Review: O Dilema das Redes

Oi pessoal, tudo bem?

Apesar de já ter estreado na Netflix há um tempinho, ainda acho que vale a pena falar sobre O Dilema das Redes. Vamos conhecer?

Sinopse: Especialistas em tecnologia e profissionais da área fazem um alerta: as redes sociais podem ter um impacto devastador sobre a democracia e a humanidade.

Intercalando entrevistas de pessoas responsáveis pelas redes sociais que conhecemos hoje e dramatizações de uma família comum que, assim como a gente, tem acesso ao mundo conectado, O Dilema das Redes revela muito do processo de captura de dados e do uso deles para nos impactar com anúncios mais precisos, conteúdos relacionados às nossas pesquisas, postagens que conversem com nossas crenças, entre outros. Os entrevistados no documentário são pessoas que ajudaram a construir esses algoritmos no Google, no Facebook, no Instagram e outras plataformas, portanto sabem bem quais são os objetivos dessas companhias com o uso de dados. Quem trabalha com marketing digital, como é o meu caso, sabe o quanto essas informações são relevantes para planejar publicidade segmentada. Nesse caso, talvez o choque com o que foi apresentado em O Dilema das Redes seja menor, mas ainda assim a produção da Netflix acende um alerta e nos relembra desse assunto – já que em meio ao dia a dia é fácil esquecer.

O mais perturbador foi pensar no “efeito bolha” que a gente fala tanto, mas não reflete sobre. O Dilema das Redes levanta o questionamento de que as redes sociais como funcionam hoje são uma ameaça à própria democracia: ao nos impactar cada vez mais com opiniões alinhadas às nossas, as redes nos deixam cada vez mais presos às nossas bolhas e o mundo adquire um caráter muito mais polarizado, já que grupos divergentes não dialogam. E nem precisamos pensar na realidade estadunidense pra vislumbrar esse risco: no Brasil também temos discursos polarizados que colocam as pessoas em caixinhas extremamente distantes.

O documentário também fala sobre a construção dificultada da autoestima e o quão abaladas as gerações que já nasceram conectadas podem ficar. Desde muito cedo os jovens são expostos a influencers perfeitos, filtros que modificam o rosto e ao anonimato da internet, estando suscetíveis a inseguranças e bullying. Conseguir racionalizar o uso do Instagram, por exemplo, é um desafio, já que é uma rede social que lucra com a venda de vidas perfeitas.

O Dilema das Redes tem alguns momentos meio sensacionalistas, mas a provocação num geral é válida e pertinente. Eu trabalho diretamente com conteúdo e redes sociais e dificilmente vou conseguir me afastar totalmente desse universo por conta disso, mas tenho tentado ser cada vez mais consciente no uso, tanto no que diz respeito ao tempo passado nas redes sociais quanto que tipo de conteúdo eu consumo nelas. Recomendo O Dilema das Redes pra todo mundo (profissional da comunicação/marketing ou não) que tenha interesse em entender mais sobre como esse universo de algoritmos, recomendações e anúncios funciona. Alguma reflexão o documentário vai te provocar.

Título original: The Social Dilemma
Ano de lançamento: 2020
Direção: Jeff Orlowski
Elenco: Tristan Harris, Jeff Seibert, Bailey Richardson, Joe Toscano, Sandy Parakilas, Guillaume Chaslot

10 comentários sobre “Review: O Dilema das Redes

  1. Ei, Pri, tudo jóia? Apesar de ter um conta ativa na Netflix, eu ainda não conhecia esse filme. E a temática dele é muito importante, hoje em dia muito se fala, mas pouco se estuda e adquire conhecimento para falar sobre certas coisas e como elas movem o mundo. Adorei a indicação!

    Books House

  2. Oi Priih! É um tema que nos leva a pensar sobre muitas coisas, o como as redes podem ser nocivas ou não. Sinto falta de quando algumas coisas eram mais simples, até ler certos livros/autores hoje causa polêmica.

  3. Oi, Priih. Tudo bem?
    Eu vi o lançamento de O Dilema das Redes e até alguns posts falando sobre os impactos, mas até agora não tinha encontrado realmente um motivo para assistir. Achei muito válido mostrar como estamos presos na caixinha e nada aberto aos diálogos, como novas gerações crescem presas nesse mundo e padrões. Realmente muito interessante e irei assistir.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

  4. Olá, Priih.
    Apesar de não trabalhar com isso acho que o conteúdo deve ser muito interessante. A própria Netflix só mostra séries e filmes parecidos com o que eu já assisti. Como vou ver outro tipo de conteúdo desse jeito? Tem série que vejo o povo falando e nem imaginava que existia. Esse filme mesmo é um exemplo disso porque se não vejo por aqui nem ia saber.

    Prefácio

  5. Olá Priih, tudo bem?
    Não sei se faz muito o meu estilo, por isso não assistirei. Mas não há como negar que esse tema é cada vez mais importante, visto o vício crescente nas redes sociais. Esses dias me assustei com a quantidade de horas que desperdicei no Instagram (entre 4-5 horas). Desde esse dia venho tentando diminuir o meu uso nas redes sociais e investir em outras atividades.
    Beijos,
    https://treesdedezembro.blogspot.com/

  6. Achei super interessante essa reflexão sobre viver numa bolha de opiniões, pois realmente, isso acaba nos fazendo crer que só o nosso conceito sobre determinados assuntos importa e está certo, nos privando de outros questionamentos.
    Gostei da sua resenha e opinião sobre o documentário por que ele está na minha lista na Netflix.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

  7. “Existem apenas duas indústrias que chamam seus clientes de usuários: a de drogas e a de software”. Essa fala me deu um pouco de náuseas. Fiquei nervosa tentando descobrir como eu sou em relação às redes sociais.

    Eu já vi de perto pessoas como a mocinha que sofre bullying virtual. É realmente preocupante.

    É assustador perceber como a manipulação do nosso comportamentos está deixando de ser sutil. A gota d’água foi o a última atualização do Instagram que deixou parecendo mais um e-commerce.

    Bela sem a Fera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s