Resenha: Garotas Incompletas – Débora S. Mattana e Michael Vasconcelos

Oi gente, tudo bem?

Para o mês de setembro, a coluna Uma Amiga Indicou (uma parceria com os blogs Estante da Ale, Caverna Literária, A Colecionadora de Histórias, Interrupted Dreamer e Tear de Informações) escolheu como tema a antologia Garotas Incompletas – organizada por Débora S. Mattana e Michael Vasconcelos , devido a uma participação muito especial: a Carol Antonuci, do Caverna Literária, é uma das autoras! 😍

uma amiga indicou

Já adianto que, infelizmente, o livro não me agradou. De maneira geral, senti que faltou maturidade narrativa e uma revisão mais caprichada (sobram exemplos de frases cheias de vírgulas e um tanto mal escritas). Porém, para não ser injusta com os contos que se sobressaem positivamente, resolvi resenhá-los em separado.

garotas incompletasGaranta o seu!

Sinopse: Quando o inconsciente emerge, elas não sabem para onde olhar. Dizem por aí que monstros vivem em cantos escuros, submersos nas águas profundas, mas, talvez, apenas estejam escondidos nas mentes mais prejudicadas. Deixe-nos contar: estas garotas não fazem parte do círculo de mocinhas que gostam de bombons e flores, elas precisam de mais para que você possa fazer parte de sua história. Está preparado?

Vamos aos melhores contos da antologia? 😉

Romeu e Julieta – Michael Vasconcelos: aqui temos uma espécie de “releitura” de A Pequena Sereia, que vai ficando mais clara com as referências trazidas pelo autor. Gostei da personalidade da narradora, que tem um jeito direto e atrevido de contar a sua história trágica de amor. O final é condizente com o resto da trama, apesar de previsível.

Seu Amor em Três Dias – Katerine Grinaldi: gostei bastante do plot escolhido por Katerine Grinaldi para desenvolver sua personagem perturbada: a conhecida frase “trago seu amor de volta em 3 dias”. A protagonista se transforma de uma maneira bem interessante com o desenrolar das páginas e a autora escreve muito bem, de maneira envolvente e criativa.

Parque dos Segredos – Carol Antonucci: juro que não é porque a Carol é minha amiga e companheira de coluna, mas adorei o conto dela! Parques de diversões – cenário em que a história se passa – passam uma atmosfera mista de diversão e tensão, e o protagonista parece vivenciar essa dúvida sobre o que sentir ao longo da trama. Apaixonado pela misteriosa Meredith, ele aceita embarcar em uma aventura no parque, sem imaginar o que vai acontecer. O final foi cruel e abrupto, deixando as cenas de terror para a imaginação do leitor.

Considerações finais: a maior parte dos contos peca pela pressa, pois são poucas páginas para desenvolver histórias que exigem que você acredite na loucura, na psicopatia ou, em alguns casos, até mesmo nos dramas das personagens. Os que conseguem fazer isso são os que se destacam, como Parque dos Segredos (que tem aquela vibe dos micro-contos de terror, que conseguem impactar e assustar) e Seu Amor em Três Dias (provavelmente meu favorito). Ainda assim, apesar de não ter gostado da antologia e não poder dizer pra vocês que a recomendo, devo elogiar a iniciativa de trazer histórias com personagens femininas problemáticas ou simplesmente cruéis no centro da narrativa, rompendo com aquele ideal de fragilidade e pureza que muitas vezes são esperados das mulheres. 🙂

Título Original: Garotas Incompletas
Organizadores: Débora S. Mattana e Michael Vasconcelos
Editora: Sinna
Número de páginas: 146
Gostou do livro? Então adquira seu exemplar aqui e ajude o Infinitas Vidas! ❤