Resenha: O Hobbit – J. R. R. Tolkien

Oi pessoal, tudo bem?

Para a resenha de hoje eu trouxe um livro clássico de um autor ainda mais clássico, que criou um dos meus universos favoritos: O Hobbit, de J. R. R. Tolkien!

o hobbit j r r tolkien

Sinopse: Bilbo Bolseiro é um hobbit que leva uma vida confortável e sem ambições, raramente aventurando-se para além de sua despensa ou sua adega. Mas seu contentamento é perturbado quando Gandalf, o mago, e uma companhia de anões batem em sua porta e levam-no para uma expedição.

Começo a resenha dizendo que, apesar do meu amor pela Terra-Média (nascido graças aos filmes de O Senhor dos Anéis), O Hobbit foi um dos livros que mais demorei pra ler na minha vida toda. Após um total de 1 ano e 19 dias, um longo hiatus e muita insistência, eu finalmente terminei a leitura. Após a conclusão da leitura, eu fiquei um tempo sem saber se tinha gostado ou não, mas acho que a balança pendeu mais pro lado positivo. 😛

Acredito que todos estejam familiarizados com o enredo, mas vamos lá: O Hobbit conta a história do pacato Bilbo Bolseiro, que em um dia tranquilo é abordado pelo mago Gandalf e convidado para uma aventura, a qual ele nega polidamente. Mas Gandalf não se dá por satisfeito e chama seus amigos anões para a casa do hobbit de surpresa e, após certa confusão, Bilbo aceita embarcar na empreitada. A aventura, liderada por Thorin Escudo-de-Carvalho, consiste em recuperar a Montanha Solitária, lar dos anões, que foi tomada há muitos anos por Smaug, um impiedoso dragão. E Bilbo acaba por se tornar o ladrão da companhia de Thorin, embarcando em uma aventura sem igual.

Eu nunca tinha lido nada de Tolkien, mas sabia da fama de “enrolão” do autor. Por isso escolhi O Hobbit como minha primeira experiência, por se tratar de um livro mais leve. E eu não achei a narrativa tão ruim, até certo ponto. Principalmente no início eu senti bastante simpatia pelo modo de escrever do autor, que conta a história como um velho amigo do leitor. Ele faz comentários sobre os acontecimentos, “antecipa” alguns fatos e diz que vai explicar depois, enfim, é bem-humorado. Contudo, Tolkien gasta diversos parágrafos discorrendo sobre fatos de pouca importância para a história. Por exemplo: para desenvolver a personalidade de Bilbo, o autor fala por muito tempo sobre os dois lados da família do hobbit, sendo um deles mais pacato e o outro mais aventureiro. Isso ocorre também com as descrições de eventos repetitivos, como quando a companhia se perde em uma floresta. E essas coisas tornam a leitura extremamente cansativa em diversos momentos, ainda que em outros ele acelere muito os acontecimentos. Outro aspecto que percebi, dessa vez comparando com os filmes (que já assisti): o livro é uma obra completamente diferente, em especial da metade pro final. Por um lado, isso foi um aspecto positivo, já que o início da leitura foi cansativo justamente por eu saber o que aconteceria graças aos filmes. Por outro lado, o livro também é muito mais simplório do que os filmes em alguns aspectos (como o desenvolvimento dos personagens). Mas eu curti bastante as diferenças da história, gostei dos ocorridos do livro e acho que os filmes não precisavam ter enchido tanta linguiça desnecessária em relação à história. 😛

Acho que meu maior problema com o livro foram os personagens. Sério, gente, só o Bilbo se salva! O Gandalf também é carismático, mas aparece por bem menos tempo no enredo. Agora, os anões… Pelo amor de Deus, que bando de inúteis! Eles só serviam para fazer número e a maioria deles nem teve falas ao longo de todo o livro. Eram fracotes, burros e covardes, deixando toda a responsabilidade da resolução dos problemas na mão do chorão Bilbo. Além do mais, a raça dos anões não é nem um pouco nobre, e são ainda mais mesquinhos e ambiciosos do que nos filmes, pois no livro eles não ligam tanto para o lar perdido, apenas para o tesouro. Sério, foi impossível me afeiçoar a qualquer um deles (ok, pra não ser muito malvada, Balin, Fili e Kili ainda se salvam). Thorin é o pior de todos: ele não tem carisma pra ser um líder, é extremamente escroto com o Bilbo o livro todo e não faz quase nada que preste. Argh! Bilbo, em contrapartida, evolui de um personagem chorão e medroso para alguém que se orgulha das próprias decisões e atitudes, que bola planos engenhosos e que realmente faz a diferença na aventura. Ele tem um coração muito nobre e suas ações são repletas de bondade. Bilbo ftw! ❤

Tentando resumir a minha experiência, posso dizer pra vocês: apesar dos pesares, eu gostei de O Hobbit. A história em si, os acontecimentos, o desenrolar dos eventos me agradou. A escrita do Tolkien não foi de todo cansativa, apenas em alguns momentos. Acho que minha maior crítica se dá aos personagens rasos, já que o autor se preocupou mais com outros elementos, como o desenvolvimento da “mitologia” e da ambientação necessárias à sua história. Acredito que seja um bom livro pra quem gosta do tema e tem interesse em ler Tolkien, mas também recomendo um pouquinho de paciência. No fim das contas, acho que valeu a pena a minha insistência! 😉

Título Original: The Hobbit
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: Martins Fontes
Número de páginas: 297

Anúncios

34 comentários sobre “Resenha: O Hobbit – J. R. R. Tolkien

  1. Legal sua resenha
    Eu gostei desse livro desde o início e se tornou um dos meus favoritos, ao contrário de um livro estilo Senhor dos anéis, O hobbit foi escrito para crianças e acho incrível como Tolkien fez o simples ser genial.

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

  2. Não é muito meu gênero, inclusive nunca tive paciência para ver nenhum filme adaptado da obra do Tolkien,mas enfim, tal vez um dia eu tome coragem kkk.Eu tenho um amigo que quer porque quer me fazer ver os filmes,vamos ver se eu consigo….Acho eles exorbitantemente grandes demais!

    Beijos

    Poesia em Transe

  3. Oi Priih!
    Eu nunca li nada do autor, e admito que não tenho muita vontade por não ser muito fã do gênero, mas adorei conferir sua opinião sobre este livro. Infelizmente, novamente não me interessei diante dos pontos negativos, mas fico feliz que tenha gostado da experiência mesmo assim! Ótima resenha. 🙂
    beijos ♥
    nuclear–story.blogspot.com | Sorteio A Rainha Vermelha

  4. Oi, minha querida!
    Sua resenha ficou ótima: concisa e sincera. Chorei de rir com a parte na qual você falava sobre os anões… “Que bando de inúteis!”. HAHAHAHA!
    Eu não tenho vontade de ler esse clássico, que todo mundo parece amar, porque não tive uma experiência muito boa com outro clássico um pouco parecido com esse: “As crônicas de Nárnia”. Eu não detestei o livro, mas também não achei fantástico, como todo mundo parece ter achado. Gostei de alguns livros mais do que outros (eu tenho o volume único, no qual consta todos os livros). Algumas partes são muito loucas e me espanta que tenha sido pensado como um livro infantil. Há certas cenas que assustam até um adulto. Enfim… que bom que a balança pesou mais pro lado positivo, porque ler um calhamaço e, no fim, não ser bom é um soco no estômago.
    Beijo, Priih!

    Blog || Fan Page

  5. Eu li quando tinha 15 anos e gostei muito na época. Aliás gosto mais do livro que do filme, acho os personagens do filme mais rasos e a introdução da tal elfa totalmente inútil na trama. Gosto da narrativa do autor, o fato dele ser tão descritivo tem muito haver com sua formação e o estilo literário da época que valorizava muito a descrição. Sem falar que o que muitos consideram “inútil” é o que tornou o universo do autor tão rico a ponto de estar inserido dentro de outros autores. Christopher Paolini , George R. R. Martin, C.S. Lewis por exemplo bebem desta fonte O Hobbit não foi escrito para ser um épico, mas uma história infanto juvenil e creio que cumpre bem seu papel, em especial por ser uma especie de ensaio para o que viria depois.

  6. Pra ser sincera, eu não curti muito a história do Senhor dos Anéis no geral, achei muito cansativa e não tive nenhum interesse em ler os livros.
    Quando começou a resenha achei que seria bem chato o enredo, ainda mais depois de ler o tempo que demorou para acabar o livro kkk, mas no final, parece ser um pouco interessante, mesmo assim, acho que não leria 😉

    bjs

    http://www.tpmbasica.com.br
    youtube.com/tpmbasica

  7. Oi Prii

    Eu corro do Tolkien desde o dia que inventei de ler O Senhor dos Aneis – O Retorno do Rei. Foi o maior desastre, confuso, parei por diversas vezes, perdida nas páginas. Mesmo sem entender algumas páginas arrastei a leitura até o final e não sei se tenho coragem de arriscar de novo.

    Beijos!

  8. Oi!! Tudo bom?

    O Senhor dos Anéis e o Hobbit são livros que eu nutro uma vontade de ler há muito tempo, desde que o primeiro filme do O Hobbit estreou nos cinemas. Eu já imaginava que a narrativa do autor poderia ser um pouco lenta em alguns momentos, até por causa da época que ele foi escrito, mas mesmo assim adorei a sua resenha e espero um dia conhecer a história do BIlbo mais a fundo! ❤

  9. Oi Priih, tudo bem?
    Eu comecei a ler Senhor dos anéis, mas estou lendo com tranquilidade, justamente por essa característica do autor, mas mesmo alguns gostando, e outros não tanto, eu gosto dessa característica. e que bom que você insistiu até o fim, e que valeu a pena. Esse tá na lista, e pelo visto não vou gostar desses anões também.
    Abraços,
    Amanda Almeida

  10. Olá!
    Também nunca li nada do Tolkien e queria começar justamente por esse livro, por ser volume único. Apesar da curiosidade de ler o universo criado pelo autor, tenho receio em lerpor conta das descrições excessivas e desnecessárias e, como você falou, dos personagens rasos.
    Beijos!
    Apenasumaleitura.blogspot.com

  11. Oie Pri =)

    Li O Hobbit há algum tempo e adorei. Simplesmente amo esse mundo mágico e tão fantástico que Tolkien criou.
    Lendo sua resenha fiquei até com saudades da história e seus personagens ❤

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

  12. Oi
    Nem lembro se assisti aos filmes, mas vejo comentários positivos, sobre o livro também não li mas o pessoal sempre fala que a narrativa é lenta e apesar de você ter levado tanto tempo para concluir a leitura acabou gostando e é isso que conto, não sei se leria, mas gostei da resenha.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

  13. Oi, Priih! Tudo bem?
    Do Tolkien, eu só li “O Senhor dos Anéis” em um volume único e com uma letrinha minúscula. Resultado: também demorei um ano para concluir a leitura. É justamente por ter conferido na pele como o Tolkien pode enrolar tanto, que fiquei animada para ler “O Hobbit”, porque tem toda essa história de que ele escreveu esse livro para os filhos dele com a finalidade de ser mais ágil. Ainda não o li e é uma pena saber sobre o caráter dos anões (pelo menos o Gimli representa bem a classe haha), de qualquer forma, não estou esperando uma leitura arrebatadora, mas uma para matar a saudade… Bjs
    Jéssica S. – http://lereincrivel.blogspot.com.br/

  14. Oi Priih, tudo bem flor?

    Confesso não ter lido o livro ainda, más só vejo comentários ótimos sobre o livro, mesmo não sendo o estilo de enredo que gosto, estou pensando em dar uma chance para a estória e ver se vou me apaixonar pela leitura como todos.
    Adorei sua resenha, parabéns!
    Beijocas; *

  15. Oi Priih, tudo bem contigo ???
    Menina, que invejinha que eu estou sentindo de ti … Até hoje não li nada, nadinha do Tolkien. Mas o pior não é nunca ter lido nada do autor, mas sim dizer, sempre dizer que vou ler algo dele, e ainda por cima ter um livro dele aqui na minha fila de livros para ler e até hoje não ter lido nada. Eu preciso tomar vergonha nessa minha cara e ler logo algo dele, rsrsrs.
    Falando sobre O Hobbit, já tinha ouvido dizer que a escrita do Tolkien é um pouco complicada, e sempre me indicaram que lesse primeiro O Hobbit justamente por ser o mais leve, mas fiquei surpresa quando você comentou que mesmo assim encontrou alguns probleminhas. Agora eu fiquei na dúvida, será que isso acontece por ser um livro mais antigo ?! Pois já percebi que alguns clássicos são mais difíceis de ler que outros …
    Mas o bom é que no final você curtiu a leitura né ?! Acho que isso é o que vale !!! ^^

    Beijinhos
    Hear the Bells

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s