Dica de Série dupla: Luke Cage e Punho de Ferro

Oi gente! Tudo bem com vocês?

Pra finalizar as séries de super-heróis da Netflix e da Marvel, hoje eu trago pra vocês minha opinião sobre Luke Cage e Punho de Ferro! 🙂

Resolvi fazer essa Dica de Série dupla por três fatores: 1) acho que combina falar deles juntos, já que eles formam uma bela amizade nas HQs; 2) fiquei pilhadíssima com o trailer de Os Defensores, que saiu há algum tempo e 3) essas foram as duas séries da parceria Netflix e Marvel de que menos gostei. Vamos aos reviews?

luke cage poster.png

Sinopse: Depois que um experimento sabotado ter deixado Luke Cage com uma super-força e pele indestrutível, ele se torna um fugitivo que tenta reconstruir a vida no Harlem, bairro de Nova York. Mas logo ele é forçado a sair das sombras e lutar pela sua cidade, bem como confrontar o passado do qual tentou fugir e assumir a identidade de herói.

A história de Luke Cage pode ter começado em Jessica Jones, mas na sua série solo ela ganha mais profundidade e conhecemos mais do passado do herói. A série começa com Luke trabalhando na Barbearia do Pop, localizada no Harlem – um bairro majoritariamente negro. Lá, a violência fica cada vez mais expressiva, principalmente pela ação dos primos Cornell “Boca de Algodão” Stokes (dono da boate mais popular do local, onde ocorrem diversas atividades criminosas) e Mariah Dillard (vereadora que usa sua influência para ajudar Cornell). Luke mantém suas habilidades especiais – ele é super forte e sua pele é à prova de balas, extremamente resistente – em segredo, e apenas Pop sabe a verdade. Quando o dono da barbearia é assassinado, Luke toma para si a responsabilidade de acabar com Boca de Algodão e Mariah Dillard, ao mesmo tempo em que desvenda segredos sobre seu próprio passado.

luke cage.png

Luke Cage tem um enredo consistente, apesar de desandar no final – algo que senti também em Jessica Jones. Existem muitos vilões, o que acaba dividindo a atenção do espectador e enfraquecendo todos eles, em especial o último, que deveria ser também o principal e mais ameaçador. Luke não é um protagonista muito carismático, mas felizmente a enfermeira mais badass de Nova York, Claire Temple, supre essa demanda, já que ela ganha bastante destaque nessa série. Outra personagem feminina super forte que merece destaque é a policial Misty Knight: honesta, determinada e corajosa, ela defende o Harlem com unhas e dentes. Luke Cage também é uma série importante por trazer muita negritude e representatividade, já que o Harlem é um bairro predominantemente negro: da trilha sonora aos costumes locais, a série acerta em cheio ao abordar esses aspectos, que normalmente são deixados de lado em outras produções televisivas.

luke cage 2.png

Em suma, Luke Cage é uma boa série, mas cujo protagonista não encanta. Tem uma história coerente e interessante, mas não a ponto de querer me fazer maratonar. Assisti mais por querer acompanhar os quatro heróis que farão parte de Os Defensores, confesso, mas não me arrependi de dedicar algumas horas à série. 🙂

Título original:  Marvel’s Luke Cage
Ano de lançamento: 2016
Criador: Cheo Hodari Coker
Elenco: Mike Colter, Mahershala Ali, Simone Missick, Alfre Woodard, Theo Rossi, Rosario Dawson, Erik LaRay Harvey

punho de ferro poster.png

Sinopse: Daniel Rand (Finn Jones) é um bilionário, herdeiro da fortuna das Indústrias Rand. Por 15 anos, todos acreditaram que ele estava morto, após um acidente de avião no Himalaia que vitimou seus pais, Wendell e Heather Rand. Mas Danny foi salvo e viveu todo esse tempo na cidade mística de K’un-Lun, uma das Sete Capitais do Céu. Lá, Danny aprendeu a canalizar o seu chi e se tornou o Punho de Ferro. De volta a Nova York, ele vai tentar retomar seu posto na empresa, agora sob o comando de seus amigos de infância Joy (Jessica Stroup) e Ward Meachum (Tom Pelphrey). Mas ele precisa convencer a todos que é realmente quem diz ser e combater o Tentáculo, com a ajuda de Colleen Wing (Jessica Henwick).

Em Punho de Ferro, acompanhamos a história de Danny Rand, que volta a Nova York depois de anos treinando em um monastério localizado em outro plano astral. Quando criança, ele e os pais sofreram um acidente de avião, e Danny foi o único sobrevivente. Salvo por monges de K’un-Lun (esse local sagrado em outro plano), Danny foi treinado nas artes do kung fu e conseguiu o título de Punho de Ferro – o herói responsável por proteger K’un-Lun do Tentáculo (que deu as caras pela primeira vez em Demolidor). Danny volta à Nova York para retomar sua antiga vida como herdeiro da empresa que leva seu nome, ao mesmo tempo em que pretende acabar com o Tentáculo. Nesse processo, ele torna-se aliado da instrutora de artes marciais Colleen Wing e entra em conflito com os atuais gestores das Indústrias Rand: Ward e Joy Meachum, seus amigos de infância e filhos do antigo sócio do pai de Danny.

punho de ferro.png

Serei direta: Punho de Ferro é a pior das quatro séries oriundas da parceria Marvel e Netflix. Finn Jones interpreta um Danny Rand inconsistente, que ora é um monge tranquilo e comedido, ora perde as estribeiras com qualquer situação de conflito. As cenas de luta são vergonhosas, principalmente quando consideramos que o Punho de Ferro é o personagem que mais deveria ter maestria em combates corpo a corpo. A história tenta colocar plot-twists a todo momento, inclusive da metade para o final, quando os personagens já deveriam ter sido bem estabelecidos (como ocorre, por exemplo, com a inserção de Bakuto, mais um dos vilões). Isso tira a força dos plot-twists, que acabam soando mais como tentativas desesperadas de tentar fazer o enredo engrenar. Falando ainda em vilões, Punho de Ferro repete o erro de Luke Cage, mas de modo ainda mais falho: a série tem diversos antagonistas, sendo que um dos maiores já é revelado de cara, não sobrando nenhuma surpresa para o espectador. O único personagem novo que é interessante na série é Ward Meachum – ele é o mais próximo do cinza que temos em Punho de Ferro, tendo suas forças e fraquezas trabalhadas e seu psicológico desenvolvido. Já Claire Temple, como sempre, rouba a cena, sendo a visão do público em meio às loucuras que presencia, sempre com comentários ácidos e engraçados e uma visão mais racional das coisas.

punho de ferro 2.png

Punho de Ferro parece ter sido feito às pressas e sem orçamento, mas eu tenho que admitir: o ritmo dos episódios é bom, e dá vontade de assistir um após o outro porque o enredo não chega a ser cansativo (apesar dos diversos momentos nonsense). Espero que o personagem Danny Rand/Punho de Ferro seja melhor desenvolvido em Os Defensores, porque é uma pena ver a qualidade das séries Marvel/Netflix decair. Pra quem pretende acompanhar todas as séries dessa parceria, não há como fugir de conferir Punho de Ferro. Mas meu conselho é que você assista sem muitas expectativas.

Título original:  Marvel’s Iron Fist
Ano de lançamento: 2017
Criador: Scott Buck
Elenco: Finn Jones, Jessica Henwick, Tom Pelphrey, Jessica Stroup, David Wenham, Rosario Dawson

Anúncios

29 comentários sobre “Dica de Série dupla: Luke Cage e Punho de Ferro

  1. Adorei as reviews! Eu não assisti nenhuma das duas. Punho do ferro eu nunca senti a mínima vontade de ver e, pelo que tu disse, é ruinzinha mesmo HAHA. Já Luke Cage eu até quero ver, mas pelo pouco que conheci do Luke em Jessica Jones, já deu pra perceber que ele realmente não tem tanto carisma :/ mesmo assim pretendo assistir as duas pra poder acompanhar Os Defensores direitinho haha.
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

  2. Oie Pri =)

    Então … eu fui daquelas que não curtiu muito Jessica Jones e confesso que não gostei tanto da segunda temporada de O Demolidor como gostei da primeira. Ai meio que desanimei de assistir as outras séries, até por que li criticas bem negativas =(

    Vou tentar mais para frente, mas até agora nem a segunda temporada de Sense8 eu consegui ver. Correria total kkkk

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

  3. Oi Priih, sua linda, tudo bem?
    Que pena, tinha ouvido comentários sobre a série Punho de Ferro e realmente esperava que ela fosse boa. Mas como você mesma disse tomara que desenvolvam melhor em Os Defensores. Confesso que a série Jessica Jones e Luke Cage eu ainda não conhecia, quando tenho tempo acompanho mais séries investigativas e médicas. Mas ainda quero conferir. Achei ótima sua crítica, sempre muito sincera. Que venha agora Os Defensores!!!! Risos…
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

  4. Não acompanho esse universo dos super-heróis Priih, então acabo ficando bem por fora desses séries…. Mas, pelo visto, essas duas não estão valendo muito à pena mesmo, né? Um beijo!

  5. Olá, Priih.
    Como não conhecia as HQs, conheci os personagens pela série. E acabei gostando bastante do que assisti. Demolidor é minha favorita, mas essas duas eu gostei bastante também. A que menos gostei foi a Jéssica Jones. Como não conhecia os personagens, não identifiquei essas falhas que você citou hehe.

    Prefácio

  6. Oláá! Tudo bem?
    Preparei uma resenha de Punho de Ferro para a próxima semana, que coincidência! E posso dizer que tivemos praticamente a mesma opinião! eu assisti todo, com certa curiosidade – talvez movida pela esperança da série melhorar, mas também porque queria saber o que ia acontecer mesmo. Mas achei meio mal feita mesmo, parece que foi corrida. Não gostei do Danny, achei muito imaturo e totalmente o oposto do que se imaginaria alguém que viveu anos com monges, aprendendo a lutar direito.. não é o que vemos, né? sem falar na falta de empatia da maioria dos personagens.. realmente, o melhor que tínhamos ali era o ward mesmo. e a claire.. adoro ela!! fiquei é feliz de ver que você falou que ela tem mais destaque em luke cage – provavemente será a próxima que eu vou ver. mas já não vou esperando muuita coisa não.. haha
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

  7. Oiii, tudo bem?
    Eu não consigo acompanhar tanta série hahahhaha
    Queria ver mais, mas não consigo 😦 E essas eu bem que gostaria de ver, pois adoro a Marvel. Mas acabo deixando ela pro cinema mesmo e na netflix vejo outras coisas :3 E acho que não estou de toda errada hahah Mas ainda com as críticas fiquei com vontade de ver. Pra ver se ia achar o mesmo sabe? E a Netflix tá sempre me indicando Punho de Ferro na página inicial 🙂 Quem sabe me arrisco?
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

  8. Oie Prih! O post tá maravilhoso e totalmente descreve os meus pensamentos sobre as duas séries. Fui com expectativa muito alta para as duas, principalmente pelo fato de ter amado Daredevil e Jessica Jones. Luke Cage eu vi rápido, porque na realidade queria que acabasse logo, há poucos episódios que eu tive a sensação de “WOW AGORA SIM”!! Já Iron Fist foi uma decepção total, achei a atuação razoável, mas as oscilações do personagem de monge para descontrolado me irritaram, e as cenas de luta me fizeram rir, cheguei até me perguntar o quê que aconteceu com os produtores. O ponto alto da série pra mim foi a Colleen, a Claire (always) e o Ward, que achei a atuação maravilhosa e o personagem roubava totalmente a cena quando aparecia.

    Estou aguardando Os Defensores sem expectativa, e espero que me supreendam e façam um trabalho melhor do que essas duas series juntas.

    PS: ainda estou indignada com as cenas de luta em Punho de Ferro, as vezes imaginava que eu estava assistindo alguma série de super herói da CW, Arrow ou Flash, porque MEU DEUS.

    http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/
    xoxo

  9. Oi Priih, tudo bem?
    Única série da Marvel em parceria com a Netflix que eu assisti foi Demolidor e acabou sendo uma decepção pra mim, daí eu desanimei de assistir as outras, mas quem sabe um dia que não tiver fazendo nada eu dou uma chance, né?
    Pra falar a verdade não vi ninguém elogiando Punho de Ferro, mas fico aliviada em saber que os episódios não são cansativos, pra mim esse foi o maior defeito de Demolidor!
    Adorei o post!

    Obrigada pelo carinho! Um super beijo! :*

  10. Olá Priih,
    Ainda estou vendo o Iron Fist, tenho q terminar logo pq os Defensores estão para estrear né?!
    Ainda não vi o Luke Cage e deixei ele para ver por último pq já não gostei do personagem na série da Jessica Jones, então empurrei por último mesmo… Mas sei que não vou ter escapatória, vou ter q ver…
    Eu acho que o Iron Fist não é a melhor série, mas também não é a pior. Tenho muitas ressalvas sobre o enredo do Demolidor e não sobre a atuação ou a qualidade da série. Acho q delas eu gostei mais da Jessica mesmo.
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

  11. Luke Cage achei sensacional. Punhos de Ferro realmente deixou a desejar. Achei que só no trailer de Defensores ele usou mais o punho do que na série dele toda hahaa.
    Ótimo post!
    Blog Vale a Pena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s