Dica de Série: Bridgerton

Oi galera, tudo bem?

Ainda que eu seja uma fã ainda iniciante no mundo dos romances de época (afinal, por enquanto só conheço a escrita da Lisa Kleypas), fiquei empolgadíssima com a chegada de Bridgerton, a série da Netflix que adapta os livros da Julia Quinn. E hoje vou contar pra vocês o que achei, mas lembrando que é uma opinião exclusiva sobre a série, sem comparação com o material original. 😉

Sinopse: Bridgerton apresenta o mundo sensual, luxuoso e competitivo da alta sociedade de Londres do século 19. Na época, a família Bridgerton, composta por oito irmãos, se esforça para lidar com o mercado de casamentos, os bailes suntuosos de Mayfair e os palácios aristocráticos de Park Lane.

Daphne Bridgerton é uma jovem em idade de se casar. Ela faz parte de uma família respeitada e tem uma ótima relação com sua mãe e seus irmãos. Seu destino sofre uma reviravolta quando, em um baile, ela conhece o Duque de Hastings – o solteiro mais cobiçado da sociedade londrina. Após uma investida indesejada de um pretendente que Daphne despreza, ela e o Duque se unem em uma farsa, na qual ele fingirá cortejá-la. Para Daphne, isso significará a atenção de outros cavalheiros interessantes e de boas famílias; para Simon, isso afastará as mães desesperadas por casarem suas filhas, já que ele é um solteiro convicto e pretende se manter assim. Com o passar do tempo, porém, a amizade entre os dois se transforma e ambos passam a relutar contra seus verdadeiros sentimentos.

Ai gente, nem tenho palavras pra descrever o encanto que foi ver na tela tudo que estava somente na minha imaginação: os belos vestidos, os penteados, as danças, as soirées, os bailes, os primeiros toques tímidos e, é claro, as cenas calientes rs. Bridgerton é uma série muito competente em seduzir o espectador com seus belos cenários e figurinos (e Duques, cof cof), além da fotografia que esbanja cores vivas e brilhantes.

Apesar dos clichês do gênero (como o gato e o rato que se apaixonam), Bridgerton consegue atingir o objetivo de nos fazer torcer pelo casal protagonista da primeira temporada. Daphne é uma personagem muito doce e faz o possível para ajudar as pessoas à sua volta (ainda que cometa uma atitude bem condenável contra o Duque mais adiante na relação). Simon, por sua vez, é um personagem duro nas aparências, mas cujo passado dolorido causou profundas cicatrizes que ele tenta superar. A única coisa negativa sobre esse casal é que eu gostei mais dos dois antes de ficarem juntos do que depois. 😦 Não vou dar detalhes pra não estragar sua experiência, mas a construção da amizade deles seguida de flerte foi bem mais “saudável”, digamos assim.

Existem plots secundários que certamente serão aprofundados nas temporadas seguintes. A família Bridgerton é composta por Violet, a matriarca viúva, e seus oito filhos. Acredito que a season 2 foque em Anthony, o atual Visconde e chefe da família. Apesar do personagem ter sido bem chato ao longo dos 8 episódios, torço para que o desenvolvimento de sua história ajude a construir uma personalidade mais afável pra ele. Além dele há outros Bridgertons que ganham espaço até o momento, com destaque para o artístico e curioso Benedict (que aproveita os prazeres da vida nessa season), o jovem e gentil Colin (que, pelo que ouvi dizer, difere muito de sua contraparte literária) e a mordaz Eloise (uma garota inteligente que rejeita a ideia de ser limitada a um casamento). Indo além da família principal, temos os membros da família Featherington, com destaque para Penelope, que é uma grande amiga de Eloise e secretamente apaixonada por Colin. Sem esquecer, é claro, de Lady Whistledown, pseudônimo de uma mulher misteriosa que relata os maiores escândalos da sociedade londrina.

Eu nunca tive muita curiosidade de ler Os Bridgertons, mas fiquei muito satisfeita com o que vi na tela. Adorei que a Netflix tenha dado espaço a esse tipo de produção e também curti muito que a Shonda Rhimes tenha trazido diversidade para os personagens, tanto em forma quanto em cor e sexualidade (já que os romances de época costumam ser bem heteronormativos e eurocêntricos). Em suma, é uma ótima série de romance cujos episódios de quase 1h passam voando, de tão divertidos que são. Se você curte o estilo, dê o play sem medo! ❤

Título original: Bridgerton
Ano de lançamento: 2020
Direção: Chris Van Dusen, Shonda Rhimes
Elenco: Phoebe Dynevor, Regé-Jean Page, Nicola Coughlan, Jonathan Bailey, Julie Andrews, Claudia Jessie, Luke Newton, Ruby Barker, Ruth Gemmell, Adjoa Andoh

12 comentários sobre “Dica de Série: Bridgerton

  1. Oi, Pri. Como vai? Posso imaginar o quão prazeroso é para os fãs de romance de época assistir este seriado não é mesmo! O figurino está muito bonito. Eu leio muito pouco romance de época, e este seriado eu nem sabia que a Netflix está a exibí-lo, contudo é muito correto haver essa diversificação de produções cinematográficas de variados estilos, pois certamente agradará quem curte. Sua resenha ficou ótima, parabéns! Fiquei com enorme vontade de assistir o seriado, mesmo não sendo integrante do público alvo ao qual o seriado é destinado. Que bom que você gostou do que viu. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

  2. Oi!!

    No inicio fiquei meio relutante quando vi que mudaram bastante coisa, mas me rendi e engoli tudo em um dia. Amei demaaaais. Foi uma boa adaptação, né? E concordo, 1h de episódio passa voando quando se é Bridgertons hahha

  3. Oi Pri, tudo bem?

    No geral gostei bastante da adaptação. Tenho alguns ressalvas em especial sobre a revelação no último episódio. Acho que podiam ter segurado o segredo por mais uma temporada. Outro ponto é que senti que algumas personagens acabaram “perdendo” uma pouca a essência como o Collin, por exemplo.

    Até o quarto livro ele é o personagem mais carismático e divertido e na série ficou apagado e um tanto ingênuo. A Lady D também foi bem suavizada quando comparada a personagem maravilhosa do livro.

    Mas em sua achei que a Netflix e a Shonda fizeram um ótimo trabalho e já estou ansiosa pela segunda temporada.

    Beijos;*
    Ariane Gisele Reis | Blog My Dear Library.

  4. Oie Prih!
    Comigo foi ao contrário: eu li Julia Quinn mas ainda não li Lisa Kleypas kkkkkk peguei um romance dela esses dias justamente para conhecer a escrita da autora hehehhe

    O plot da Daphne com o SImon é mais interessante antes mesmo KKKK acho que de todos: esse “jogo do amor”, os olhares, o envolvimento é tão excitante!

    Maratonei com a minha mãe, é uma delicinha e enche os olhos assistir, além da ótima trilha sonora, né?

    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

  5. Oi, Priih! Tudo bom?
    Eu não assisti, eu DEVOREI essa série em um dia. Fazia muito tempo, meses, desde que eu sentava pra assistir alguma coisa e só parava pra uns descansos; mas comecei num dia e terminei nesse mesmo dia por motivos de FEELS AJKSFUOASBAGUO Surtei absurdamente com tudo e tô ansiosa esperando a temporada 2 pra ontem!

    Beijos, Nizz.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

  6. Olá, Priih.
    Eu amei Os Bridgertons na época que li, mas depois fui conhecendo outras autoras do gênero e comecei a ver os “defeitos” da escrita da Julia. Até por isso eu gostei bem mais da série do que livro. Claro que tem alguns personagens que deixaram a desejar como o Colin por exemplo, mas tem tantas outras coisas boas que deixaram a história ainda melhor.

    Prefácio

  7. Oi, Priih

    Eu fiquei muito satisfeita com o que foi entregue em tela. A essência está todinha lá, ainda que tenham feito algumas mudanças. O Colin da série, coitado, nem chega perto do que é o Colin no livro! hahahaah Estou maravilhada em ver a quantidade de pessoas que a série vem alcançando e tenho certeza que estamos perto de uma renovação oficial.

    Beijos
    – Tami
    https://www.meuepilogo.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s