Review: Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros

Oi gente! Como estão?

Junho foi um mês especialmente corrido, com o fim do semestre. Felizmente, passei em todas as disciplinas e estou oficialmente de férias! \o/
Aproveitei o mês para matar a minha saudade de ir ao cinema! E no post de hoje, trago a resenha de um dos filmes que assisti (e adorei): Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros!

poster

Sinopse: O Jurassic Park, localizado na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, as pessoas podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, logo se tornando uma grande ameaça para a existência humana.

Eu não fui assistir Jurassic World movida por um sentimento de nostalgia em relação a Jurassic Park. Apenas vi o trailer e achei incrivelmente empolgante, o que acabou me surpreendendo, já que eu não estava cogitando assistir no cinema. Fico feliz por ter feito isso, o filme é muito bom!

3

A história se passa 22 anos após Jurassic Park. O parque temático na Ilha Nublar está funcionando perfeitamente e é um grande sucesso. Para manter os investidores e atrair mais público, os cientistas agora não se contentam com os dinossauros “comuns” (quão irônico isso soa? :P) e passam a criar novas espécies em laboratório. O mais novo dinossauro criado por eles é uma fêmea, denominada Indominous Rex, uma espécie com genoma base de T-Rex e mais diversos outros tipos de DNA. As coisas ficam complicadas quando Claire, uma das principais cientistas do parque, e Owen, um adestrador de velociraptors, percebem que a Indominous é uma espécie inteligente e cruel que não apenas consegue escapar de seu cativeiro como também mata outros dinossauros por diversão. A situação fica ainda mais complicada para os dois porque Claire tem dois sobrinhos no parque, e devido à sua negligência em acompanhá-los no passeio, os meninos acabaram se perdendo. Claire e Owen optam por se unir para encontrá-los, auxiliar na evacuação do local e bolar a melhor estratégia para impedir a Indominous Rex.

4

Não dá para dizer que o filme não é clichê, pois ele de fato o é. Mas ele cumpre tudo a que se propõe: traz efeitos especiais incríveis, um protagonista extremamente carismático e um enredo construído de maneira a deixar o espectador tenso o tempo todo. Eu fiquei presa na poltrona do cinema, esperando ansiosa pelas próximas cenas, pelas próximas descobertas (e, é claro, pelos próximos dinossauros).

O romance entre os protagonistas, apesar de previsível, foi construído de uma maneira que me agradou bastante. É mostrado que eles já saíram juntos antes – o que embasa uma atração entre os dois – e que não havia dado certo, pois Claire é extremamente controladora e Owen é o oposto, agindo muito mais por impulso e emoção. Por isso, quando os dois ficam juntos, soa menos forçado do que se não houvesse essa “preparação” antes. Owen é um ótimo protagonista. Chris Pratt é um ator carismático e transmite o espírito livre de Owen muito bem. Claire é a personagem jovem e cheia de responsabilidades nos ombros, o que reforça sua personalidade obsessiva por controle. Os dois irmãos, Gray e Nick, sobrinhos de Claire, também têm uma dinâmica interessante, com a relação de irmão mais velho protegendo o mais novo. E, por fim, temos o núcleo de personagens que representam a ganância e só visam o lucro, sem pensar nas consequências que as experiências genéticas podem causar, representado principalmente pelo cientista Henry Wu e Vic Hoskins, líder da segurança do parque, que deseja usar os dinossauros como armas militares.

2

Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros foi um filme ótimo para ser visto no cinema em particular, já que os efeitos especiais são ótimos, mas eu realmente gostei da história e da “pegada” tensa do desenvolvimento. Durante a duração do filme eu me mantive entretida o tempo todo e gostei muito do que vi. Pra quem gosta de filmes de ação, ainda que com clichês, ou quer sentir a nostalgia dos dinossauros, eu recomendo muito! 😀

Título original: Jurassic World
Ano de lançamento: 2015
Direção: Colin Trevorrow
Elenco: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Nick Robinson, Ty Simpkins, B. D. Wong, Vincent D’Onofrio, Irrfan Khan

Anúncios

25 comentários sobre “Review: Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros

  1. Oi, Priih.
    Muito legal sua resenha.
    Assisti ao filme no cinema também e gostei.
    É mais do mesmo, mas com uma pegada um pouco diferente.
    O cara que queria usar os dinossauros em campo de batalha é asqueroso, repugnante e um completo imbecil.
    Abraços.

  2. Oi, Prihh!
    Fiquei impressionada com o sucesso desse filme, sério. Superou bilheterias inacreditáveis. Não estava lá com vontaaaade de assistir, mas depois de seus comentários (que sempre me convencem) fiquei realmente muito curiosa. Ainda mais por envolver dinossauros (uma vez assisti um filme assim quando era pequena de noite e quase tive um ataque :/). Vou assistir.

    Beijão!

  3. Nossa, eu quero muito ver esse filme. Parece mesmo ser incrível…. eu não esperava de ter tanto retorno positivo por parte do público com está tendo. Não que eu não achasse que seria bom, sempre gostei da franquia. Mas, mesmo assim, me surpreendeu!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

  4. Oi, Priih! Tudo bem?
    Eu ainda não pude assistir “Jurassic World”, mas estou super ansiosa para conferir o filme! Ao contrário de você, farei isso com uma nostalgia danada viu, sempre gostei da franquia e saber que o Chris Patt seria o protagonista do atual me deixou super ansiosa. O que mais me surpreendeu foi a bilheteria, não estava esperando que eles ultrapassassem “Os Vingadores” e fiquei de cara quando isso aconteceu! Imagino que o filme seja ainda melhor do que estou esperando, tomara que eu não me decepcione. Bjs
    Jéssica – http://lereincrivel.blogspot.com.br/

  5. Oie Pri =)

    Eu nunca fui muito fã de Jurassic Park e por esse motivo mesmo todo mundo falando bem de Jurassic World não é um filme que me chama muito a atenção ao ponto de me levar ao cinema rs…
    Vou esperar chegar no Telecine para conferir 😉

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

  6. Olá,
    Esse não é o tipo de filme que costumo ver, mas tenho lido resenhas positivas sobre a obra e confesso que estou curiosa para assistir, especialmente para ver esses efeitos que todos estão falando tão bem.
    Beijos.
    Memórias de Leitura – memorias-de-leitura.blogspot.com

  7. Oi, Priih! Tudo bem?

    Que bom que está de férias e que você passou em todas as disciplinas, parabéns!

    Eu ainda não vi Jurassic World, mas queria muito! Também fiquei super empolgada com o trailer que saiu ano passado e adorei saber mais um pouquinho sobre filme através da sua resenha! Eu acho o Chris um ótimo ator, vamos ver se consigo ir em breve!

    Beijo
    – Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

  8. Acabei de assistir esse filme e também amei. Fiquei grudada na cadeira com vários acontecimentos, adorei os efeitos e o romance como você disse, foi bem construído. Também consegui dar boas risadas, e adorei os irmãos,
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

  9. Oi Priih!
    Apesar de ser bem famoso, acho que assisti ao filme original pouquíssimas vezes. Gostei de conferir sua opinião sobre este novo, bom saber que você gostou e que cumpriu o que prometeu. 🙂
    beijos ♥
    nuclear–story.blogspot.com | Participe do sorteio

  10. Hey Priih, como vai?
    Poxa, devo confessar que quando se trata de filmes, para mim é mais fácil e gostoso de comentar…
    Bom, querendo ou não o Jurassic World faz varias homenagens aos primeiros filmes, a trilha sonora naqueles primeiros momentos me emocionou e olha que eu tenho a idade do primeiro filme! Por outro lado a construção dos personagens eu achei bem comum, Pratt é quase um Indiana Jones, enquanto Bryce evoluiu de uma maneira muito cliché, passando da mulher fria, a mãe super protetora e “semi nua”. O filme tem o toque Spielberesco de por homem x natureza em uma batalha que dificilmente o homem ganhara, mas isso é tão bem feito que se torna um atrativo surreal. E bom, talvez seja só eu, mas o final ficou bem claro também. Porem, ainda com tudo isso, o filme é simplesmente fantástico, eu adorei.
    http://www.interruptedreamer.com/

  11. Oi Priih, tudo bem flor ???
    Fiquei tão feliz por ver a resenha de Jurassic World aqui no seu blog, adoro suas resenhas, elas são sempre bem completas !!!
    Ao contrário de você, eu fui assistir o filme por causa de uma baita nostalgia. Quando era pequena eu adorava os filmes do Jurassic Park, eram filmes que me deixam encucada, tensa, mas ao mesmo tempo me divertiam e abriam um novo mundo !!! Por esse motivo fui assistir o filme, e assim como você, gostei muito.
    Gostei do que você disse sobre o filme ser cheio de clichês, mas mesmo assim conseguir nos manter entretidos e tensos pelo que vem à seguir. O filme segue a mesma fórmula dos anteriores, eles só colocaram elementos modernos e mais efeitos especiais, mesmo assim vale muito a pena !!! *-*
    Adorei a resenha flor !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

  12. Oiiii
    Acredita que nunca assisti filme dessa série?
    Minha prima até me convidou para ver esse no cinema, mas eu não estava num bom dia =/

    Fiquei meio sentida depois, porque deve ser maravilhoso esses dinos no 3D haha

    Adorei tua review

    bjs e tenha um ótimo final de semana
    Nana – Obsession Valley

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s