O que fazer e onde comer em San Andrés

Oi pessoal, tudo bem?

Conforme o prometido, vim contar pra vocês quais os passeios bacanas eu fiz e recomendo para quem quer saber o que fazer em San Andrés, bem como os meus restaurantes favoritos (e as ciladas a evitar). O post com informações gerais sobre o destino vocês encontram aqui. 😉

O que fazer em San Andrés

1. Passeio ao redor da ilha

Uma das atividades clássicas em San Andrés é alugar uma mule ou uma moto (estilo scooter) e dar a volta à ilha pela estrada. Além da vista incrível que você tem do mar, a própria estrada é um “ponto turístico” e muita gente para no meio dela pra tirar foto. Apesar de parecer perigoso, não é. Passam poucos veículos por lá, então dá tempo de desviar ou sair do meio da rua. Além disso, a galera tá acostumada e às vezes você até encontra um brasileiro buzinando e acenando. Nesse passeio você pode parar em vários pontos, como West View, La Piscinita (onde não paramos, pois se não me engano estava fechada), a praia de San Luís, entre outros. Infelizmente encaramos algumas pancadas de chuva nesse dia, o que nos desanimou de ficar muito tempo em cada ponto, com exceção de West View, onde curtimos por mais de hora!

san andrés.png

Paradinha clássica durante a volta à ilha. 😀

2. West View

Esse é um dos passeios que normalmente são feitos durante a volta à ilha. Foi minha parte favorita do dia, por sinal. ❤ West View é tipo uma piscina natural cheeeia de peixes. Você paga 5.000 COP pra entrar e ganha uma porção de pão pra atrair os peixinhos. Lá você pode alugar colete salva-vidas por 10.000 COP, e foi o que eu fiz, já que não tenho segurança pra nadar e o mar é BEM fundo. Uma dica importante é levar o snorkel pra esse passeio, porque a riqueza da vida marinha é espetacular. São muitos peixes ao seu redor e, além disso, as cores do mar e a profundidade que você enxerga são coisas lindas de se ver. Em West View há também um trampolim e um tobogã de uso gratuito. O trampolim é bem alto e teve gente que machucou o ouvido, então só recomendo pra quem sabe nadar e está acostumado com esse tipo de atividade, em função da pressão que ocorre quando você cai na água. O tobogã é mais tranquilo, até eu encarei o desafio (e eu sou MUITO medrosa!). Porém, obviamente, fui de colete salva-vidas. Sendo bem sincera? Dói as costas e não achei tão legal assim, mas gostei de ter me desafiado. Pra mim, a melhor parte de West View foi ficar com a cabeça debaixo d’água, admirando toda a beleza e a vida marinha lá embaixo. ❤

west view san andrés

Fingindo tranquilidade na hora de descer o tobogã em West View. 😂

west view san andrés (2)

O que é um pontinho amarelo no oceano? A Priih boiando faceira em West View. 😂

3. Johnny Cay e Acuario (bônus: Manglares e Mantarrayas)

Apesar da possibilidade de fazer esses passeios separadamente, optamos por dividir o nosso dia entre eles. Johnny Cay é uma ilhota próxima de San Andrés, bem famosa pelas iguanas que moram lá. De um lado da ilha há a praia com areia branca e o mar caribenho, e do outro há uma barreira de corais que forma umas piscininhas. Há também muitas árvores, onde você pode estender uma canga e curtir a vibe. De lá, nosso barco nos levou para conhecer os Manglares (manguezais), local em que Anaconda foi filmado. Chegamos então a Acuario, que nada mais é que um banco de areia no meio do mar que forma piscinas naturais cristalinas e cheias de peixes. Por fim, o barco para em uma região para que as pessoas conheçam as Mantarrayas (arraias). Eu não gosto de atrações que utilizam os animais, portanto não curti o passeio nem toquei em nenhuma delas, mas muita gente gostou. Por mim, eu teria feito só Johnny Cay e Acuario mesmo. 😛

johnny cay san andrés

Essa é a parte “praia” de Johnny Cay, com esse marzão espetacular. 💙

Dicas:

– Em Johnny Cay é servido um almoço por cerca de 30.000 pesos. Ouvimos relatos tensos sobre a comida de lá, então levamos nossos próprios snacks: Pringles e Oreo. Achei bem mais negócio que comer algo caro e duvidoso.

– Acuario à tarde é BEM muvucada. Sinto que eu teria aproveitado muito mais o local se tivesse separado os passeios ou se tivesse ido a Acuario pela manhã. A impressão que tive do lugar – mesmo com a beleza natural inquestionável – não foi legal, parecia um Piscinão de Ramos. 😦 Se você tiver tempo, de repente vale separar os passeios ou inverter a ordem que fizemos, indo primeiro a Acuario.

– Nesse passeio também é imprescindível levar snorkel e sapatilhas. Em Johnny Cay há muitas pedras e em Acuario o legal é justamente ficar nadando e olhando os peixes.

4. Parasail

Nosso passeio favorito em San Andrés! ❤ O parasail é um pouco mais carinho (pagamos 150.000 por pessoa), mas vale cada centavo. Você parte da marina em um barco que te leva pro “meio” do mar, aí os instrutores prendem o paraquedas em você e, com o barco, te puxam pelo mar de sete cores. Meu namorado e eu fomos os primeiros a ir e o friozinho na barriga foi sensacional. Apesar do meu medo de altura, a sensação de ir subindo é incrível, isso sem mencionar o espetáculo que é ver o mar caribenho do alto. Foi uma emoção enorme, de verdade! O passeio dura cerca de 15 minutos e a galera do barco ainda te “derruba” no mar 1 ou 2 vezes (eles param o barco e o buraco no paraquedas faz você descer lentamente, só tempo suficiente pra bater a bunda na água, e em seguida te puxam de novo pra você subir ). Se tem um passeio que eu recomendo em San Andrés, é esse!

parasail san andrés

Parasail em San Andrés, aka “uma das melhores experiências da vida”. 😍

5. Praia de Spratt Bright

Por último, mas não menos importante, não poderia deixar de falar da praia principal da ilha, Spratt Bright. 😀 Ela tem areia branquinha, mar tranquilo de água daquele típico azul claro caribenho e coqueiros. A única coisa não tão legal de lá é que é mais muvucada, então dependendo do horário fica mais difícil encontrar um lugar bom pra estender a canga. Meu lugar favorito pra isso era bem na ponta, perto dos restaurantes, pois a concentração de coqueiros é maior e tem uma sombrinha boa. ❤ Outra praia que sei que dá pra curtir é a de San Luís, mas ficava do outro lado de onde estávamos hospedados, por isso acabamos nem indo.

spratt bright san andrés

Muito amor por esse mar tranquilo. 💙

spratt bright san andrés (2)

Mais uma porque esse mar merece, vai.

Onde comer em San Andrés

Também resolvi fazer uma listinha com todos os restaurantes que conhecemos, pra facilitar a vida de quem quiser visitar o destino também. Já adianto que nós preferimos não nos aventurar muito na gastronomia local, optando por pratos mais “seguros” (no sentido de ser algo que a gente conheça e esteja acostumado). Tomamos essa decisão porque meu estômago é bem sensível e qualquer mudança me faz passar mal, e eu definitivamente não queria passar a viagem toda errada da barriga rs. Só a mudança de ambiente e alimentação já mexeu um pouco com meu organismo, então acho que fiz a escolha certa em evitar comidas muito diferentonas (exceto em Providencia, mas é assunto para o próximo post).

La Regatta: acredito que seja o mais famoso (e caro) da ilha, sendo considerado quase um ponto turístico. O lugar é um charme, todo colorido, e realmente tem um menu e um atendimento diferenciados. Além disso, o restaurante fica na beira do mar e a vista é linda. Eles são especializados em frutos do mar, então se você curte esse tipo de gastronomia, vale a pena experimentar. Fica a dica: a limonada de coco deles é uma delícia!

Beer Station: meu lugar favorito em San Andrés, fomos mais de três vezes lá! ❤ É um pub que toca músicas de diversos estilos (como pop, rock, hard rock, reggaeton), tem uma decoração rústica e luz de velas nas mesas. O hambúrguer de lá não é tão bom, mas tem um picadão sensacional que alimenta e é barato (vem com onion rings, salsicha, chorizo, iscas de filé, iscas de frango e batata rústica). O mojito deles foi um dos meus favoritos da vida!

El Corral: é tipo um Burger King, bem gostoso. Pra economizar, quebra um super galho!

La Pizzeta: uma pizza um pouco mais cara, mas muito saborosa. Pedi a de camarão e me apaixonei, tanto que comemos lá duas vezes. Só não curti a limonada de coco, muito doce.

Bistrô 82: um verdadeiro achado! Quando terminamos a volta à ilha, por acaso vimos o Bistrô 82 e decidimos parar para comer. O lugar é pequeno, mas tem uma pizza muito boa, bem recheada e barata. Comemos super bem lá pagando pouco (bela combinação, né?).

Kikiriki: tipo um KFC colombiano (?). O lugar é especializado em frango frito, e tem vários combos com pedaços de frango, nuggets e afins. Nós preferimos não arriscar e pedimos um seguro hambúrguer de frango empanado. Era bem gostoso e baratinho.

Juan Valdez: cafeteria famosa por lá, mas que não me impressionou. Achei o café bem OK e as comidas também não tinham nada demais. A única coisa de que gostei foi uma torta de chocolate que pedi, mas de resto eu achei bem mediano. Não acho que valha o preço (ou a fama).

Paletas: no calçadão, bem em frente ao El Corral e ao Beer Station, tem um quiosque que vende paletas muito boas por 5.000 COPs cada. Recomendo!

Espero que as dicas ajudem quem também quiser visitar esse paraíso chamado San Andrés. ❤ E se vocês tiverem alguma dúvida específica, podem me perguntar nos comentários.

Beijos e até o próximo post!

Anúncios

15 comentários sobre “O que fazer e onde comer em San Andrés

  1. Oi Priih! Que lugar lindo este e que você foi. Suas dicas são um verdadeiro guia de viagens e as dicas de locais para fazer refeições boas e baratas, são com certeza muito úteis. Boa semana. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

  2. Eu teria medo de ir à West View, a beleza deve ser extraordinária, mas água em abundância e profundidade me deixam apavorada, a ponto até de eu ter uma crise de ansiedade. Prefiro terra firme, AHUSHAUHSUA. Mas, eu amei os passeios Johnny Cay e Acuario, ahh e também não gosto de entretenimento com animais.
    A praia de Spratt Bright parece ser a minha cara, mar bem calmo, quase uma piscina. Amo!
    Gostei das dicas Priih, tomara que um dia eu tbm possa turistar em San Andrés.

    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥
    Canal no Youtube >> Me ajude a chegar em 1K inscritos!

  3. Olá, Priih.
    Só de ver as fotos já dá vontade de ir correndo para lá hehe. Que lugares lindos. Fiquei aqui imaginando sentar assim no meio da estrada por aqui hehe. Ótima postagem.

    Prefácio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s