Dica de Série: Dark

Oi pessoal, tudo bem?

Hoje é véspera de Natal e “nois” tá como? Produzindo conteúdo pra pauta não atrasar, é claro! 😂 Vim contar pra vocês o que achei de Dark, a nova série da Netflix que foi apelidada por alguns como “a Stranger Things alemã”. Já adianto que apenas o plot inicial é parecido, porque a série tem sua própria personalidade e temas bem distintos. 😉

dark netflix poster.png

Sinopse: A história acompanha quatro diferentes famílias que vivem em uma pequena cidade alemã. Suas vidas pacatas são completamente atormentadas quando duas crianças desaparecem misteriosamente e os segredos obscuros das suas famílias começam a ser desvendados.

A série se passa também em 2019 e seu enredo é posto em movimento com o sumiço do jovem Mikkel Nielsen, uma criança que desaparece na floresta da pequena cidade de Winden. Ele não é o primeiro jovem a desaparecer em um curto espaço de tempo, o que intriga os moradores e a polícia local.

dark netflix 5.png

Dark é uma série de ficção científica que fala sobre buracos de minhoca e viagens no tempo, mas também (e talvez principalmente) sobre personagens. Existem quatro famílias que estão interligadas de diversas formas: os Kahnwald, os Nielsen, os Tiedemann e os Doppler. No centro da trama está Jonas Kahnwald, um jovem cujo pai se suicidou recentemente. Ele estava presente no dia em que Mikkel sumiu e passa a investigar os acontecimentos estranhos que acontecem em Winden – que se assemelham muito a fatos ocorridos 33 anos antes. Ulrich Nielsen, pai de Mikkel, é um policial que também resolve investigar a fundo o sumiço de seu filho, explorando a floresta e os túneis de Winden, que ficam próximos à usina nuclear da cidade (um local bem importante na trama). Além do desaparecimento de Mikkel, Ulrich tem outro trauma pessoal: em 1986, seu irmão sumiu em circunstâncias semelhantes. Quanto mais o personagem se aprofunda na investigação, mais o espectador fica confuso (e intrigado).

dark netflix 2.png

A fotografia e a trilha sonora da série são incríveis. O clima sombrio e chuvoso colabora para nos mostrar o estado de espírito da cidade e de seus moradores. Minha única pergunta é: POR QUE NINGUÉM USA GUARDA-CHUVA? Vão todos pegar friagem. Pronto, passou. 😛

dark netflix 4.png

Com três linhas temporais distintas, é muito importante prestar atenção nos nomes e nos rostos dos personagens (aqui tem uma colinha). Dark vai mostrando cada um deles pouco a pouco, até conectá-los de uma forma surpreendente. O episódio 5 é o melhor de todos, com um incrível plot twist realmente mindblowing.

dark netflix 3.png

Dark conclui sua primeira temporada com muitas pontas soltas, e foi isso que me decepcionou. Quando eu achava que a série resolveria suas questões em aberto (ou pelo menos parte delas), ela apresenta mais caminhos e possibilidades. Eu adorei o desenvolvimento da narrativa e a gradual construção de cada personagem, mas senti que que o final da temporada se perdeu. Contudo, é impossível assistir a essa série e ficar sem teorizar mil possibilidades com quem tenha assistido também. 😛 Vale conferir!

Título original: Dark
Ano de lançamento: 2017
Criadores: Baran bo Odar, Jantje Friese
Elenco: Louis Hofmann, Oliver Masucci, Daan Lennard Liebrenz, Karoline Eichhorn, Jördis Triebel, Andreas Pietschmann

28 comentários sobre “Dica de Série: Dark

  1. Oi Priih! A Netflix a cada dia tem trazido melhores séries. Adoro estas produções meio doidas que eles tem e não vejo a hora de conferir Dark. Eu imaginava algo bem diferente do que tenho lido nas resenhas e minha curiosidade só aumenta . Espero que as várias pontas soltas e o final não me incomodem. Feliz Natal!!! Bjos!!!!

  2. Olá, Priih.
    Eu até comecei a assistir essa série mas como não estava muito no clima, deixei para depois. Como você disse tem que prestar bastante atenção e eu não estava prestando muita no momento. mas quero assistir porque o enredo é muito interessante. Pena que ficou muita coisa em aberto. Tomara que respondam tudo na próxima.
    Feliz natal!

    Prefácio

  3. Tô vendo todo mundo falando bem dessa série e a curiosidade só aumenta! Eu assisti uns 5 minutos do primeiro episódio esses dias, mas achei que era um terrorzão e parei porque sou medrosa HAHA mesmo assim, vou tentar dar mais uma chance!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

  4. Oi Prih,
    Bom, se já desperta mil teorias já quero porque sou aloka da investigação.
    Mas, não vou assistir agora…tem umas na frente pedindo arrego pra serem colocadas em dia haha

    Feliz Natal atrasadinho e um próspero Ano Novo!
    Nana – Canto Cultzíneo

  5. Menina, eu comecei a assistir essa série e não terminei. Parei no ep 3 (não concluí). É que eu mudei de casa há duas semanas, tá uma loucura aqui de “desencaixota as coisas e arruma a casa”, rs…. Mas assim que acalmar tudo, vou continuar a assistir. Já tinham me falaram da importância de guardar quem é quem (adorei a colinha, obrigada) e tb me falaram do final aberto. Isso me deu uma desanimadinha, mas não desisti de acompanhar não. Está bom demais pra parar, hehe!!!

    Tenha um 2018 abençoado!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    Tenha um 2018 abençoado!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

  6. Eu tô amando as séries originais da Netflix! Ainda não assisti essa, mas já ouvi falar muito sobre, inclusive sobre o final. E já que Stranger Things foi a minha preferida, já fiquei aqui curiosa com a sua resenha pra assistir isso logo! A trama parece ser semelhante mesmo, mas com sua própria essência, o que a torna incrível. Fico meio decepcionada desde já sobre o final deixar questões abertas, mas pelo menos é um forte indício de que uma segunda temporada pode vir aí pra resolver todas essas coisas, né? Hahahaha

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

  7. Oie Pri =)

    Todo mundo está falando dessa série nos últimos tempos, inclusive hoje mesmo na hora do almoço era o assunto do momento aqui na empresa rs…

    Eu confesso que pelo pouco que soube, já sei que a série não é muito meu estilo. Mas para quem gosta é realmente uma ótima opção.

    Beijos e Feliz Ano Novo ;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library  

  8. Oi, Priih.
    Mais uma série pra lista.
    Tenho que me organizar pra ver essas séries cada vez melhores.
    Essa parece do tipo que eu gosto e espero que tenha continuidade porque infelizmente algumas são canceladas sem aviso prévio…
    Bela resenha.
    Abraço e feliz ano novo.

  9. Olá, Pri.
    Confesso a você que tinha criado expectativas gigantescas com relação à Dark. Fui fraca e desisti no terceiro episódio. Além de já terem me dito sobre as pontas soltas que perduram até o final da série, como você também disse, eu tenho problemas sérios com o que lida com espaço x tempo e quando os furos são muitos, me incomodam!
    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice?

  10. Pingback: O que eu achei do final de Dark | Infinitas Vidas

  11. Pingback: Assisti, mas não resenhei #6 | Infinitas Vidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s