Resenha: O Castelo – Garth Nix

Oi pessoal, tudo bem?

Aos pouquinhos, estou relendo A Sétima Torre, uma série da qual eu gostava muito quando criança. Hoje é dia de resenhar o segundo volume: O Castelo!

o castelo garth nixGaranta o seu!

Sinopse: O Mundo Escuro é um lugar gelado, com ventos e tempestades. Um véu de escuridão cobre todo o céu, e apenas o Castelo brilha com sua luz. Tal e Milla lutam corajosamente, tentando voltar ao Castelo, e têm pela frente uma missão muito perigosa. Para Tal, um Escolhido, o Castelo é seu lar – mesmo que ele já não seja mais bem-vindo ali. Para Milla, uma Garota-do-Gelo, o Castelo é um lugar estranho e misterioso, e sua presença é uma ameaça que os Escolhidos querem deter a qualquer custo. Da fatal Câmara dos Pesadelos aos aposentos mágicos de Tio Ebbitt, Tal e Milla têm que percorrer os caminhos do Castelo sem serem descobertos. Poderes sinistros conspiram contra eles, e os dois vão tentar, com todas suas forças, sobreviver.

O Castelo começa imediatamente após o final de A Queda: após a batalha contra o Merwin, Tal e Milla foram encontrados por Donzelas Guerreiras e imediatamente levados à presença da Matriarca Mãe (a maior autoridade dentre os Homens-do-Gelo), que vive no Navio em ruínas aos pés do Castelo. Após algumas tensões e promessas envolvendo Pedras-do-Sol, as crianças são liberadas para tentarem subir a Montanha de Luz, onde está localizado o lar dos Escolhidos. Muitos desafios esperam por Tal e Milla tanto fora, quanto dentro do Castelo: o gelo impiedoso, o vento da montanha e, é claro, os perigos envolvendo os próprios Escolhidos.

Infelizmente, O Castelo foi uma releitura bem mais lenta do que A Queda. Sendo honesta, não acontece muuuita coisa no enredo, e a luta para chegar aos tubos de aquecimento (que permitem a entrada escondida no Castelo) é bastante parada; por outro lado, o bacana dessa parte da história é que o foco está na aproximação de Tal e Milla. Os dois são muito jovens e teimosos, orgulhosos de suas origens (o que os torna um tanto arrogantes), mas, nesse volume, eles precisam enfrentar as adversidades juntos. Dentro do Castelo existem tantas ameaças quanto no gelo: os jovens são separados e contam apenas com o auxílio de Ebbitt (o tio-avô excêntrico de Tal) para auxiliá-los.

resenha o castelo garth nix.png

Tal tem a grande responsabilidade de salvar todos os membros da sua família e, para isso, ele decide que precisa encontrar o Códex dos Escolhidos, há muito perdido em Aenir, o reino dos espíritos. O Códex é uma espécie de “livro” com inteligência própria, detentor de todos os conhecimentos sobre Aenir, suas criaturas e, consequentemente, os Espíritos-Sombra. Tal acredita que, se souber qual Espírito-Sombra capturou seu irmão, ele poderá salvá-lo e rastrear o culpado. Milla, por outro lado, deseja levar às Matriarcas não apenas a Pedra-do-Sol prometida, mas também conhecimento sobre Aenir. Seu desejo de ser ovacionada em seu retorno motiva a garota a viajar ao Mundo dos Espíritos com Tal, onde os desafios serão totalmente diferentes do que ela poderia imaginar.

O Castelo é um livro bacana, mas não me trouxe o mesmo sentimento de nostalgia e reconhecimento que senti ao reler A Queda. Ainda assim, eu adoro o universo fantástico criado por Garth Nix, e ainda acredito que seja um dos mais originais que já li. Os livros são curtos, de narrativa fácil e enredo interessante (ainda que com alguns altos e baixos) e, só por isso, já recomendo a leitura a todos que procuram uma boa fantasia infantojuvenil. 😉

P.S.: sim, as capas são horríveis. 😦

Título Original: Castle
Série: A Sétima Torre
Autor: Garth Nix
Editora: Nova Fronteira
Número de páginas: 221
Gostou do livro? Então adquira seu exemplar aqui e ajude o Infinitas Vidas! ❤