Séries boas com finais ruins

Oi gente, tudo bem?

Eu sou uma pessoa apegada a finais. Então sim, mesmo que uma obra tenha sido fantástica durante quase toda a sua duração, se o final for ruim ela provavelmente vai ser arruinada na minha cabeça. Mas o oposto também é válido, e alguns finais bons salvam certos títulos pra mim. Por que eu tô dizendo isso? Só pra justificar a ideia desse post mesmo. 😂 E hoje vou dividir com vocês algumas das minhas decepções com finais de séries (considerando apenas as finalizadas, e não as canceladas). Obviamente esse post contém spoilers, belê?

Dexter

Essa foi uma das primeiras séries que comecei a acompanhar “por conta própria”, sem ser na TV aberta, e eu me apaixonei demais pela trama que acompanhava um serial killer cujo código de conduta o permitia matar apenas outros assassinos ou criminosos. Durante suas 4 primeiras temporadas, Dexter foi uma série impecável Da 5ª em diante, a coisa começou a degringolar, mas foram as 2 temporadas finais que levaram tudo ladeira abaixo. O plot da paixão de Debra pelo irmão, o fato dela retroceder na sua carreira, a paixão juvenil de Dexter por Hannah… tudo isso me enervou. A season finale terminou de colocar os pregos no caixão, e vimos um Dexter que sobrevive após a morte da irmã e vai viver isolado como um lenhador. Oi? Recentemente foi anunciado um revival e eu tô com zero esperanças e expectativas, porque pra mim o caminho foi sem volta a partir do momento em que decidem matar a Debra do jeito mais tosco possível.

How I Met Your Mother

Eu assisti HIMYM inteira duas vezes e, apesar de ter sentido menos raiva na segunda, sigo inconformada com o final. Meu problema não é que o Ted tenha voltado pra Robin, ou que a mãe estivesse morta (aliás, isso era um pouco previsível). O problema foi que, ao longo das 9 temporadas, os roteiristas forçaram muito mais a relação da Robin com o Barney, e ela nunca demonstrou estar tendo recaídas amorosas pelo Ted – era tudo muito platônico, mesmo quando eventualmente transavam. Se não tivessem dedicado tanta energia em consolidar o casal Robin e Barney (colocando uma temporada inteira focada em seu casamento, que acaba logo em seguida), talvez fosse mais fácil de engolir que o Ted tenha voltado pra ela.

Game of Thrones

Ai, ai, o que dizer desta que por um bom tempo esteve na minha lista de séries favoritas? Game of Thrones teve sua qualidade prejudicada no momento em que a referência original (os livros) tinha se esgotado. A sétima temporada já contou com diversos saltos temporais bizarros e Deus ex-machina pra todo lado, mas foi na oitava que tudo que tinha sido construído até ali foi jogado pela janela. Como lidar com um Jaime que, após seu arco de redenção, volta pra Cersei? E como lidar com essa mesma Cersei, uma das piores/melhores vilãs da série, morrendo não pelas mãos de Arya, mas sim esmagada por escombros? E, já que falei na Arya, sério que ela chega ATÉ Porto Real só pra desistir da sua vingança? Por último, mas não menos importante: a duplinha Jonerys. Não consigo acreditar que Jon Snow foi ressuscitado pra não fazer nada de útil e pra sua origem não servir pra nada além de deixar a Daenerys insegura. Também não acredito que em meia dúzia de episódios fizeram a personagem se transformar na Rainha Louca. Esse plot, aliás, poderia ter sido feito, desde que com mais atenção e desenvolvimento, como tudo costumava ser nas primeiras temporadas. Melhor parar por aqui, antes que eu comece a falar do conselho mais aleatório do mundo decidindo o futuro de Westeros após a palestrinha motivacional do Tyrion.

E vocês, também foram traumatizados por algum final de série muito ruim?
Me contem nos comentários, vamos sofrer juntos. 😂