Dica de Série: Não Fale Com Estranhos

Oi galera, tudo bem?

A parceria entre Harlan Coben e Netflix promete vários frutos, e um deles é a minissérie Não Fale Com Estranhos (baseada no livro homônimo). Será que ela é melhor que Safe, a primeira produção em conjunto entre esses dois nomes? 😉

não fale com estranhos

Sinopse: Quando segredos obscuros vêm à tona, o pai de família Adam Price (Richard Armitage) parte em uma busca desesperada e implacável pela verdade sobre todas as pessoas que têm algum nível de proximidade com sua vida.

O que você faria se uma pessoa completamente desconhecida te contasse um segredo horrível sobre alguém que você ama? E se, logo depois disso, essa pessoa exposta sumisse sem maiores explicações? É isso que Adam Price enfrenta quando uma mulher misteriosa revela um segredo sobre Corinne, sua esposa. Quando ele a confronta, Corinne promete que em breve vai esclarecer tudo – mas na verdade ela desaparece sem avisar pra onde foi. Em paralelo, outros mistérios vêm à tona: um jovem é encontrado nu e inconsciente na floresta, uma alpaca é decapitada e a dona de uma cafeteria é assassinada. Situações aparentemente desconexas são o start para instigar no espectador a curiosidade necessária para maratonar a série de apenas 8 episódios.

não fale com estranhos 2

Mais uma vez temos uma trama com uma premissa bem interessante, e a série não demora a nos fazer querer saber mais sobre a estranha e suas motivações. Porém, com o decorrer dos episódios, as tramas paralelas ganham mais destaque e envolvem mais do que o plot inicial, o segredo de Corinne. O assassinato na cafeteria, por exemplo, é bastante envolvente – especialmente pela conexão pessoal que a detetive responsável pelas investigações tem com a vítima. 

não fale com estranhos 3

Contudo, assim como acontece em Safe, novamente temos uma trama cheia de inverossimilhanças – e eu já identifiquei esse padrão como algo que afasta qualquer vontade que eu tinha de conferir os livros de Harlan Coben. Entretanto, apesar de algumas reviravoltas bem improváveis, Não Fale Com Estranhos se sai melhor do que sua “irmã mais velha” nesse sentido, tendo menos momentos nonsense.

Gostei bastante do elenco, especialmente da química entre a dupla de detetives formada pela veterana Johanna e pelo jovem irreverente Wesley. Richard Armitage entrega uma boa performance como Adam, mas o roteiro não ajuda, já que as tramas paralelas instigam mais do que sua busca pela esposa desaparecida.

não fale com estranhos 4

Não Fale Com Estranhos não é uma série memorável, mas é um entretenimento fácil de consumir. Os episódios não são demasiado longos e contam com cliffhangers que fazem você querer dar play no próximo episódio. A abertura também é ótima, outro ponto em comum com Safe. Se você quer conferir uma história policial curtinha (especialmente agora, em tempos de isolamento social, em que vamos usufruir bastante da Netflix), mas sem grandes expectativas, vale espiar.

Título original: The Stranger
Ano de lançamento: 2020
Direção: Harlan Coben, Danny Brocklehurst
Elenco: Richard Armitage, Siobhan Finneran, Hannah John-Kamen, Dervla Kirwan, Shaun Dooley