Livros para ler no Carnaval

Oi gente, tudo bem?

Pensando em quem também é do Bloquinho da Netflix e dos Livros e prefere curtir o Carnaval longe da folia, preparei uma lista de leituras fluidas e envolventes para ler no feriadão. Espero que gostem! 😀

E Não Sobrou Nenhum

e nao sobrou nenhum agatha christie

400 páginas | Resenha |  Compre aqui

Esse é um dos meus livros favoritos e eu li mais da metade dele em uma única tarde. Foi meu primeiro contato com Agatha Christie e já pude perceber porquê ela é chamada de Rainha do Crime. Minha dica é: não se assustem com o número de páginas, tenho certeza que a leitura será fluida. Afinal, será impossível segurar a curiosidade até descobrir quem é o assassino da Ilha do Soldado.

Mentirosos

mentirosos e lockhart

272 páginas | Resenha | Compre aqui

Um livro que me surpreendeu pelo final, Mentirosos também é uma boa opção para o feriadão. Com menos de 300 páginas, a obra consegue manter o leitor confuso até o último (e surpreendente) capítulo.

O Sorriso da Hiena

capa o sorriso da hiena gustavo avila

304 páginas | Resenha | Compre aqui

Aqui, acompanhamos o dilema moral de um psicólogo que é instigado por um serial killer a estudar a origem da maldade humana. Como não ficar curiosa(o) com uma trama assim? Além disso, a narrativa é ágil e o livro não é muito longo, o que super favorece uma maratona de Carnaval.

Outros Jeitos de Usar a Boca

outros jeitos de usar a boca rupi kaur

208 páginas | Resenha | Compre aqui

Apesar de eu não ser a maior fã de poesia, essa obra me tocou. Com poemas que retratam as diferentes experiências (e dores) do ser mulher, Rupi Kaur não nos poupa com suas palavras – em alguns momentos doces, em outros contundentes.

A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

a sutil arte de ligar o foda-se

224 páginas | ResenhaCompre aqui

Mais um exemplar de obras que não costumo ler, mas que acabei gostando. O livro é curto, chama a atenção já pelo título e traz um cinismo interessante sobre a vida e sobre a importância que damos a certas coisas. Aprendi algumas lições bem valiosas com ele!

Clube da Luta Feminista

clube da luta feminista

336 páginas | Resenha | Compre aqui

Uma das minhas leituras favoritas do ano passado, eu recomendo esse livro pra todo mundo! Jessica Bennett explora as diversas facetas do machismo no ambiente corporativo e nos mune com táticas para combatê-lo. É um livro importante, mas fácil de devorar graças à sua narrativa divertida.

A Revolução dos Bichos

a revolução dos bichos george orwell

152 páginas | Resenha | Compre aqui

Um dos meus livros favoritos da vida, essa fábula é uma obra fácil de ler, mas isso não diminui em nada sua mensagem poderosa. George Orwell utiliza diversas alegorias para falar sobre a hipocrisia humana e sobre o que acontece quando certos tipos sobem ao poder.

Para Todos os Garotos Que Já Amei

capa para todos os garotos que ja amei

320 páginas | Resenha |  Compre aqui

Não podia faltar um romance bem água com açúcar nessa lista, né? A história inusitada de Lara Jean e Peter Kavinsky cai muito bem um feriadão, já que é difícil largar o livro até a história terminar. E, se você quiser conferir a adaptação, ela está disponível na Netflix. 😉

@mor

@mor

188 páginas | ResenhaCompre aqui

Eu li esse livro há uns anos, mas ainda o adoro! Nele, duas pessoas começam a trocar e-mails após um erro de digitação da protagonista, que desejava entrar em contato com uma revista. Acompanhar os diálogos dessa amizade virtual é muito divertido – especialmente quando os sentimentos começam a mudar.

Confissões de Uma Garota Desastrada

confissoes de uma garota desastrada emma chastain

320 páginas | Resenha | Compre aqui

Uma opção de livro bem leve sobre a adolescência, que traz diversas situações pelas quais a maioria de nós já passou: a ansiedade sobre o primeiro beijo, o primeiro crush, o afastamento natural de algumas amizades… É um livro despretensioso, ótimo para passar o tempo com leveza.

Gostaram das dicas? Já leram alguma das obras sugeridas?
Me contem nos comentários!

E bom Carnaval. 🎉

Verão em Santa Catarina

Oi pessoal, tudo bem?

Lembram quando eu fiz dois posts falando um pouco sobre minhas férias em João Pessoa no ano passado? O feedback foi tão legal que eu decidi manter a categoria de Viagens aqui no blog! Eu (ainda) não viajo muito, mas sempre que rolar algo bacana eu vou trazer dicas pra vocês!

2017 começou com o pé direito: meu namorado e eu viajamos duas vezes para o litoral de Santa Catarina, Estado vizinho ao nosso. Eu nunca tinha ido pra lá, acreditam? Em fevereiro fomos na companhia de amigos e ficamos na cidade de Imbituba, bem pertinho de Garopaba, Praia do Rosa, Praia do Ouvidor, Ferrugem… Uma semana depois do Carnaval, voltamos a Santa Catarina: dessa vez apenas meu namorado e eu, com destino à Guarda do Embaú. Lá também conhecemos a praia da Pinheira, mais especificamente a Praia de Cima e a Praia de Baixo. Vou dividir o post em “Carnaval” e em “férias” pra falar um pouquinho sobre as praias pra vocês. 😉 Espero que gostem!

Carnaval: Praia do Ouvidor e Praia do Rosa

Durante o Carnaval, a praia que mais aproveitamos foi a Praia do Ouvidor. Ela fica bem longe da estrada principal, então o melhor acesso é de carro ou moto. Na faixa de areia, que é bem larga, é possível estacionar o carro (dá um ar meio farofeiro, não vou negar :P). A praia é bem pequena, e é cercada por morros e pedras. A água estava maravilhosa, azulzinha e transparente. ❤

praia do ouvidor

Praia do Ouvidor.

A Praia do Rosa (fomos para a parte Sul) era bem mais aberta, apesar de também ser cercada por morros e pedras. A água também era muito mais agitada – não à toa essa praia é um paraíso para os surfistas. O acesso também não é fácil, e se você não acordar cedo pra ir de carro, provavelmente não vai conseguir um lugar pra estacionar. Fomos a pé e foi bem cansativo hahaha! A praia é linda, mas fiquei com um pouco de medo da força das ondas, pois não sei nadar. No fim, a Praia do Ouvidor acabou sendo a minha favorita pra curtir um banho de mar mais tranquilo.

praia do rosa.png

Praia do Rosa.

Férias: Guarda do Embaú e Pinheira

Depois de voltarmos pra Porto Alegre, meu namorado e eu saímos de férias. O mais punk de tudo foi a viagem: fomos de moto! Foram mais ou menos 420 km pra ir e 420 km pra voltar, com várias paradas ao longo do caminho. Não vou mentir: cansa, e muito! 😛

Chegando na Guarda do Embaú, já gostamos de cara da pousada: o quarto era espaçoso, tinha varanda e até mesmo uma rede pra gente relaxar! Adoro! ❤ O lado ruim da viagem foi o tempo: São Pedro não nos ajudou muito e pegamos alguns dias de tempo nublado e um de chuva. Porém, os dois dias de sol forte que tivemos foram muito bem aproveitados!

guarda do embau

Barquinhos no Rio da Madre.

A Guarda do Embaú é uma praia linda, e pra chegar no mar você atravessa o Rio da Madre. A travessia pode ser feita a pé pelo meio do rio ou no barco dos barqueiros que ficam por ali (o valor era de R$ 3 por pessoa para atravessar). O mar da Guarda do Embaú tem ondas fortes e a praia é uma Reserva Mundial de Surf. Por isso, eu acabei aproveitando mais os banhos no rio. Adoro tomar banho de rio/lagoa! ❤ Ali na areia, entre o rio e o mar, também ficam diversos stands nos quais é possível alugar pranchas, e nós aproveitamos pra fazer stand-up paddle! É muuuito divertido! \o/

guarda do embau 2.png

E não caí nenhuma vez! 😛

Outro dos passeios que fizemos na praia foi a trilha para a Pedra do Urubu. Pra chegar lá, você faz uma trilha de mais ou menos 30-40 minutos morro acima. E a vista compensa todo o esforço, pois é sensacional. ❤

guarda do embau pedra do urubu.png

Pedra do Urubu.

No dia seguinte, fomos para a Praia da Pinheira. Conhecemos a Praia de Cima e a Praia de Baixo. A Praia de Cima tinha ondas tranquilas, poucas pessoas e era linda! A Praia de Baixo tinha outra vibe: há vários barcos lá, onde os pescadores trabalham, e é uma enseada tranquila que faz a água parecer uma piscina salgada totalmente sem ondas. Uma delícia! ❤ Amei tomar banho por lá! O Chris gostou mais da Praia de Cima, onde podia ficar pegando “jacarés” nas ondas.

pinheira praia de cima

Bem faceiros e bobalhões na Praia de Cima! ❤

pinheira praia de baixo.png

Olhem só a tranquilidade da água na Praia de Baixo! ❤

A única coisa que eu teria pra criticar na Guarda do Embaú seria a falta de gentileza de muitos estabelecimentos. Fomos mal atendidos em vários locais, onde os donos falavam com a gente meio que de qualquer jeito, sabem? Contamos nos dedos os locais em que gostamos do ambiente e do atendimento.

Então pessoal, por hoje é só! 😀
Sei que o post ficou um pouquinho extenso, mas espero que tenham gostado de saber um pouquinho mais sobre esse destino paradisíaco aqui no sul do país! ❤

Beijos e até semana que vem!