Dica de Série: Only Murders in the Building

Oi pessoal, tudo bem?

Cheguei com uma dica de série instigante e divertidíssima. Anotem aí: Only Murders in the Building!

Sinopse: Only Murders in the Building conta a história de três estranhos que compartilham uma obsessão pelo gênero true crime e que, de repente, se veem envolvidos em um crime na vida real. Quando uma morte horrível ocorre dentro de seu exclusivo prédio de apartamentos no Upper West Side, o trio – formado por Mabel (Selena Gomez), Charles (Steve Martin) e Oliver (Martin Short) – começa a suspeitar de assassinato e usa seu conhecimento de true crime para investigar o caso. Mas não demora para que o trio perceba que um assassino pode estar vivendo entre eles e que, portanto, estão em perigo. Agora, eles vão ter de correr para decifrar as pistas e descobrir a verdade – antes que seja tarde demais.

O que dois idosos e uma jovem na casa dos 20 e poucos anos têm em comum? Uma paixão por podcasts de true crime. Charles é um ator aposentado, Oliver é um antigo diretor de musicais e Mabel é uma artista que se aproximam de forma inusitada: quando um de seus vizinhos (Tim Kono) é encontrado morto, o interesse em comum dos três por investigações faz com que eles queiram tirar a limpo se a causa da morte realmente foi suicídio, como a polícia acredita. Os três notam pequenos indícios de que a história é um pouco mais complicada do que isso, e quando eles percebem já estão iniciando o projeto Only Murders in the Building, um podcast que promete desvendar a verdade sobre Tim Kono.

Only Murders conseguiu a proeza de unir em uma mesma história dois estilos de série que eu adoro: comédia e investigação criminal. E, acreditem, funciona bem demais! A parte humorística da trama fica por conta do contraste entre a personalidade do trio principal: Mabel é cínica e objetiva, Charles é um tantinho rabugento, e Oliver é efusivo e desorganizado. Porém, conforme adentram os segredos da vida de Tim Kono (e não apenas dele, mas de outro nome importante nessa dinâmica), os laços de amizade vão se estreitando para além do podcast. Este, por sinal, é o cerne da parte investigativa de Only Murders: os personagens principais partem para interrogatórios e buscas por pistas que vão revelando mais do que as circunstâncias da morte do vizinho – como também o fato de que existe um possível assassino no prédio.

Eu gostei muito da química entre os personagens principais. Mabel é uma jovem que esconde seus próprios segredos e traumas, e tem uma dificuldade enorme em deixar as pessoas se aproximarem dela. Com o tempo, porém, ela se dá conta de que está enxergando seus novos companheiros como amigos – algo que há muito ela não fazia. É engraçado demais ver a interação dela com os dois, porque ela ensina algumas modernidades que geram cenas cômicas (como por exemplo dizer ao Charles que ele não precisa assinar seu nome ao enviar uma mensagem instantânea). Oliver é a alma da festa, aquele cara otimista e visionário que coloca toda a sua energia em seus projetos. Porém, ele é também bastante irresponsável, justamente por faltar um pé no chão em relação a esse assunto. Charles vem para balancear esse lado de Oliver, sendo um homem mais contido e que pensa antes de agir (talvez até demais). Ele vive à sombra de seu passado como um ator de sucesso e de um relacionamento que ruiu, então suas novas amizades dão um novo propósito ao seu dia a dia.

A trama é super bem costuradinha e dá vontade de assistir um episódio atrás do outro, porque a duração de cada um não é muito longa. Only Murders começa com uma cena bem chocante e depois há um salto temporal para algumas semanas anteriores a essa cena, o que é um recurso um pouco batido, mas eficaz, para manter o espectador interessado em saber qual será o desenrolar dos fatos que culminará naquilo que foi exposto. Há um gancho imperdível para uma segunda temporada, que felizmente já foi confirmada!

É engraçado como dar um play despretensioso, bem sem expectativas mesmo, pode nos surpreender, né? Fui conferir o título nesse mood e no fim me diverti demais assistindo a Only Murders in the Building, Me apeguei aos personagens, gostei do ritmo da trama e das reviravoltas finais, e não vejo a hora de conferir a segunda temporada. Série recomendadíssima! 😀

Título original: Only Murders in the Building
Ano de lançamento: 2021
Criação: John Hoffman, Steve Martin
Elenco: Steve Martin, Martin Short, Selena Gomez, Aaron Dominguez, Amy Ryan, Julian Cihi, Nathan Lane

9 comentários sobre “Dica de Série: Only Murders in the Building

  1. Oi Priih! A série está na minha lista desde o ano passado, mas não consegui conferir. A premissa me atraiu bastante e gostei também do elenco. Não sabia que ia ter outra temporada. Em breve verei.

  2. Oi, Prih! Tudo bem? Como faz? Já quero assistir essa série tipo agora. Já começa com o fato de que adorei o elenco, a plot parece divertida e interessante. Estou aos poucos voltando a assistir séries com história investigativa e essa cai como uma luva. Além de como vc mencionou ter trama costurada é algo que sempre peço porque não consigo lidar com muitos fios soltos. Adorei a dica.

    beijos

  3. Oi
    só assisti a serie por ter a selena como protagonista e adorei, a cada episódio eu ficava mais ansiosa e os atores principais e secundário possuem muita química, eu vi algumas fotos da segunda temporada sendo gravada e estou bem curiosa.

    momentocrivelli.blogspot.com

  4. Olá,
    Estou bem ansiosa para maratonar, pois também adoro esse tipo de mistério com uma pitada de comédia. Fora que ator idoso interpretando personagem rabugento sempre me fisga haha
    Esperar o calorão amenizar um pouco aqui pra maratonar.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s