Resenha: Eleanor & Park – Rainbow Rowell

Oi, meu povo! Como estão?

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer por todos os comentários carinhosos e parabenizações pelo meu aniversário no post passado! Vocês são demais! ❤

Agora, em relação ao post de hoje… Lembram que eu comentei na resenha de Anexos que eu estava lendo Eleanor & Park? Pois bem, terminei a leitura e hoje trago minha opinião pra vocês! 😀

eleanor-park-rainbow-rowell

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Fiquei muito feliz de ter dado uma segunda chance a Rainbow Rowell, mesmo não gostando muito de Anexos. Confesso que Eleanor & Park nunca me chamou muito a atenção quando eu o via na blogosfera, mas ganhei o livro de presente e foi a oportunidade perfeita para que a obra rompesse com tudo que eu pensava a respeito dela (e da autora).

Em Eleanor & Park conhecemos dois jovens de 16 anos: Eleanor, uma garota ruiva, com baixíssima autoestima (ela vive se chamando de gorda, de imensa, entre outros adjetivos pouco amigáveis), mas super inteligente e dona de um ótimo humor ácido; e Park, um garoto asiático, geek, que se veste sempre de preto e que, apesar de não ser nem um pouco popular, pelo menos consegue se manter longe de problemas. Eleanor é uma aluna nova na escola de Park e sofre bullying desde o primeiro dia, mas uma pequena atitude muda tudo: ela senta ao lado de Park no ônibus escolar. Apesar da agressividade do garoto com ela nos primeiros dias, conforme Eleanor começa a espiar as HQs que Park lê, ele repara que a garota está lendo também e passa a virar as páginas mais devagar, a emprestar algumas revistas a ela sem dizer nada e, quando nos damos conta, eles se tornam amigos. E essa amizade floresce em um primeiro amor da adolescência cheio de descobertas e borboletas no estômago, com muitas referências nerds e rock n’ roll.

O enredo parece clichê, não parece? O casal esquisito que encontra conforto um no outro, o primeiro romance, as primeiras experiências… mas Eleanor & Park é muito mais do que isso. O livro traz temas muito importantes, como bullying, abuso e violência doméstica. Narrado em terceira pessoa, com perspectiva ora de Eleanor, ora de Park, o livro nos dá um panorama muito maior do que realmente acontece com os personagens, mostrando não apenas quando eles estão juntos, mas também seus problemas e inseguranças em casa. Particularmente, adoro narrativas assim. Gosto muito de conhecer os dois lados da moeda e me aprofundar em cada personagem. Acredito que isso dê muito mais emoção e crie uma conexão muito maior com eles. É o que ocorre em Eleanor & Park: eu senti seus medos, suas dúvidas e, principalmente, sofri com eles. Especialmente com Eleanor.

Eleanor é uma personagem muito bem construída. Ela tem qualidades incríveis, mas também falhas. Só que é possível compreender porque ela age da maneira que age, porque ela tem uma postura tão “defensiva” em relação a Park por mais que, por dentro, ela esteja explodindo de tanto amor. Como dizem por aí, nós não somos capazes de dar algo que não recebemos, não é mesmo? E Eleanor não recebe amor, nem carinho, nem cuidado. Então, para ela, é difícil retribuir. Park, por outro lado, vive em uma família bem estruturada. Apesar dos problemas com o pai – situação pela qual muitos de nós passamos, aquela fase em que sentimentos que nossos pais nunca nos entendem –, ele tem uma família com a qual pode contar. E isso faz TODA a diferença na forma com a qual ele expressa seus sentimentos. Ele é um amor, é impossível não se apaixonar por ele!Mas quem realmente roubou a cena, pra mim, foi Eleanor. Foi muito difícil pra mim ler as partes referentes a ela, porque eu senti muita coisa: pena, dor, angústia, revolta e raiva. Senti vontade de chacoalhar a mãe dela inúmeras vezes, mas ao mesmo tempo eu tentava lembrar de que muitas mulheres não conseguem sair de situações de abuso por medo. Ainda assim, foi difícil controlar a minha raiva e revolta em relação a ela.

Enfim, Eleanor & Park foi uma leitura excelente. Eu diria até que foi a segunda melhor do ano, atrás apenas de Como Eu Era Antes de Você. É um livro que toca em temas sensíveis e tem momentos pesados, mas com uma narrativa tranquila, o que equilibra o tom do livro. Rainbow Rowell trouxe uma obra romântica, nostálgica (afinal, quem nunca sentiu borboletas no estômago ao se apaixonar?) e delicada, que realmente mexe com as emoções do leitor. Recomendo muito!

Título Original: Eleanor & Park
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Número de páginas: 328

Anúncios

28 comentários sobre “Resenha: Eleanor & Park – Rainbow Rowell

  1. Olá, Priih.
    Eu estou igual você estava, vejo o livro e não tenho vontade de comprar. Se ganhar lerei. Mas que bom que gostou tanto do livro a ponto dele ser considerado o segundo melhor do ano. As vezes lemos um livro de algum autor e não gostamos e quando lemos outro acabamos amando.

    Blog Prefácio

  2. Oiii Prih

    Fico feliz de saber que vc curtiu o livro. De Eleanor e Park ja escutei todo o tipo de opiniões, acho que é normal quando um livro é tao popular. Não descarto ler esse futuramente, ele é um eterno pendente da minha listinha.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

  3. Oi Priih!
    Eu já li o livro Fangirl da autora e detestei, por isso tenho muito medo de ler outros livros dela. Mas Eleanor & Park sempre tive muita vontade de ler. Vou tentar dar uma chance.
    É uma pena que não tenha gostado de Anexos. Acho que vou fazer como você e dar uma segunda chance a autora!
    Beijos!!

  4. Oi, Priih.
    Pela sua resenha já deu pra ver que é um livro bem interessante.
    Apesar de parecer inicialmente clichê, ele foge do lugar comum e trata de temas mais complicados e com doses mais dramáticas.
    O tema bullying, em livros de pares românticos adolescentes, deveria ser mais abordado, mas não é o que se vê por aí.
    Abraços.

  5. Oi Priih, eu não li o livro, mas li muitas resenhas sobre ele. E uma coisa que todo mundo diz é justamente isso, que você acaba sentindo uma empatia enorme pelos personagens. Me parece ser uma leitura muito simpática!

  6. Oi Priih!
    Eu já li milhares de resenhas positivas sobre esse livro e acabei ficando curiosa sobre ele (a principio eu era como você: não via nada de mais nele). Gosto de YAs que conseguem explorar uma trama tipicamente adolescente, mas também falar sobre temas sérios. Também gosto quando os autores conseguem subverter os clichês e criar personagens reais, com qualidades e falhas. Esse livro parece tudo isso. Não é uma das minhas prioridades de leitura, mas está na listinha 🙂
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

  7. Eu AMO esse livro! Ler ele pra mim também foi uma montanha russa de emoções e foi bastante difícil acompanhar as partes da Eleanor, eu sentia exatamente as mesmas coisas que você e a minha vontade de entrar no livro e fazer alguma coisa era imensa, dá até uma aflição, né? De fato, é uma leitura maravilhosa, parece que é só mais um livro de romance bobinho, mas a gente acaba aprendendo muito durante a leitura, né? ❤
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com

  8. Oi, Priih! Li esse livro há uns dois anos e adorei! Senti muitas emoções diferentes a cada página… E a nostalgia é inevitável, qualquer um que já se apaixonou pela primeira consegue se identificar com as emoções sentidas pelos personagens.

    Beijos, Entre Aspas

  9. Oi Priih querida !!!
    Não consigo me lembrar se já te disse isso antes … Mas o motivo pelo qual gosto tanto de tuas resenhas é que você sempre, sempre consegue me fazer ver as obras com outros olhos, ou então me mostrar coisas que não havia percebido quando li esse ou aquele livro. Você tem a capacidade de expressar muito bem o que sentiu ao ler uma obra e de passar detalhes que muitas vezes não observamos.
    Sempre passei por Eleanor e Park, olhava para a obra e realmente não me importava em dar uma chance para o livro, pois a enxergava como mais um livro de adolescentes, como mais uma trama de primeiro amor e amizades juvenis. Porém você mostrou que o livro é muito mais do que isso, e agora confesso que fiquei curiosa para conferir a obra.
    Normalmente fujo de livros como esse, normalmente me irrito com esse tipo de narrativa, mas tenho esperanças para essa obra !!! ^-^

    Beijinhos
    Dá uma Passadinha no Canal

  10. Priiiiiiii , oie!
    obaaaa ❤
    menina sabe que eu tenho mor pé atrás com eleanor&park ? Não sei porque….
    se ficou atrás de como eu era antes de você deve ser bão hein??
    Fiquei com vontade HEHEH
    bom saber!E adoro quando tratam de vários temas
    tadinha da Eleanor.. Nem sei porque ela passa mas lerei!
    faz tempo que não leio livros de terror também, gosto dos bããão, os sem graça dá até sono, né?
    Eu vi o filme do exorcista de 73 essa semana, acredita? Será que o livro é igual??
    Vamos ver…. O iluminado morro de curiosidade também!!
    obrigadaaa <333
    interessante né? e a autora é uma fofura!
    Beijocas!
    Pâm – http://www.interruptedreamer.com

  11. Pingback: TAG: Ler É Um Presente | Infinitas Vidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s