Livros para presentear no Dia dos Namorados

Oi meu povo, tudo bem?

Dia dos Namorados tá chegando, e se tem um presente que um leitor nunca recusa são livros! ❤ Pensando nisso, fiz uma listinha com indicações bem bacanas para vocês presentearem quem amam ou mandarem pro crush como uma indireta bem direta. 😂

A Revolução dos Bichos – George Orwell

a revolução dos bichos george orwellResenha | Compre aqui

Para uma leitura politizada, mas ainda assim didática, nada melhor que A Revolução dos Bichos (um dos meus livros favoritos, por sinal).

Trilogia Jogos Vorazes – Suzanne Collins

jogos vorazesResenhas | Compre aqui

Quase todo mundo já deve conhecer Jogos Vorazes, nem que seja pelos filmes. Ainda assim, é uma trilogia que vale a pena indicar. Se você ainda não leu, dê uma chance! Tem ação, um universo criativo, bons personagens e o romance não é exagerado e nem rouba o foco da trama.

Como Eu Era Antes de Você – Jojo Moyes

como eu era antes de voce jojo moyesResenha | Compre aqui

Não poderia faltar uma indicação de romance na lista, né? Eu amo esse livro, de verdade. Os personagens são incríveis, os diálogos são ótimos e o desenvolvimento é emocionante. Não li os volumes seguintes, mas esse eu indico de olhos fechados.

Série As Quatro Estações do Amor – Lisa Kleypas

segredos de uma noite de verãoResenhas | Compre aqui

Quer ler uma série de romance de época curta e fofa? As Quatro Estações do Amor é a escolha certa!

Série Cormoran Strike – Robert Galbraith

o chamado do cucoResenhas | Compre aqui

Se você ou o mozão gostam de literatura policial, fica a dica: os livros da série Cormoran Strike (escritos por J. K. Rowling sob o pseudônimo de Robert Galbraith) são incríveis. A escrita é envolvente e a dupla de detetives conquista sem esforço. Sou fã!

Trilogia Para Todos os Garotos Que Já Amei – Jenny Han

capa para todos os garotos que ja ameiResenhas | Compre aqui

Outro exemplo de fofura que tem tudo a ver com o Dia dos Namorados. Jenny Han constrói um romance adolescente cativante, que aquece o coração!

Clube da Luta Feminista – Jessica Bennett

clube da luta feministaResenha | Compre aqui

Vocês devem estar cansados de me ver indicando esse livro, mas o que eu posso fazer se ele é maravilhoso? 🙈 Com dicas práticas e dados reais, Jessica Bennett elucida diversas questões sobre o machismo no ambiente corporativo e nos ajuda a combatê-lo.

Entrevista com o Vampiro: A História de Cláudia – Anne Rice e Ashley Marie Witter

entrevista com o vampiro a historia de claudiaResenha | Compre aqui

Pra quem curte graphic novels, essa é simplesmente imperdível. Com o traço mais lindo que eu já vi na vida, a obra conta parte do enredo de Entrevista com o Vampiro – sob o olhar da jovem Cláudia.

Love Is: Ilustrações Sobre o Amor – Puuung

love isCompre aqui

Mais um exemplo de graphic novel, Love Is é uma obra que aquece o coração graças à sua simplicidade. Com ilustrações delicadas sobre o cotidiano de um relacionamento, Puuung celebra os pequenos gestos que mantêm o amor aceso.

E vocês, qual dessas obras vocês gostariam de ganhar no próximo Dia dos Namorados? Me contem nos comentários! ❤

Beijos e até o próximo post.

Livros para ler no Carnaval

Oi gente, tudo bem?

Pensando em quem também é do Bloquinho da Netflix e dos Livros e prefere curtir o Carnaval longe da folia, preparei uma lista de leituras fluidas e envolventes para ler no feriadão. Espero que gostem! 😀

E Não Sobrou Nenhum

e nao sobrou nenhum agatha christie

400 páginas | Resenha |  Compre aqui

Esse é um dos meus livros favoritos e eu li mais da metade dele em uma única tarde. Foi meu primeiro contato com Agatha Christie e já pude perceber porquê ela é chamada de Rainha do Crime. Minha dica é: não se assustem com o número de páginas, tenho certeza que a leitura será fluida. Afinal, será impossível segurar a curiosidade até descobrir quem é o assassino da Ilha do Soldado.

Mentirosos

mentirosos e lockhart

272 páginas | Resenha | Compre aqui

Um livro que me surpreendeu pelo final, Mentirosos também é uma boa opção para o feriadão. Com menos de 300 páginas, a obra consegue manter o leitor confuso até o último (e surpreendente) capítulo.

O Sorriso da Hiena

capa o sorriso da hiena gustavo avila

304 páginas | Resenha | Compre aqui

Aqui, acompanhamos o dilema moral de um psicólogo que é instigado por um serial killer a estudar a origem da maldade humana. Como não ficar curiosa(o) com uma trama assim? Além disso, a narrativa é ágil e o livro não é muito longo, o que super favorece uma maratona de Carnaval.

Outros Jeitos de Usar a Boca

outros jeitos de usar a boca rupi kaur

208 páginas | Resenha | Compre aqui

Apesar de eu não ser a maior fã de poesia, essa obra me tocou. Com poemas que retratam as diferentes experiências (e dores) do ser mulher, Rupi Kaur não nos poupa com suas palavras – em alguns momentos doces, em outros contundentes.

A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

a sutil arte de ligar o foda-se

224 páginas | ResenhaCompre aqui

Mais um exemplar de obras que não costumo ler, mas que acabei gostando. O livro é curto, chama a atenção já pelo título e traz um cinismo interessante sobre a vida e sobre a importância que damos a certas coisas. Aprendi algumas lições bem valiosas com ele!

Clube da Luta Feminista

clube da luta feminista

336 páginas | Resenha | Compre aqui

Uma das minhas leituras favoritas do ano passado, eu recomendo esse livro pra todo mundo! Jessica Bennett explora as diversas facetas do machismo no ambiente corporativo e nos mune com táticas para combatê-lo. É um livro importante, mas fácil de devorar graças à sua narrativa divertida.

A Revolução dos Bichos

a revolução dos bichos george orwell

152 páginas | Resenha | Compre aqui

Um dos meus livros favoritos da vida, essa fábula é uma obra fácil de ler, mas isso não diminui em nada sua mensagem poderosa. George Orwell utiliza diversas alegorias para falar sobre a hipocrisia humana e sobre o que acontece quando certos tipos sobem ao poder.

Para Todos os Garotos Que Já Amei

capa para todos os garotos que ja amei

320 páginas | Resenha |  Compre aqui

Não podia faltar um romance bem água com açúcar nessa lista, né? A história inusitada de Lara Jean e Peter Kavinsky cai muito bem um feriadão, já que é difícil largar o livro até a história terminar. E, se você quiser conferir a adaptação, ela está disponível na Netflix. 😉

@mor

@mor

188 páginas | ResenhaCompre aqui

Eu li esse livro há uns anos, mas ainda o adoro! Nele, duas pessoas começam a trocar e-mails após um erro de digitação da protagonista, que desejava entrar em contato com uma revista. Acompanhar os diálogos dessa amizade virtual é muito divertido – especialmente quando os sentimentos começam a mudar.

Confissões de Uma Garota Desastrada

confissoes de uma garota desastrada emma chastain

320 páginas | Resenha | Compre aqui

Uma opção de livro bem leve sobre a adolescência, que traz diversas situações pelas quais a maioria de nós já passou: a ansiedade sobre o primeiro beijo, o primeiro crush, o afastamento natural de algumas amizades… É um livro despretensioso, ótimo para passar o tempo com leveza.

Gostaram das dicas? Já leram alguma das obras sugeridas?
Me contem nos comentários!

E bom Carnaval. 🎉

Melhores leituras de 2018

Oi, galera! Como estão?

Dezembro chegou e aquele clima de retrospectiva já tomou conta de mim.
Nesse post vou contar pra vocês quais foram minhas leituras favoritas em 2018. A ordem da lista é cronológica, não necessariamente por preferência.

Bora lá! 🙌

P.S.: Ainda Amo Você – Jenny Han

capa ps ainda amo voceResenha | Compre aqui

Esse foi meu livro favorito da trilogia Para Todos Os Garotos Que Já Amei. Lara Jean está mais interessante, há uma discussão importante sobre slutshaming e tem também o fofo do John Ambrose McClaren! ❤

Escândalos na Primavera – Lisa Kleypas

escandalos na primavera lisa kleypasResenha | Compre aqui

Meu queridinho da série As Quatro Estações do Amor. Daisy foi a melhor protagonista, e Matthew é um homem dos sonhos! O romance deles não tem drama desnecessário e eles se amam e se respeitam demais. Nenês! ❤

O Segredo do Meu Marido – Liane Moriarty

capa o segredo do meu maridoResenha | Compre aqui

Meu primeiro contato com a escrita da Liane Moriarty foi muito positivo. A autora faz um excelente trabalho ao destrinchar as relações familiares e os segredos ocultos que muitos de nós fazem de tudo para esconder. Foi no epílogo que meu queixo caiu e eu fiquei completamente arrebatada pela história.

Boneco de Neve – Jo Nesbø

boneco de neve jo nesboResenha | Compre aqui

Como uma grande fã de romances policiais, adorei a experiência com Boneco de Neve. Os crimes brutais, o mistério por trás da identidade do assassino e as cenas de ação eletrizantes fizeram desse livro uma ótima experiência.

Clube da Luta Feminista – Jessica Bennett

clube da luta feministaResenha | Compre aqui

Esse é um daqueles livros que todo mundo precisa ler. A jornalista Jessica Bennett utiliza de sua experiência pessoal e também dados estatísticos para falar sobre o machismo sutil no ambiente corporativo, dando dicas para combatê-lo e incentivando o empoderamento feminino.

O Poderoso Chefão – Mario Puzo

o poderoso chefão mario puzoResenha | Compre aqui

Trazendo as tensões das diversas Famílias da máfia italiana como fio condutor, O Poderoso Chefão acompanha as relações da Família Corleone, uma das mais importantes de Nova York, e desenvolve seus personagens ambíguos com maestria.

Warcross – Marie Lu

warcross marie luResenha | Compre aqui

Ambientado em um futuro no qual a tecnologia teve grande avanço e um gadget permite a interação entre real e virtual, Warcross é uma ficção científica cheia de ação e ótimos personagens. O final do livro é surpreendente e faz o leitor implorar pela continuação!

A Mulher na Cabine 10 – Ruth Ware

a mulher na cabine 10 ruth wareResenha | Compre aqui

Claustrofóbico e envolvente, esse livro é um ótimo thriller psicológico ambientado em um cruzeiro de luxo. A protagonista, Lo, sofre de TEPT e tem certeza de que ouviu um assassinato na cabine ao lado da sua; o problema é que ninguém acredita nela.

O Conto da Aia – Margaret Atwood

o conto da aia margaret atwoodResenha | Compre aqui

Esse livro é uma obra-prima, e eu não estou exagerando. Ele narra um futuro distópico no qual as mulheres perderam seus direitos civis e viraram propriedade de um governo autocrático e religioso, sendo separadas em “castas” de acordo com sua função. É visceral e perturbador.

Espero que tenham gostado da lista, pessoal. 😀
Já leram ou pretendem ler alguma dessas obras? Me contem nos comentários!

Beijos e até o próximo post!

Resenha: Clube da Luta Feminista – Jessica Bennett

Oi galera, tudo certo?

A resenha de hoje trata-se do primeiro livro recebido em parceria com a Editora Rocco: Clube da Luta Feminista, da jornalista Jessica Bennett! 💪

clube da luta feministaGaranta o seu!

Sinopse: Contratada para assumir a recém-criada editoria de gênero do The New York Times, a jornalista Jessica Benett constrói um guia incisivo e irônico de como sobreviver ao sexismo no ambiente de trabalho em Clube da Luta Feminista. Mesclando experiências pessoais e de outras mulheres e conselhos nada politicamente corretos com pesquisas e estatísticas sérias, Bennett oferece dicas valiosas e bem-humoradas para a mulher enfrentar o machismo na sociedade atual e combater o terreno minado e muitas vezes sutil do preconceito no ambiente corporativo. Com projeto gráfico moderno, repleto de ilustrações e esquemas divertidos, o livro fala tanto dos desafios externos enfrentados pelas mulheres cotidianamente, quanto dos comportamentos arraigados e autossabotadores delas próprias no dia a dia do escritório, sempre num tom informal e sarcástico.

Mesmo não sendo uma grande fã de obras de não-ficção, quando vi a temática desse livro não hesitei em solicitá-lo à editora. E que acerto foi ter tomado essa decisão, viu? Jessica Bennett, com uma acidez deliciosa e um bom humor envolvente, começa seu livro explicando a origem do Clube da Luta Feminista (o CLF). Mulheres entre 20 e 40 anos reuniam-se em um apartamento para reclamar sobre as frustrações profissionais e, juntas, perceberam que suas vivências eram muito similares: era um cara que roubava suas ideias, uma promoção dada a um colega homem, uma piadinha machista no ambiente de trabalho. A partir disso, a autora nos leva a refletir sobre como o machismo institucionalizado é sutil nos dias de hoje. Se antes essas atitudes eram escancaradas, agora a dificuldade está em reconhecê-las, pois elas fazem com que nós, mulheres, questionemos: “será que isso aconteceu? Será que exagerei?”.

Com essa reflexão, Jessica Bennett nos apresenta aos diversos tipos de inimigos no ambiente de trabalho. Temos o Mansplainer (o cara que acha necessário explicar tudo à mulher de modo condescendente e pedante); o Bropropriator (o colega que toma para si uma ideia de uma mulher); o Fiscal da Menstruação (aquele inconveniente que atribui qualquer stress ou fala agressiva da mulher – que muitas vezes pode ser oriunda de incompetência de colegas no ambiente de trabalho – à TPM), entre muitos outros. Além de apresentá-los, a autora propõe diversas formas de combatermos e vencermos essas situações constrangedoras no dia a dia profissional.

resenha clube da luta feminista jessica bennett.png

Mas Jessica Bennett também aborda uma questão fundamental: como nós, mulheres, nos autossabotamos. Histórica e socialmente, as mulheres não foram incentivadas tanto quanto os homens a serem ambiciosas, confiantes e independentes. Consequentemente, é um desafio para nós nos impormos e garantirmos nosso espaço quando homens naturalmente sentem que sua autoridade é validada. Nessa segunda parte da obra, a autora reflete essa autossabotagem feminina, com dicas práticas e empoderadoras. Sério, se você é uma mulher inserida no mercado de trabalho, você vai se identificar com essas situações. Sabe quando você ri de nervoso por enxergar uma semelhança que não gostaria? Me senti dessa forma lendo algumas atitudes prejudiciais que não apenas eu, mas muitas profissionais mulheres acabam tomando. Por outro lado, foi extremamente confortador perceber que isso acontece com muitas de nós. O sentimento é de acolhimento e compreensão, o que é sempre muito bem-vindo. Aliás, um dos maiores ensinamentos do livro é: mulheres, unam-se. Cresçam e ajudem outras mulheres a crescerem com vocês. Sejam impulso para outras mulheres.

Com dicas práticas, exemplos reais, ilustrações divertidas e MUITOS dados (durante a leitura eu fiquei me questionando de onde a autora tirava suas informações, até que vi ao fim do livro as referências), Jessica Bennett aborda um tema extremamente atual de modo leve, irônico e envolvente. Ao expor as diversas formas de sexismo sutil que as mulheres enfrentam diariamente no ambiente corporativo, a jornalista nos mune não apenas de conhecimento para saber que sim, isso ocorre, e não, não estamos loucas, mas também de coragem para enfrentar essas situações. Além disso, a edição está extremamente caprichada, com excelente revisão, diagramação confortável e miolo da capa e da contracapa cor de rosa hahaha! ❤

Clube da Luta Feminista já se tornou uma das melhores leituras desse ano e eu recomendo fortemente, especialmente se você é mulher e já está inserida no mercado de trabalho. Mas homens, não se acanhem: o livro é excelente pra vocês nos compreenderem (e se unirem à nossa luta) também. 😉

Título Original: Feminist Fight Club: A Survival Manual for a Sexist Workplace
Autor: Jessica Bennett
Editora: Fábrica231 (selo da Editora Rocco)
Número de páginas: 336
Gostou do livro? Então adquira seu exemplar aqui e ajude o Infinitas Vidas! ❤

Livro cedido em parceria com a editora.
Esse não é um publipost, e a resenha reflete minha opinião sincera sobre a obra.

Parceria com a Rocco, primeiro “recebidos” e sorteio!

Oi pessoal, tudo bem?

Em fevereiro desse ano, recebi uma notícia incrível: o Infinitas Vidas foi selecionado para ser parceiro da Editora Rocco em 2018!
Esperei um pouco para contar a novidade aqui no blog porque queria aproveitar e mostrar pra vocês o primeiro “recebidos” (até porque os primeiros a gente nunca esquece, né nom?). ❤

Mas, na verdade, o objetivo principal desse post é agradecer. Em primeiro lugar, à Rocco, por confiar em mim e no meu trabalho. Eu cresci lendo os livros publicados pela editora e, das minhas séries favoritas, três são dela (Harry Potter, As Crônicas do Mundo Emerso e Jogos Vorazes). Dá pra imaginar a emoção que senti quando vi o nome do blog na lista, né? Depois de 4 anos de empenho e dedicação, finalmente o Infinitas Vidas conquistou sua primeira parceria com uma editora, o que pra mim significa um grande passo.

Agradeço também aos leitores fiéis, que toda semana estão acessando os posts e/ou deixando comentários, levando em consideração minha opinião e me incentivando a continuar, mesmo com um TCC sendo feito e um trabalho de turno integral. Obrigada, de coração! ❤

Sem mais delongas, vamos conhecer o primeiro recebido do blog em parceria com a Editora Rocco?

clube da luta feminista.png

Sinopse: Contratada para assumir a recém-criada editoria de gênero do The New York Times, a jornalista Jessica Benett constrói um guia incisivo e irônico de como sobreviver ao sexismo no ambiente de trabalho em Clube da luta feminista. Mesclando experiências pessoais e de outras mulheres e conselhos nada politicamente corretos com pesquisas e estatísticas sérias, Bennett oferece dicas valiosas e bem-humoradas para a mulher enfrentar o machismo na sociedade atual e combater o terreno minado e muitas vezes sutil do preconceito no ambiente corporativo. Com projeto gráfico moderno, repleto de ilustrações e esquemas divertidos, o livro fala tanto dos desafios externos enfrentados pelas mulheres cotidianamente, quanto dos comportamentos arraigados e autossabotadores delas próprias no dia a dia do escritório, sempre num tom informal e sarcástico.

Semana que vem já tem resenha aqui no blog! O que posso adiantar é o seguinte: QUE LIVRO, minhas amigas (ok, e meus amigos), que livro!

Tá achando que as novidades acabaram? Ainda não! Em abril a Rocco lançou Warcross, o novo livro de Marie Lu (autora da trilogia Legend). Com uma vibe cibernética, que conversa muito com Jogador Nº 1, o livro promete ser eletrizante. Pra comemorar esse lançamento, tá rolando o sorteio de um exemplar lá no Instagram do blog! Confiram as regras na foto oficial, participem (tá super fácil, sério) e boa sorte! ❤

Warcross.png

Sinopse: Para os milhões que se conectam todos os dias, Warcross não é apenas um jogo – é um modo de vida. Não é diferente para a hacker adolescente Emika Chen, que para se sustentar trabalha como caçadora de recompensas e rastreia jogadores que apostaram ilegalmente no jogo. Mas o mundo da caça de recompensas é competitivo, e a sobrevivência não tem sido fácil. Precisando de dinheiro rapidamente, Emika se arrisca e invade o jogo de abertura do Campeonato Internacional de Warcross… e acaba entrando acidentalmente no jogo em si e se tornando uma sensação da noite para o dia. Convencida de que vai ser presa, Emika fica surpresa quando recebe uma ligação do criador do jogo, o elusivo e jovem bilionário Hideo Tanaka, com uma proposta irresistível. Ele precisa de um espião dentro do torneio daquele ano para descobrir um problema de segurança… e quer que Emika faça o serviço. Mas logo ela descobre um plano sinistro, com consequências sérias para todo o império de Warcross. Nesta aventura de ficção científica, Marie Lu, a autora bestseller do New York Times, dá vida a um mundo envolvente e contagiante em que escolher em quem confiar pode ser a maior aposta de todas.

Bom, pessoal, as novidades de hoje são essas!
Tenham certeza de que vem muito conteúdo de qualidade por aí, fruto dessa parceria incrível. 😉
Conto com vocês pra dividir tudo isso! ❤