Review: Para Todos os Garotos: Agora e Para Sempre

Oi pessoal, tudo bem?

A conclusão da trilogia Para Todos os Garotos chegou à Netflix! Agora e Para Sempre encerra a história de amor de Lara Jean e Peter Kavinsky com ternura e novos desafios. Bora pro review?

Sinopse: É o último ano do ensino médio. Lara Jean volta de uma viagem à Coreia e faz planos para a faculdade — com Peter e sem ele.

Agora e Para Sempre, Lara Jean não foi o meu livro favorito da trilogia de Jenny Han, portanto eu não estava especialmente ansiosa pra conferir sua adaptação. Os dois maiores motivos de eu não ter curtido tanto o livro foram as páginas desperdiçadas investidas no casamento do pai de Lara Jean e o apagamento de Peter. Felizmente, o filme consegue equilibrar esses elementos e acabou sendo uma conclusão com a qual simpatizei mais.

Prestes a se formarem no ensino médio, os protagonistas desejam estudar juntos na mesma universidade (que no filme é Standford, diferente do livro). Acontece que, para tristeza dos dois, Lara Jean não é aprovada e precisa refazer seu planejamento. O plano B reside em estudar a 1h de distância de Peter e depois pedir transferência… até que, em uma excursão da escola, a jovem se apaixona pela New York University (que também foi alterada no filme, decisão que achei bem inteligente, porque aproveita melhor a excursão e poupa um tempo valioso). Lara Jean e Peter enfrentam então a insegurança causada pelos 5 mil quilômetros que vão separá-los, sendo este o principal ponto de tensão do longa.

Minha parte favorita de Agora e Para Sempre foram as cenas de Lara Jean com as amigas explorando Nova York e a NYU (apesar de eu ter estranhado bastante a amizade com Gen. Não lembro se se aproximaram tanto assim no livro). Apesar do tom meio pedante que os jovens costumam ter no ambiente universitário, deu pra entender os motivos que levaram Lara Jean a ficar encantada por tudo que a cidade tem a oferecer. Mas tem uma crítica que não posso deixar de fazer: a atuação de Lana Condor mostrou-se bastante limitada e abaixo da média no fechamento da trilogia. Existem momentos de tensão e emoção na história que ela simplesmente não conseguiu transmitir, e isso tirou um pouco do impacto pra mim.

Além das mudanças em relação às universidades que mencionei, o filme também altera um aspecto que considero bastante importante. É um spoiler, selecione se quiser ler: enquanto no livro é Lara Jean que surta e termina com Peter após ser pressionada pela mãe do garoto, no filme a mãe sequer é mencionada, e é Peter quem toma a decisão. Isso coloca Lara Jean numa posição de coitadinha e não curti, especialmente porque é Peter – novamente – quem precisa fazer um gesto grandioso para recuperá-la. Em compensação, faço um elogio a todo o plot do casamento de Dan, pai das meninas, e sua vizinha, Treena (ou Trina, como na legenda da Netflix). A personagem tem muito carisma, faz os comentários certos e é uma adição muito bem-vinda e orgânica à dinâmica dos Covey!

Para Todos os Garotos: Agora e Para Sempre é um filme fofinho que segue a mesma fórmula dos anteriores e encerra a trajetória de Lara Jean e Peter com mais otimismo que sua contraparte literária, o que achei um grande acerto. Fiquei com o coração quentinho e me senti bem por ter acompanhado essa história de amor tão doce (quase tanto quanto os que Lara Jean prepara rs) nas telas também. ❤

Título original: To All The Boys: Always and Forever
Ano de lançamento: 2021
Direção: Michael Fimognari
Elenco: Lana Condor, Noah Centineo, Janel Parrish, Anna Cathcart, John Corbett, Sarayu Blue

14 comentários sobre “Review: Para Todos os Garotos: Agora e Para Sempre

  1. Oi Priih! Achei legal a adaptação não ter sido abandonada pela metade e os três livros terem ido para as telas. Pelo visto o fechamento da história para você foi melhor na adaptação que no original. Que bom que gostou. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

  2. Eu não conheço a história pela parte dos livros, então não sei como reagiria com o desenrolar da trama vendo apenas os filmes. Talvez gostasse, já que você falou que até as mudanças foram mais bem vindas do que aconteceu no livro em si… rs Não resisti e acabei lendo o spoiler, e concordo com suas ressalvas quanto à situação…
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

  3. Olá,
    Eu acho a Lana simpática, mas acho que esse é um defeito geral de todas as atrizes de filmes jovens da Netflix. Acho que por ser lá para o streaming não devem exigir muito.
    Eu tenho muita vontade de ler e assistir. Como só tenho o primeiro livro, acho que vou acabar vendo primeiro pra não misturar na mente.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

  4. Oi Priih, sua linda, tudo bem?
    Agora que eu consegui comprar os 3 livros, eles lançam o último filme. Estou me segurando para ler primeiro, mas acho que não vou conseguir, risos.. Esse tema deles estudarem em universidades longes um do outro sempre acabou comigo. É muito comum para a cultura de outros países. Imagine se a pessoa realmente encontra o seu amor verdadeiro no fim do ensino médio e não pode vivenciar esse amor por conta faculdade? É duro. Que bom que o filme trás um desfecho feliz pelo menos. Não vejo a ora de ver. Adorei sua crítica.
    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

  5. Oi, Priih!

    Não sabia dessas diferenças com o livro, pelo visto fizeram mudanças positivas que foram bem colocadas no filme! Eu gostei do filme, até me emocionei, mas fiquei meio bleh com a atração repentina dela pela cidade, que inclusive era mais pelo local em si do que pela universidade. E também achei linda a forma como Peter reconquista ela, mas não senti lá muita firmeza também haha fiquei curiosa pra um quarto filme pra ver o que ia rolar, apesar de não ter um quarto livro.

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

  6. Estou bem ansiosa para assistir e já vi muitos comentários sobre deixar o nosso coração quentinho. Sem dúvidas essa história me pegou de jeito e já sei que vou amar Agora é para sempere.
    Amei a resenha, deu mais ansiedade em assistir.
    Beijos,

    Marcela Miranda

    • Oie Prih! Tudo bão?
      Achei importante você comentar as diferenças do livro e do filme. Eu sou meio suspeita, porque eu gostei bastante do segundo livro (lembro que foi doce ao ponto de sentir que eu estava comendo algodao doce, por ser fofinho e gostoso ) e achei que teve outra visao no filme, mas gostei dos dois no final, acho que por eles terem rumos um pouco diferentes…
      ainda não assisti esse terceiro, mas acho que vou adorar também!! e quero ver as cenas de NYC!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Beijos!
      Pâm
      Blog Interrupted Dreamer

  7. Olá, Priih.
    Eu só li o primeiro livro dessa trilogia porque achei que podia ter terminado por ali mesmo. Mas assisti o filme dois e agora vou assistir o terceiro. Como não tenho com o que comparar acho que vou gostar hehe.

    Prefácio

  8. Oi, Priih!
    Acredita que apesar de adorar a série eu não li o último?
    Acho que desanimei um pouco porque eu amava o John Ambrose e não achei que o Peter merecia a Lara, hehe.
    Mas quero ler. Só que vou acabar vendo o filme antes. Já está lá, né?
    Que bom que você gostou e acho um final ainda mais legal que do livro.
    Uma hora de distância nem é distância, haha. Já 5 mil quilômetros eu aceito!

    Beijoooos

    Teca Machado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s