Infinitas Vidas Informa #9

Oi pessoal, tudo bem?

Mais um mês que chega ao fim e mais um Infinitas Vidas Informa no ar! 😀
Aconteceram muitas coisas em janeiro, umas boas e outras bem tristes, então separei o que encontrei de mais relevante pra vocês.

Elenco de Friends vai se reunir em especial de 2 horas

elenco de friends vai se reunir para um especial

Para celebrar o milésimo episódio dirigido de James Burrows – sendo 15 deles de “Friends” – o elenco da série vai se reunir em um especial de 2 horas produzido pela emissora americana NBC. Infelizmente, Matthew Perry (Chandler) não estará presente devido a compromissos com a peça de teatro na qual está participando, mas haverá um vídeo do ator durante o especial. Eu não poderia estar mais ansiosa! ❤ Fonte: Catraca Livre.

Segunda temporada de Demolidor já tem data de estreia

demolidor volta em março no netflix

Foi divulgado um teaser para anunciar a segunda temporada de Demolidor. Com cenas em uma igreja e falas marcantes da primeira temporada, o vídeo termina com a tão esperada data: 18 de março! Assista!

Alan Rickman, nosso eterno professor Snape, morre aos 69 anos

morre aos 69 anos o ator alan rickman severo snape

Alan Rickman, que eternizou Severo Snape na série Harry Potter, faleceu aos 69 anos, após lutar contra um câncer. Além de Snape, Alan Rickman também era conhecido por seus papéis em Duro de Matar, Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões e Sweeney Todd, entre muitos outros. Diversas homenagens foram feitas ao ator e a internet realmente parou com essa triste notícia. Todos nós levantamos nossas varinhas em sua homenagem. 😦 Fonte: G1.

Divulgado o novo trailer de Esquadrão Suicida

novo trailer de esquadrao suicida divulgado

Trazendo um tom muito bem-humorado, o novo trailer de Esquadrão Suicida teve até Bohemian Rhapsody na trilha sonora. Confiram!

Sorteio de 2 anos do Infinitas Vidas

sorteio de 2 anos do blog infinitas vidas

O blog completou 2 anos em janeiro e eu estou sorteando dois livros para comemorar! 😀 São eles: Senhora de Dois Mundos, da Viviane L. Ribeiro, e O Pequeno Príncipe – Versão Luxo, de Antoine de Saint-Exupéry. Já participou? 😉 Então corre que ainda dá tempo!

Bom, pessoal, essas foram as novidades de janeiro!
Fiquei realmente muito triste com a morte do Alan Rickman. 😥 Que potterhead não ficou, né?
Espero que as outras notícias animem vocês um pouquinho hahaha! ;~

Beijos e até semana que vem! ❤

Meus favoritos de 2015

Oi gente, tudo bem? Como foram de Réveillon? 😀

Seguindo o clima de virada de ano, no post de hoje eu resolvi fazer uma retrospectiva de tudo que me marcou em 2015, de livros até música! Teve muita coisa boa no meu ano, e espero que gostem da seleção dos meus favoritos. \o/

Melhor leitura

a queda garth nix

A Queda (Garth Nix): Na verdade, A Queda trata-se de uma releitura. Como expliquei na resenha do livro, eu li essa série há anos, quando era criança, e sempre tive comigo as memórias do quanto eu gostava da história. A releitura foi incrível e eu fiquei com mais vontade ainda de reler todos os volumes. 😀

Melhor filme

poster star wars o despertar da força

Star Wars: O Despertar da Força: O que dizer desse Episódio VII? O filme foi o mais aguardado do ano, bateu recordes como a maior bilheteria e é a continuação de uma das sagas mais icônicas do cinema. Todos esses títulos são justos, porque o filme é sensacional. ❤ Tem review aqui no blog, confiram (sem spoilers). 😉

Melhores animações

poster divertida mente e o pequeno príncipe

Divertida Mente e O Pequeno Príncipe: Libriana indecisa como sou, foi muito difícil escolher de qual animação eu gostei mais. Considerando tramas novas, eu opto por Divertida Mente, mas O Pequeno Príncipe me levou às lágrimas desde o trailer, e trouxe um filme com uma arte incrível, de encher os olhos. Contudo, devo dizer que os personagens e o enredo inovador de Divertida Mente foram os que mais me cativaram em 2015 (juro que não tentei fazer uma piadinha infame). ❤

Melhores séries

poster breaking bad e demolidor

Breaking Bad e Demolidor: Outro caso no qual fiquei absolutamente dividida. Breaking Bad definitivamente mexeu muito mais com as minhas emoções. Conforme expliquei na resenha, foi uma série à qual dei uma segunda chance, que me levou do “ódio” ao amor de forma muito intensa e que me surpreendeu (positivamente) demais. Já Demolidor foi uma série que me agradou desde o primeiro episódio em todos os aspectos (não à toa assisti 7 episódios em um dia). Por isso, as duas foram as melhores séries que assisti esse ano. 😀

Melhores shows

nightwish e tarja turunen

Nightwish e Tarja Turunen: Como comentei nesse post, o ano de 2015 foi recheado de shows incríveis. Dois deles foram da minha banda e cantora favoritos: Nightwish e Tarja Turunen. Em termos de show propriamente dito (playlist, animação do público, vibe) eu diria que Nightwish foi o mais marcante. Porém, o sentimento que a Tarja carrega ao cantar, a atenção que ela dá ao público (gente, ela desceu do palco, sabe!) e, é claro, o quanto eu gosto da sua carreira solo, fizeram com que o show dela fosse muito marcante pra mim. ❤

Melhor descoberta musical

james bay

James Bay: Gente, faz tempo que estou querendo falar desse menino pra vocês (e ainda pretendo). ❤ Conheci James Bay no rádio, ouvindo Hold Back The River. Adorei a música, achei super diferente, e fui procurar mais canções dele no Youtube. Sabem o que é gostar de TODAS? Tipo, sem exceção? Isso raramente acontece comigo! A cada música que eu ia colocando eu ia curtindo mais e mais. E desde então esse rapaz britânico se tornou um dos meus cantores favoritos. ❤

Bom, pessoal, essa foi a minha seleção de tudo que eu mais gostei em 2015. 😀
Me contem nos comentários o que foi mais marcante pra vocês ao longo do ano que passou, vou adorar conhecer as escolhas de vocês!

Beijos e até semana que vem! 😉

Dica de Série: Demolidor

Oi gente, tudo bem? 😀

Para o post de hoje eu trago uma série que simplesmente me deixou sem fôlego do início ao fim, com direito a 7 episódios (de 13) assistidos em um só dia: Demolidor! ❤

demolidor poster

Sinopse: Cego desde pequeno, Matt Murdock luta contra a injustiça durante o dia como advogado e à noite nas ruas de Hell’s Kitchen, Nova York.

Se você tem como referência de Demolidor o filme com o Ben Affleck, esqueça. Se você tem como referência o humor da Marvel, esqueça. Demolidor vai muito além de uma série de super-herói. Ouso dizer que nem se trata disso, na sua essência. Sim, é a história de um homem que resolve fazer justiça com as próprias mãos, mas também a história da corrupção de uma cidade, de personagens cheios de nuances e de um enredo extremamente bem construído.

daredevil2

Matt Murdock perdeu a visão quando criança, ao salvar uma pessoa de um atropelamento. Porém, o caminhão envolvido na colisão transportava substâncias tóxicas, que deram a Matt uma capacidade muito maior em todos os seus outros sentidos, especialmente a audição, conferindo a ele uma espécie de visão (com um mundo pegando fogo e não tão nítido, mas ainda sim visível). Nos dias atuais, ele é um advogado que acaba de abrir a própria empresa com Foggy Nelson, seu melhor amigo. E o primeiro caso que os dois pegam ajuda a salvar uma moça inocente, Karen Page, de uma armadilha perigosa armada pela máfia que vem tomando conta de Hell’s Kitchen, bairro onde eles moram. Como pagamento, Karen passa a trabalhar para os rapazes, e os três começam a investigar a sujeira por trás do escândalo que quase ceifou a liberdade e a vida de Karen. Paralelamente, Matt tem outra função: ele investiga, como justiceiro, toda a podridão que assola Hell’s Kitchen, sendo auxiliado por uma enfermeira, Claire, que o salva após ele se ferir seriamente em uma das lutas nas quais se envolveu.

daredevil karen page matt murdock foggy nelson

São tantas coisas boas pra falar sobre Demolidor que eu não sei por onde começar. Então, vamos aos personagens. Se tem uma coisa que eu admiro numa história é o desenvolvimento dos mesmos. Eu curto muito quando os autores ou roteiristas se preocupam em apresentar, em desenvolver e em nos conectar com os personagens. E isso é feito com maestria em Demolidor, inclusive com os vilões. Desde a infância de Matt e seu relacionamento com seu pai, seus questionamentos morais e religiosos, até toda a história por trás do desequilíbrio emocional de Wilson Fisk (a.k.a. Rei do Crime), o grande antagonista, ou ainda a postura justiceira do jornalista Ben Urich… Tudo isso é apresentado ao espectador de uma maneira incrível, fazendo com que tudo que apareça na tela se mostre extremamente verossímil. E o melhor: sem ser cansativo! Todos esses elementos são mostrados em meio ao enredo que se desenrola de forma dinâmica e a cenas de ação de tirar o fôlego.

wilson fisk daredevil

Falando em cenas de ação, Demolidor não poupa o espectador nas lutas. Tem sangue e tem fratura exposta sim. Mais de uma vez. Mas sério, é impossível desgrudar os olhos! Eu, que não sou chegada a cenas “nojentas” ou violentas demais, fiquei vidrada nas cenas de luta. A movimentação de Matt é sensacional e ele faz umas acrobacias que me faziam dizer “boooh!” várias vezes hahaha! E o mais bacana é que a série sabe equilibrar cenas de ação e desenvolvimento do enredo, porque a cada episódio vamos descobrindo mais sobre a história e sobre os planos que envolvem os vilões da série (sim, Fisk não é o único). Portanto, as cenas de ação e a violência não são apelativas, não estão ali só pra atrair um público que só liga pra isso. Aliás, outro ponto que eu adorei: o fato da série não ser apelativa. Eles não apelam pra nudez, pra sexo e mesmo pra violência no intuito de vender mais. O forte de Demolidor está na sua história e nos seus personagens: basicamente meus elementos favoritos em qualquer história. Tem como eu amar mais? ❤

daredevil

Em suma, Demolidor foi uma das melhores coisas que eu assisti esse ano e definitivamente entrou pro meu top de séries favoritas da vida! A única coisa que posso dizer é: assistam, assistam e assistam! Netflix e Marvel estão de parabéns por essa produção incrível. Meu próximo plano agora é assistir a nova produção dessa parceria, Jessica Jones, que também é ambientada em Hell’s Kitchen. Quando o fizer, obviamente eu venho contar pra vocês o que achei. 😉 E, mais uma vez, só pra reforçar: assistam Demolidor! ❤ HAHAHA!

Título original: Daredevil
Ano de lançamento: 2015
Criador: Drew Goddard
Elenco: Charlie Cox, Elden Henson, Deborah Ann Woll, Rosario Dawson, Vincent D’Onofrio, Toby Leonard Moore, Vondie Curtis-Hall