Parceria e entrevista: Nina Spim

Oi pessoal, como estão?

Tenho uma novidade super bacana pra compartilhar com vocês: a autora Nina Spim agora é parceira do blog! Que belo modo de começar 2017, hein? ❤
E, pra iniciarmos essa parceria com o pé direito, eu trouxe pra vocês uma entrevista com a Nina e também mais informações sobre os contos dela! Espero que gostem. 😉

Sobre a autora

Nina Spim é uma escritora sonhadora dotada de blue feelings e acadêmica do curso de Jornalismo na PUC-RS. Autora dos contos “Heart and Love” e “Coisas, definitivamente, de Amélia”, das Antologias Amor nas Entrelinhas e Aquarela, respectivamente, pela Andross Editora. Autora dos contos “Caleidoscópio”, “Imersão” e “Sutilmente”, publicados na Amazon, e do conto “Roda-gigante”, publicado online na revista Fluxo. “No Silêncio de um retrato” (Antologia Ridículas Cartas de Amor, 2015), “Entre as cinzas e o fogo” (Antologia Valquírias, 2017) e poemas (Antologia Ondas Poéticas, 2016) foram publicados pela Darda Editora. Colaboradora nos sites CONTI outra, Revista Pólen e HEADCANONS.

Sobre as obras

A Nina tem três contos publicados: Sutilmente, Imersão e Caleidoscópio. Vamos conhecer um pouquinho sobre cada um deles?

contos nina spim.png

Sutilmente: Este conto se encaixa na categoria de literatura LGBT. Por duas vezes, já esteve entre os 100 e-books gratuitos mais vendidos da plataforma e constantemente aparece no ranking geral. Sinopse: A escola pode ser um ambiente hostil para se fazer amizades e, ainda mais, para se apaixonar pela primeira vez. No entanto, é justamente na sala de aula que Giovana conhece a nuance e a cor do amor. Laura poderia ser a típica aluna nova amedrontada, mas seu mundo particular, cheio de certezas escondidas, nunca mais será o mesmo depois de conhecer a libertação que o novo provoca. Compre aqui!

Imersão:  Escrito para o Prêmio Kindle de Literatura em 2015, o conto trata da depressão. Sinopse: Os dias difíceis parecem normais para todos, certo? Mas, no caso de Lou, um dia difícil é muito mais do que isso. É uma luta constante contra si mesma e seus demônios invisíveis. Caio, seu marido, a aceita como é e muitas vezes precisa ser firme. O que é a depressão para você? Até quando você poderia vê-la desgastando a pessoa que mais ama? Compre aqui!

Caleidoscópio: Também escrito para o Prêmio Kindle de Literatura em 2015, o conto traz representação a pessoas com deficiência visual. Sinopse: Conhecer o infinito nunca foi tão fácil para Júlia, até que Daniel a fez sentir que a beleza não precisa ser enxergada para ser contemplada na infinitude de quem eram. Compre aqui! 

E, pra finalizar esse post especial, confiram a entrevista! 😉

nina spim.png

1. Como e quando você decidiu ser escritora?

Eu escrevo desde criança, mas achava que era um passatempo. No ensino médio, uma professora de Português me mostrou que eu tinha potencial para a escrita, mas foi somente aos 18 anos que tive coragem de publicar fanfics como forma de saber se estava mesmo no caminho certo. Eu não acho que decidi ser escritora, eu sempre fui – apenas demorei bastante tempo para me declarar assim.

2. Quais autores foram as suas maiores inspirações no mundo literário?

No começo, foi a Meg Cabot, pois gostava de histórias como as dela. Hoje em dia, me identifico bem mais com a Virginia Woolf, Jennifer Niven, Cecília Meireles e Caio Fernando Abreu.

3. Como foi o processo de desenvolvimento de seus contos? Quais foram as partes mais bacanas e as mais difíceis ao longo desse processo?

Cada um tem um propósito diferente, então, o desenvolvimento também foi diferente. O que houve em comum com eles é que foram histórias que demorei para encontrar e que, quando nasceram, foram grandes orgulhos – e continuam sendo. Eu busco dar voz a grupos invisibilizados ou incompreendidos e essa foi a parte boa, saber que estava fazendo de coração, porque acredito na igualdade e na empatia. A parte difícil foi entender as limitações desses grupos e conseguir passar credibilidade às histórias.

4. Você teria alguma dica para quem também deseja publicar seu próprio livro?

Escreva sem amarras, sem estipular metas loucas. Mas, após terminar o rascunho (a primeira versão de algo), invista muito tempo na revisão. Também digo para não se prender a publicações físicas. Existem muitas e muitas formas de publicações hoje em dia e maneiras alternativas/independentes podem ser muito mais vantajosas do que as tradicionais/físicas.

5. Fique à vontade para deixar um recado aos leitores do Infinitas Vidas!

Oi, gente! Espero que a literatura sempre inspire vocês a buscar sonhos e a transformar aquilo que são e aquilo que desejam às pessoas ao redor.

Espero que tenham gostado da novidade tanto quanto eu!
Obrigada mais uma vez pela confiança, Nina! ❤
E aguardem, pois em breve teremos mais novidades aqui no blog. 😉

Beijos e até semana que vem!

Anúncios

26 comentários sobre “Parceria e entrevista: Nina Spim

  1. Oi. Que ideia bacana de fazer a entrevista com os novos autores parceiros, acho que além de ajudar a divulgar, ainda dá pra conhece melhor. Não conhecia os livros da autora e nem ela, mas fiquei bastante interessada pelas premissas da obra.
    Todo sucesso do mundo a autora e que venham mais parcerias para o blog!
    Beijo, Leitora Encantada

  2. Oi Priih, tudo bem?

    Parabéns pela parceria, que ela possa ser de muito sucesso para ambas as partes!
    Não conhecia o trabalho da autora, mas fiquei bem curiosa para saber um pouco mais. O conto que maia chamou a minha atenção foi Imersão, justamente por se tratar da depressão, que para mim é o mau do século. Também adorei saber quem foi a inspiração dela e quem ela curte atualmente. Ótimo post!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

  3. Oi Priih!
    Parabéns pela parceria! Não conhecia a autora, lendo a sinopse dos seus contos achei muito interessante o que ela tem a oferecer, e parece ser uma ótima pessoa também pela entrevista!
    Sucesso!

    Obrigada pelo carinho, beijos! :*

  4. Oi, Priih.
    Começando um ano com uma parceria é um bom sinal.
    Gostei da autora, ela parece gostar de temas mais sensíveis e são muito importantes e delicados de serem abordados.
    Espero que a parceria renda os frutos esperados e até inesperados.
    Abraço.

  5. Oi Priiiih ❤
    tudo bomm?
    Olha que menina chique cheia das entrevista E uma parceira nova, parabbéns!!!
    Adorei a capa de Imersão? Lindissima
    Caleidoscópio me parece lindo também…
    Obrigadaaa, nao via a hora de acabar e agora que acabou nem parece que caiu a ficha HEHEHE
    Ainda hoje sou mais Meg Cabot mas tenho Jojo, Marian, Jr Ward e muitas outras como Sam Holtz no hall de autores HEHEHE
    Vou tentar seguir as dicas e nao bancar a loka das palavras.. Fiz um conto e to prentendendo terminar um livro
    quem sabe?
    Adorei a entrevsta com a autora ❤
    essas capas duras né? sao lindas demais HAHAHA
    aaaaaah que felicidade **-*
    nao ganhei livro mas eu vou comprar algum pra mim ne? de presente HEHEHEHE
    beijocas queridona e feliz ano novo!
    Pâm – http://www.interruptedreamer.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s