Review: Jogos Vorazes: A Esperança – O Final

Oi gente, tudo bem?

O dia 18 de novembro finalmente chegou e, com ele, Jogos Vorazes: A Esperança – O Final teve sua tão aguardada estreia. Fui conferir o filme no dia 18 mesmo, e a ansiedade era tanta que eu não pensava em outra coisa. Demorei a digerir o filme para conseguir escrever esse review, mas ele é tão especial que adiantei em um dia o post, e espero que vocês gostem. ❤

a esperança o final poster

Sinopse: Ainda se recuperando do choque de ver Peeta (Josh Hutcherson) contra si, Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) é enviada ao Distrito 2 pela presidente Coin (Julianne Moore). Lá ela ajuda a convencer os moradores locais a se rebelarem contra a Capital. Com todos os distritos unidos, tem início o ataque decisivo contra o presidente Snow (Donald Sutherland). Só que Katniss tem seus próprios planos para o combate e, para levá-los adiante, precisa da ajuda de Gale (Liam Hemsworth), Finnick (Sam Claflin), Cressida (Natalie Dormer), Pollux (Elder Henson) e do próprio Peeta, enviado para compôr sua equipe.

Eu já comentei diversas vezes que eu acreditava que A Esperança funcionaria melhor nos filmes do que funcionou no livro. E eu acertei nessa aposta. Se eu já me apaixonei por A Esperança – Parte 1, posso adiantar que A Esperança – O Final encerrou a série de maneira magistral e épica, exatamente como ela merece.

O filme começa exatamente de onde seu antecessor termina, com Katniss se recuperando dos ferimentos causados pelo ataque de Peeta. A garota está em choque de vê-lo assim, mas todos sabemos que Katniss não leva o menor jeito para lidar com as pessoas. E a forma que ela encontra pra lidar com essa frustração é pedindo para ir à guerra, para participar dos ataques à Capital. O primeiro conflito ocorre no Distrito 2, onde fica o arsenal da Capital. Após diversas discussões morais a respeito de atacar inocentes e deixar uma oportunidade para que se rendam, ou aniquilá-los de vez, a empreitada é bem sucedida. Porém, Katniss quer ir além, seu verdadeiro desejo é matar Snow e se vingar por tudo que ele fez – inclusive a Peeta. A partir desse desejo, ela consegue se infiltrar em um aerodeslizador e partir para o ataque à Capital. A partir desse momento, o filme passa a focar no percurso do “Esquadrão Estelar” (como Cressida o chama) até a mansão de Snow.

esquadrão estelar a esperança o final

Eu optei por falar menos sobre o enredo e mais sobre as minhas impressões nesse review. Uma palavra resume o filme: fidelidade. O livro foi adaptado de maneira impecável, o roteiro traz todos os elementos marcantes de sua obra original – o diálogo entre Gale e Peeta sobre quem Katniss escolheria, os conflitos emocionais de Katniss, as armadilhas presentes na Capital, o casamento de Finnick e Annie, entre muitos outros – e ainda consegue melhorar todos os aspectos que eu não gostei no livro. Palmas para o diretor, Francis Lawrence! Outra coisa super bacana que acontece nos filmes e que não é mostrado ao leitor é a perspectiva de Snow e da Capital. Fica muito mais fácil entender o desenrolar das coisas conforme os passos dele também são mostrados, inclusive a “doença”, provavelmente causada pelo veneno que ele usa.

johanna mason katniss everdeen a esperança o final

Eu não posso deixar de destacar as atuações. Josh Hutcherson me fez sentir toda a dor de Peeta, e Julianne Moore (que trouxe uma Coin mais amigável no primeiro longa) agora mostrou toda a manipulação da qual a personagem era capaz. Porém, o grande destaque aqui fica para Jennifer Lawrence. Se no livro eu detestava as atitudes de Katniss, se eu odiava a maneira como ela agia com um Peeta mentalmente perturbado, se eu achava insuportável a maneira como ela saía beijando o Gale sem motivo algum, bom… a Jennifer Lawrence  me fez entendê-la. Ela trouxe à tela uma Katniss determinada, mas extremamente fragilizada e manipulada. Uma personagem que passou por tanta coisa que não tem total discernimento sobre o que acontece à sua volta, e que não sabe lidar com os sentimentos que a cercam, porque ela própria está danificada demais. As cenas finais, no Distrito 12, me fizeram soluçar. A atuação da Jen foi simplesmente perfeita, dando vida a uma Katniss muito mais humana e real do que o próprio livro trouxe.

katniss everdeen a esperança o final

As cenas de ação foram intensas e bem feitas, mostrando na tela a “arena” criada pela Capital para impedir os soldados (mas admito que senti falta da trança tradicional da Katniss nesse momento, mas okay hahaha!). Quem leu o livro sabe que uma das piores perdas de toda a trilogia acontece nesse momento, e eu só posso dizer: doeu, gente. Como doeu. </3 Mais uma cena cujo impacto foi muito maior no filme do que no livro. Na minha resenha literária de A Esperança eu comento sobre como fiquei decepcionada com a descrição breve e a pouca importância dada a essa morte em especial, mas no filme eu senti muito mais essa conexão e a dor dos personagens. E eu fiquei feliz por sentir essa emoção, porque o personagem merecia, sabem? Senti que justiça foi feita hahaha! Ah, e falando em cenas intensas: a última é muito amorzinho! ❤ Mas me frustrei com o tão esperado “real or not real? Real”. Esperava mais emoção, um beijo, algo assim. E, por fim: mais alguém reparou que nos créditos toca a canção de ninar que Katniss canta pra Prim e Rue (Deep in the Meadow, ou Rue’s Lullaby) no primeiro filme? Me emocionei. 😥

peeta meelark katniss everdeen a esperança o final

Em suma, A Esperança – O Final é um filme que não apenas cumpriu seu papel de forma brilhante, mas foi capaz de agradar quem leu e quem não leu o livro (e, pra mim, ainda conseguiu melhorá-lo). É uma história sobre guerra, sobre revolução, sobre a tentativa de fazer um mundo melhor. E também sobre as consequências de tudo isso, físicas e emocionais. Com o momento atual pelo qual o mundo vem passando, com tantos conflitos por toda a parte, com tantas atrocidades sendo cometidas, A Esperança – O Final não poderia ser mais atual. E necessário, ainda mais por atingir um público tão jovem, que talvez agora pense mais sobre esses assuntos graças a Katniss.

katniss everdeen a esperança o final (2)

Eu sei que o review ficou bem emotivo, mas acho que vocês entendem os meus motivos hahaha! Afinal, é difícil não ficar emocionada depois de acompanhar esses filmes desde sua estreia em 2012 e vê-los terminando com um encerramento tão épico. Eu só posso dizer que Jogos Vorazes ocupa um lugar muito especial no meu coração, e agradecer por ter conhecido e acompanhado a história de Katniss e da revolução.

Título Original: The Hunger Games – Mockingjay: Part 2
Ano de lançamento: 2015
Direção: Francis Lawrence
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Sam Claffin, Julianne Moore, Donald Sutherland

Anúncios

26 comentários sobre “Review: Jogos Vorazes: A Esperança – O Final

  1. Oi Priih!
    Me sinto um alien pois até hoje nunca vi nenhum dos filmes dessa série, nem li os livros HAHA Tenho uma amiga que ama e gostei muito de saber o que você achou, bom saber que o filme atingiu às expectativas e foi fiel ao livro. 🙂
    beijos ♥
    nuclear–story.blogspot.com

  2. Olá, Priih.
    Eu quero! Estou louca para assistir porque amei os livro e quando meu sobrinho que foi no dia 18 também, chegou e falou que tinham feito igualzinho o livro, eu me derreti. Porque estavam falando que iam mudar e já fiquei receosa do que iam fazer hehe. Espero gostar bastante, mas diferente de você, até agora eu preferi os livros ao filme hehe.

    Blog Prefácio

  3. Oi Priih!
    Não li todo o post porque ainda não assisti o filme, mas estou vendo todo mundo ressaltar a fidelidade da adaptação e isso foi algo que me chamou a atenção desde o primeiro filme. Estou bem curiosa para conferir 🙂
    Beijos.
    alemdacontracapa.blogspot.com

  4. Oi Priih, tudo bem contigo ???
    Menina, estou aqui morrendo de inveja de ti, queria muito, muito mesmo assistir esse filme, estou morrendo de vontade de saber como ficou o final dessa saga tão incrível e maravilhosa que me conquistou de pouquinho e quando vi, estava apaixonada !!!
    Adorei a sua resenha, ficou perfeita, me deu uma boa noção de como ficou a adaptação, mas também me deixou ainda mais curiosa para assistir !!! Como não assisti o filme não posso comentar com relação a ele, mas concordo contigo quanto as atitudes da Katniss no livro, ela ficar beijando o Gale, tomar certas atitudes me deixaram bem decepcionada, espero gostar mais dela no filme, pois meu personagem preferido desde o início foi o Peeta !!! *-*
    Agora só me resta dar uma jeitinho de assistir ao filme !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

  5. Oie Pri =)

    Eu ia assistir ao filme amanhã, mas minhas amigas estão meio enroladas essa semana então marcamos para semana que vem rs…
    Só de saber que o filme é fiel ao livro já sei que vou chorar de raiva rs…. Peeta é muito amor. Sofri um monte por ele no livro =( e pelo visto vou sofrer no filme também.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

  6. Oi
    Fico feliz em saber que o filme é bom e que é fiel ao livro. Estou louca para assistir o filme, mais onde moro nem têm cinema, chora =/. Vou aproveitar para fazer uma maratona com os filmes anteriores é bom sabe que a morte de tal pessoa tem mais sentimentos no filme, mais eu também sofri quando li o livro e isso aconteceu.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

  7. Eu não acompanho Jogos Vorazes,Pri, mas super curti a resenha e essa sua opinião de fã toda emocionada.Eu tenho dois amigos que gostam muito de JV, acho que eles ainda não viram.Vou falar para eles sobre a opinião positiva que li a respeito.

    É tão bom quando uma história que gostamos encerra de maneira épica!

    Bjos

    Poesia em Transe

  8. Olá Flor
    Tudo bem?
    Menina estou contando os dias para assistir a este Filme *-*que sera neste sábado, senhor!
    li apenas ótimas criticas em relação ao filme e estou bastante empolgada, apesar de a maioria ressaltas que no momento das mortes não foi tão impactante, pelo que entendi foi bastante corrido infelizmente, não teve houve aquela pausa pra sofrer e chorar a não ser nos telespectadores HAHAHAHA adorei post, e espero gostar tanto e sair satisfeita como a maioria, adorei sua opiniões *-*
    Beijinhos

  9. Oi Pri!
    Não sei você, mas sai do cinema com uma dorzinha no coração por estar me despedindo de uma das minhas histórias favoritas. Mas amei o filme, amei as atuações e a forma como adaptaram o livro. Esse foi um dos filmes mais bem adaptados que já vi (se não o melhor!).
    Jogos Vorazes vai fazer muita falta.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

  10. QUEEE FILME FOI ESSE!!! Juro, eu não esperava sofrer tanto com a morte do Finnick, fiquei tão mimimimi, da Prim achei meio sem emoção, ela surgiu ali do nada e puf, sei lá, era o grande ~tcham da história 😦 e sempre imaginei também que o filme seria melhor, eu não aturava a Katniss e seu modo robô nos livros kkkk mas nossa, esse filme ficou demaaais, fechou mesmo com chave de ouro <333

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Amy & Matthew", vem conferir!

  11. Oi Priih,
    Concordo com vc que o filme foi épico e super fiel ao livro. Me emocionei muito e foi incrível de ver, mas senti muita falta de uma interação maior entre a Katniss e a Johanna, gostei muito dessa parte do livro. Discordo de vc sobre o momento emoção, acho que foi rápido demais e senti que uma parte de mim foi arrancada muito rápido sem me dar tempo de assimilar a coisa. Adorei seu post.
    Ah te indiquei para uma TAG – esse ou esse? lá no blog, dá uma olhada.

    Abraços,
    Anne
    Fadas Literárias

  12. Oi, Priih, tudo bem?

    Olhe, eu acho que o que eu vou lhe dizer vai doer no seu coração, mas eu não gostei do filme.
    Não foi um filme ruim, mas pra mim não foi um filme bom. Tenho muita implicância com essa mania de dividir o ultimo livro de determinada trilogia/série/saga em dois apenas por razões monetárias! Ao meu ver, o filme funcionaria bem melhor se estivesse junto à primeira parte. Ficaria grande? Sim, ficaria, mas não seria o primeiro filme com mais de três horas da história do cinema.
    A escuridão do filme também me incomodou, eu vi em 3D e teve hora que tive que tirar o óculos pra ver “melhor” mesmo com a tela desfocada.
    Tenho que concordar no quesito fidelidade…ele realmente foi bem fiel, acho que talvez as adaptações de A Esperança tenham sido as adaptações mais fieis de todas as adaptações, mas achei tudo rápido demais, as mortes foram sem emoção…enfim! Não gostei! hahahahaha
    Mas a sua review ficou muito bem escrita. E eu fico feliz que você tenha gostado tanto e que o fechamento do ciclo tenha sido tão bom pra você!

    Beijo
    – Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook
    PARTICIPE DA PROMOÇÃO NATAL LITERÁRIO E CONCORRA A DOIS KITS RECHEADOS DE LIVROS!

  13. Oi, Priiiiih!
    Ah, o que falar de Jogos Vorazes? Que fidelidade, fiquei chocada. Gostei bastante do filme, mas achei pouco para um final de série, em especial uma série que tem tanta visibilidade. Com essa divisão do último volume em duas partes deixou a segunda extremamente arrastada e monótona, por isso acredito que o primeiro foi bem melhor (até mesmo pelos levantes, nossa senhora ❤ <3). Sobre a morte que tu citou (se for a mesma que eu estou pensando), MEU DEUS. Chorei pacas, de toda a série foi a pior morte pra mim. Na verdade foi a cena mais emocionante do filme, hasuahsuha
    No geral o filme é fiel, mas não sei, acho que faltou algo.
    Beijão ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s