Review: Assassinato no Expresso do Oriente

Oi pessoal, tudo certo?

Quem me acompanha há algum tempo deve saber que histórias policiais são algumas das minhas favoritas. Sou completamente apaixonada pelo estilo e, sempre que possível, confiro obras desse gênero. Dessa vez fui ao cinema assistir a Assassinato no Expresso do Oriente, que adapta uma das obras mais famosas da Rainha do Crime, Agatha Christie!

assassinato no expresso do oriente poster.png

Sinopse: O detetive Hercule Poirot (Kenneth Branagh) embarca de última hora no trem Expresso do Oriente, graças à amizade que possui com Bouc (Tom Bateman), que coordena a viagem. Já a bordo, ele conhece os demais passageiros e resiste à insistente aproximação de Edward Ratchett (Johnny Depp), que deseja contratá-lo para ser seu segurança particular. Na noite seguinte, Ratchett é morto em seu vagão. Com a viagem momentaneamente interrompida devido a uma nevasca que fez com que o trem descarrilhasse, Bouc convence Poirot para que use suas habilidades dedutivas de forma a desvendar o crime cometido.

O filme tem um início um pouco lento, o que me desagradou um pouco a priori. Hercule Poirot, um dos mais famosos e competentes detetives do mundo, está em Jerusalém e auxilia na resolução de um caso por lá. Por coincidência, acaba encontrando um velho amigo, Bouc, que é responsável pelo trem Expresso do Oriente (o trem que o detetive precisa tomar) e consegue um encaixe para Poirot em um dos vagões. Contudo, a viagem que tinha tudo para ser tranquila é interrompida por duas coisas: uma tempestade de neve e um assassinato. Bouc implora para que Poirot resolva o caso e, em nome da amizade com o rapaz e movido por seu senso de justiça, ele aceita.

assassinato no expresso do oriente 3.png

É aí que o filme ganha ritmo. Com enquadramentos diferenciados (com ângulos vistos de cima, por exemplo) e um ambiente um tanto quanto claustrofóbico (já que o lado de fora do trem é um ambiente inóspito cheio de neve), vamos acompanhando Poirot em sua investigação, em uma tentativa de juntar as peças para desvendar o assassinato do Sr. Ratchett, um comerciante de antiguidades desonesto. No total, são 12 passageiros investigados: cada um com seus segredos, seus álibis (ou falta deles) e histórias. Essa parte do filme é muito interessante, pois vamos conhecendo mais de cada personagem junto de Poirot. O longa conseguiu me enganar em relação ao assassino. Mas a melhor parte é a revelação final no fim do filme: pela primeira vez fiquei emocionada com a resolução de um crime. A cena é intensa e conecta todos os pontos do enredo de uma maneira muito convincente.

assassinato no expresso do oriente 4.png

As atuações merecem grande destaque! O Poirot de Kenneth Branagh (que é também o diretor do longa) é engraçado e tem traços caricatos, mas ele vai além: é também um homem muito sensível, com suas próprias cicatrizes do passado, e que se vê na posição de questionar tudo o que acredita. Agora, se teve alguém que mexeu comigo, foi Michelle Pfeiffer, a Sra. Hubbard. Ela entrega grande emoção quando necessário, mas também sabe utilizar a sensualidade e a dissimulação sempre que necessário.

assassinato no expresso do oriente.png

A trilha sonora é ótima, sendo capaz de criar tensão e emocionar. Os figurinos da década de 30 são maravilhosos e conseguem transmitir características importantes dos personagens. Por fim, os cenários enchem os olhos. As paisagens que vemos enquanto o trem se move são lindas, bem como a desolação causada pela neve. Mas o encanto mesmo está dentro do trem, em cada detalhe que o compõe.

assassinato no expresso do oriente 2.png

Eu adorei Assassinato do Expresso do Oriente! Se eu já estava empolgada com Agatha Christie após ler E Não Sobrou Nenhum, agora tenho ainda mais vontade de conferir mais obras da autora. Recomendo muito!

Agora vou comentar duas coisas que não curti muito (são spoilers, leia por sua conta e risco, hein?): 1) em que momento o Poirot sacou que o Ratchett era o Cassetti? Juro que não saquei quando isso aconteceu; 2) Por que raios o Cassetti matou a Daisy? Ele tinha algum “motivo” ou simplesmente decidiu invadir uma casa, sequestrar e matar uma garotinha inocente? Se fosse o segundo caso, gostaria que tivessem desenvolvido isso, mostrado que o personagem é um psicopata ou algo do tipo. Se ele tivesse alguma razão (vingança ou qualquer coisa assim), gostaria que tivesse sido mostrado. Achei o crime do Cassetti muito arbitrário.

Título original: Murder on the Orient Express
Ano de lançamento: 2017
Direção: Kenneth Branagh
Elenco: Kenneth Branagh, Michelle Pfeiffer, Josh Gad, Derek Jacobi, Penélope Cruz, Daisy Ridley, Leslie Odom Jr., Tom Bateman, Johnny Depp

Anúncios

38 comentários sobre “Review: Assassinato no Expresso do Oriente

  1. Guria, faz tempo que eu quero MUITO ler algo da Agatha, mas nunca soube por onde começar. Tua resenha sobre o filme me deixou muuuuito curiosa real, então né, agora já sei pra qual obra dar uma chance e depois vejo o filme!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

  2. Oi Pri! Tudo bem?
    Estou louca para ver esse filme, porém quero ler novamente o livro primeiro. Como já faz muito tempo que li, não me lembro de quase nada, acho que deletei da minha cabeça a história rsrsrs… Mas é bom saber que o filme foi te agradou! Acredito que irei gostar também!

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

  3. Oláá! Priih! Tudo bem?
    Também assisti recentemente esse filme e tive as mesmas opiniões que você!! achei o início meio lento, mas depois engatou com essas atuações maravilhosas do elenco! e fiquei emocionada no final também, achei muito interessante o plot twist né. e pergunto-me as mesmas coisas que vocÊ falou no final… não entendi essa dele sacar tão tranquilamente.. e coitada da daisy! mas tem gente que é cruel assim mesmo né ”/
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

  4. Oi Priih! Eu amei! Eu li praticamente todos os livros da autora, muito antes de ter blog, e sempre sonhei em ver no cinema a adaptação de um deles e este sempre foi um dos meus favoritos. Eu sonho em viajar neste trem. Ficou excelente. Bjos!!!

  5. Oi, tudo bem?
    Adoro uma boa história policial cheia de mistérios, tenho muita vontade de ler o livro, mas ainda não tive oportunidade. A fotografia do filme parece estar maravilhosa, assim como o figurino, quero assistir logo!

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris – http://www.plasticodelic.com

  6. Olá, Priih.
    Esse livro é o meu favorito de toda a vida. Por isso estou meio com medo de assistir. Até porque esse ator ai não tem nada parecido fisicamente com o Poirot dos livros. Só o bigode hehe. Quanto as suas dúvidas, no livro ele mata a garota por causa do dinheiro e o Poirot descobre a identidade dele em um pedaço de papel que estava quase queimado na cabine dele. Não sei como está no filme hehe.

    Prefácio

  7. Hello! Tudo bom?
    Esse foi um dos primeiros livros que li na minha vida, e confesso que tô doida pra assistir ao filme, mas que ainda não tive tempo. Adorei a resenha.
    Obrigada por comentar no meu blog.
    Volte sempre ;*

    Bjo,
    miiistoquente~

  8. Oi, Priih

    Que bom que acabou sendo um bom filme apesar do início lento.
    Eu achei o livro muito ruim, mas até cogitei assistir a adaptação. Só que mudei de ideia e vou esperar chegar na TV fechada, não vou gastar dinheiro pra passar raiva igual passei com o livro! Hahahaha

    Sobre o final de O Casal Que Mora ao Lado, não curti o final pq ele é medíocre sim. Faz sentido, é plausível, mas comparado ao desenvolvimento do livro ficou uma coisa bem destoante. Só que curti o todo. 😉

    Beijos
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

  9. Oi, Priih.
    Eu tava muito curioso pra ver esse filme no cinema, mas aqui já saiu de cartaz.
    Agora tenho que esperar um pouco pra ver.
    É baseado num clássico da literatura que infelizmente nunca li.
    Aparentemente o filme foi fiel ao livro, mas pode ter alguns detalhes que não ficaram tão bem explicados.
    Bela resenha.

  10. Pingback: Resenha: A Mulher Na Cabine 10 – Ruth Ware | Infinitas Vidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s