resenha! *-*

6. Divulgação dos pôsteres e teasers de A Esperança – parte 1
Um post diferente do que costumo fazer, sugerido por uma amiga. Gostei de coletar o material e refletir em cima disso!

7. Anúncio da parceria com a FML Pepper e entrevista com a autora
A Pepper é uma fofa! ❤ Amei ter firmado essa parceria com essa ótima autora e também ter a oportunidade de entrevistá-la!

8. Review de Harry Potter – Um Livro Pop-Up
Esses livros diferentes e “interativos” chamam a atenção e eu me diverti muito fuçando nas páginas e fotografando pro post!

9. Review de Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1
Quem não estava aguardando ansioso por esse filme? Não se falava em outra coisa! ❤ Sou suspeita pra comentar a respeito, já que gostei mais do longa do que do livro, e acho que acabei deixando isso claro na resenha hahaha! 😛

10. Tatuagens literárias #1
Outro post que eu adorei fazer, já que o tema me chama muito a atenção! Espero poder fazer mais alguns desse tipo por aqui.

Esses foram os posts que eu selecionei pra essa retrospectiva. Olhando pra trás eu vejo quanta coisa já rolou aqui no Infinitas Vidas e fico muito contente com o resultado. Claro que há muito ainda por fazer, mas acho que ainda estou um pouquinho incrédula quanto ao que o blog se tornou. ❤ E muito feliz, é claro!

Aproveito pra anunciar que pretendo fazer uma promoção de aniversário pra comemorar esse 1º ano do blog! Estive procurando maneiras de fazer isso, já que o WordPress é meio limitado na sua versão gratuita. Talvez o sorteio role com um pouquinho de atraso, mas prometo que essa data não vai passar em branco! 😀

Espero que tenham gostado do post e muito obrigada por fazerem parte disso!
Que esse seja o primeiro de infinitos anos que eu possa comemorar com vocês! 😀

Beijo enorme!