Review: O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos

Oi, pessoal! Como estão?

Finalmente a esperada (e até controversa) trilogia O Hobbit foi terminada! Para o post de hoje, eu trago a minha opinião sobre o último filme, O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos! 😀 Bora conferir?

poster

Sinopse: Após ser expulso da montanha de Erebor, o dragão Smaug ataca com fúria a cidade dos homens que fica próxima ao local. Após muita destruição, Bard (Luke Evans) consegue derrotá-lo. Não demora muito para que a queda de Smaug se espalhe, atraindo os mais variados interessados nas riquezas que existem dentro de Erebor. Entretanto, Thorin (Richard Armitage) está disposto a tudo para impedir a entrada de elfos, anões e orcs, ainda mais por ser tomado por uma obsessão crescente pela riqueza à sua volta. Paralelamente a estes eventos, Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) e Gandalf (Ian McKellen) tentam impedir a guerra.

Antes de falar sobre o filme em si, preciso fazer algumas ressalvas. A primeira e mais importante é: nunca li nenhuma obra do Tolkien. Sou muito fã dos filmes de O Senhor dos Anéis e, por isso, esperei ansiosa pelas adaptações de O Hobbit, mas ainda não conheço as histórias originais. Por isso, minha opinião vai ser baseada exclusivamente no que vi no cinema. A segunda ressalva é que, como não resenhei Uma Jornada Inesperada e A Desolação de Smaug, talvez eu faça rápidos comentários a respeito pra justificar algumas opiniões. Dito isso, vamos ao review propriamente dito!

O filme começa exatamente onde o segundo parou: Smaug, ensandecido, parte em direção à Cidade do Lago para causar morte e destruição. Essas primeiras cenas são incríveis, e eu estava ansiosa pra saber como as coisas aconteceriam (já que última cena de A Desolação de Smaug, com um Bilbo incrédulo e apavorado, deixa o espectador morrendo de curiosidade). O encerramento do plot do Smaug se dá antes do título do filme aparecer, mas é bem empolgante: vemos o dragão destruindo a tudo e a todos, a ganância dos líderes da Cidade do Lago – que priorizam o ouro à vida de seus cidadãos –, mas vemos também a coragem e a obstinação de Bard. Buscando honrar a sua família, ele não mede esforços para derrotar Smaug e, posteriormente, buscar ajudar e proteger o seu povo.

hobbit 1

Finalizando o arco de Smaug, o filme entra em um novo eixo: a batalha por Erebor. A notícia da morte do dragão se espalha e muitos povos diferentes têm interesse nos tesouros que a montanha esconde, como o povo élfico de Thranduil e os orcs de Azog. Paralelamente, os anões começam a enfrentar uma crise interna: motivado pela cobiça e deslumbrado pelo ouro, Thorin deixa de ser um líder e passa a se tornar um rei severo e insano, desconfiando de seus companheiros e acreditando algum deles possa ter roubado a pedra Arken, o símbolo que o legitima como rei. Apesar dos outros anões perceberem a decadência de Thorin, apenas Bilbo tem lucidez suficiente para tentar intervir, seja com palavras, seja com gestos – como quando busca uma maneira de evitar um confronto entre os anões e os elfos. O resto do filme se desenvolve em torno dessa guerra entre os povos que desejam a Montanha Solitária e da redenção psicológica de Thorin, que finalmente volta a si depois de um momento de epifania em meio ao ouro, quando percebe que a ganância quase o fez enlouquecer – tal qual o fez com seus antepassados. Falando em aspectos psicológicos dos personagens, devo dizer que Bilbo teve um desenvolvimento incrível ao longo da trilogia. De um hobbit acomodado e preso à rotina, ele se tornou um amigo leal, corajoso e que tem a força suficiente para lutar pelo que é certo. Foi ótimo ver o crescimento do personagem!

hobbit 2

Por se tratar de um filme longo, eu poderia passar muito tempo escrevendo sobre a participação de diversos personagens especificamente, então serei mais sucinta quanto a isso e falarei de aspectos gerais. Gostei muito da cena em que a Galadriel, acompanhada de Elrond e Saruman, salva Gandalf. Ali fica explícita a verdade em relação ao Necromante (ou melhor, Sauron) e nos dá um gostinho de O Senhor dos Anéis. A guerra em si também foi muito envolvente, mesmo que, infelizmente, eu já soubesse quais perdas ocorreriam. Devo dizer que, apesar de saber o quão foda incrível é o Legolas, a cena em que ele sobe os degraus de pedra que vão caindo no ar foi um pouco “Prince of Persia” demais pra mim, soando bastante forçado.

hobbit 3

Em termos de efeitos especiais, o filme continuou tão bonito quanto seus antecessores. Assim como fiz com A Desolação de Smaug, assisti A Batalha dos Cinco Exércitos em IMAX e não me arrependi: a imersão é fantástica. ❤ O ritmo do filme também me agradou muito, não me deixando entediada em momento algum. Nas duas vezes em que assisti ao primeiro longa, eu senti bastante sono. Uma Aventura Inesperada demora a adquirir agilidade e, mesmo sendo o mais fiel em termos de adaptação, é o que menos gosto de assistir. Isso melhorou um pouco com A Desolação de Smaug,                que contou com cenas mais dinâmicas (e uma duração ligeiramente menor). Já o desfecho da trilogia foi ágil e soube me prender muito mais, com uma narrativa que me manteve atenta a cada detalhe sem enjoar do que estava acontecendo. Foi o filme de que mais gostei. Quando eu começar a ler O Hobbit sei que provavelmente vou me espantar com as mudanças, mas como longa-metragem ele me agradou bastante.

THE HOBBIT: THE DESOLATION OF SMAUG

Mas é claro que existem aspectos negativos. Diversas perguntas, pra mim, ficaram sem resposta. Afinal, quem se tornou rei de Erebor? E Tauriel, a personagem criada por Peter Jackson, que destino teve? O que acontece com Sauron depois que é banido/expulso por Galadriel? Talvez essas explicações surjam com alguma versão estendida dos DVDs (já que A Batalha dos Cinco Exércitos foi o filme mais curto dos três), mas por enquanto digo que fiquei bem desapontada com essas pontas soltas. Eu entendo e defendo o fato de que uma adaptação é diferente de sua obra original, mas acredito que como obra individual ela deva falar por si mesma e esclarecer as tramas que ela mesma apresentou. Nesse aspecto, acredito que o filme apresentou falhas consideráveis.

hobbit 4

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos é uma aventura envolvente e bem menos cansativa do que os filmes anteriores. É uma história sobre ganância, mas também sobre redenção, sobre valorizar o próprio lar e aquilo que realmente importa. Além do mais, é impossível não sentir um aperto no peito quando o filme termina, porque nos despedimos mais uma vez da Terra-Média e de seus queridos habitantes. Talvez peque como adaptação, mas como alguém que só assistiu aos filmes eu recomendo muito A Batalha dos Cinco Exércitos a quem gostou dos longas anteriores e quer acompanhar Bilbo no desfecho da sua maior e mais inesperada aventura!

Título original: The Hobbit: The Battle of the Five Armies
Ano de lançamento: 2014
Direção: Peter Jackson
Elenco: Martin Freeman, Richard Armitage, Ian McKellen, Luke Evans, Evangeline Lilly, Orlando Bloom, Lee Pace

Anúncios

54 comentários sobre “Review: O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos

  1. Eu assisti o filme no cinema em 3D e achei incrível a produção. Realmente fascinante!
    Já a história… Não sou muito fã das histórias do Tolkien, mas confesso que gostei bastante. O único problema que achei bem cansativo. O filme começou legal com o Smaug e tudo mais, aí fico chato, depois legal de novo, e chato, legal, chato, legal e acabou chato. Achei o final bem nada a ver, mas ok. Teve umas cenas que eu achei que poderiam ser melhores. E o filme deixou a desejar. Senti que as cenas deletadas do filme podem ter sido bem legais do que várias que assisti.
    Beijos.

    • Olá!
      Infelizmente O Hobbit foi bem mais alongado do que precisava, o que acabou dando essas oscilações em termos de “legal-chato-legal” hahaha 😦 Se fosse mais curto, acho que teria agradado mais! Ainda assim, eu gostei muito da trilogia e comecei a ler o livro. :3
      Beijão!

  2. Olá, tudo bem?
    Menina, eu adoro os filmes da trilogia O Senhor dos Anéis, confesso que até li o primeiro volume há muito tempo atrás (tentei pelo menos, porque a escrita é um pouquinho difícil). Mas não assisti nenhum filme d’O Hobbit, nem li nenhum livro, nada. Tenho até vergonha de contar, rs. Mas, morro de vontade de assistir, saber que ele é bom dessa forma só aumenta minha vontade.
    Super beijos ❤
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    • Oi Roberta! Tudo e você? :3
      Eu preciso ler SdA, mas a escrita do Tolkien me intimida um pouco. Comecei com O Hobbit agora e tô gostando! 😀
      Espero que tu tenha a chance de assistir aos filme (que são bem legais) e que goste deles! Mesmo com as partes mais cansativas, acho que vale a pena!
      Beijão! ❤

    • Oi Ariane!
      Estou tendo meu primeiro contato agora, pois comecei a ler O Hobbit, e tô gostando! É fofa a narrativa e bem diferente do que eu imaginava sobre o Tolkien!
      Sobre a inclusão de personagens: acho que é unanimidade em quem leu, entendo sua decepção hahaha!
      Beijão!

  3. Já vi que vou amar. Se você que achou cansativo os anteriores, gostou desse fico imaginando eu que já achei os outros com muita ação, irei achar. Eu não gostei de terem inserido o Legolas na história por exemplo, mas gostei de terem dado uma introdução para O Senhor dos Anéis.

    Blog Prefácio

    • Oi Silvana!
      Eu não sabia de grande parte das mudanças, porque não tinha lido o livro (exceto a Tauriel, talvez). Eu gostei dos filmes, mas acho que seria ainda melhor se a história tivesse sido encurtada!
      Beijos!

  4. Se acredita que ainda não assisti esses filmes, tenho que ver e esse seu poste me deixou mega curiosa. Fico falando depois assisto e o depois nunca chega. Quem sabe faço uma maratona assistindo os 3;

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    • Oi Denise!
      Adoro maratonas ❤ Eu acabei assistindo novamente o primeiro num fim de semana, o segundo no outro e o terceiro no cinema, no dia seguinte. Foi menos cansativo hahaha! Mas meu namorado não conhecia os filmes, então resolvi apresentar pra ele. :3 Acho que vale a pena você dar uma chance à história! 😀
      Beijos!

    • Olá!
      Eu ainda prefiro SdA a O Hobbit, com certeza! ❤ O Hobbit ficou um pouco cansativo, infelizmente. Ainda assim, gostei da trilogia! O terceiro foi o que mais gostei, sem dúvidas!
      Beijão!

    • Oi Carol!
      Obrigada, fico feliz com o comentário! *-*
      Eu sou apaixonada pelo mundo do Tolkien, então curti O Hobbit. Agora estou lendo o livro (onde dizem exisitir muitas diferenças) pra conhecer a obra do autor. 😀
      Beijos!

  5. Oi Priih, tudo bem?
    Se eu contar que nunca li, tampouco vi, nada sobre a história, você vai me achar louca? rs!
    Apesar da fotografia dos filmes parecer belíssima, nunca me senti atraída, de fato.
    Sua resenha está ótima e até me deu vontade de mudar minha “virgindade hobbitiana” (de onde eu tiro essas coisas?), mas preciso de tempo para isso hahaha!
    Grande beijo ♥

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    • Oi Thati! Tudo ótimo, e com você?
      Eu adoooro o mundo do Tolkien, mas só conheço os filmes. Nunca tive coragem de encarar a narrativa do autor, porque dizem ser cansativa. Resolvi começar a ler com O Hobbit, depois de ter assistido ao último filme no cinema, e tô gostando bastante! 😀
      Espero que você tenha a chance de conferir os filmes e que goste deles!
      Beijãaao! ❤

  6. Só falta esse filme pra mim. Estou bem curiosa…. no dia que fui ao cinema, todas as sessões estavam esgotadas, daí não pude assistir. Mas realmente, pontas soltas são de lascar…. fiquei com o pé atrás agora. Mas claro, ainda vou assistir o filme, hehe!!!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    • Oi Suelen!
      Acho que você vai notar as pontas soltas que comentei, o que é uma pena 😦 Acho que é consequência da adaptação não tão fiel do livro que gerou isso, plots que não souberam finalizar. Fora isso, o filme é muito empolgante!
      Beijos!

    • Oi Ana!
      O Hobbit foi concluído com esse terceiro mesmo. Só se resolverem adaptar outros livros do Tolkien, mas acho pouco provável. O Silmarillion, por exemplo, seria super complexo de adaptar. O Hobbit é longo mesmo, exige um pouco de paciência, mas é muito legal. 😀
      Beijos!

  7. Na verdade, gostei mais dos anteriores do que desse último. Mas mesmo assim gostei bastante.
    Para mim a sensação que ficou foi: Ok, no fim das contas, qual foi o motivo da guerra? Tanto barulho por nada.
    E eu não me incomodei com o Legolas ser tãããããão contra a lei da gravidade, haha. Ele nunca obedeceu ela mesmo… Mas você viu que incrível? As flechas dele acabaram. Não achei que fosse possível, haha.
    Realmente, o Bilbo teve um crescimento incrível e apresentou uma maturidade que antes seria impensada para ele no primeiro filme.

    Beijoooos

    http://www.casosacasoselivros.com

    • Eu gostei dos três e, mesmo o primeiro sendo bem cansativo pra mim, ainda acho ele bem bacana. O que gostei no terceiro foi o ritmo mais intenso, que me manteve acordada e interessada hahaha! Mas concordo, o final foi meio morno em relação a todo o resto.
      Sobre o Legolas: verdade! HAHAHA! Depois de anos e anos, finalmente a aljava aparentemente infinita dele ficou vazia! 😛
      Beijos!

  8. Olá! Gostei muito do seu parecer, apesar de não ser muito fã de filmes… Não sei o que acontece, mas não tenho paciência de sentar e assistir. Não sossego! kkk

    Beijos
    albumdeleitura.blogspot.com.br

  9. Oi, tudo joia?
    Mulher já vi todos, mas confesso que ler, não li nadinha (que vergonha haha,), mas tenho muita vontade de realizar a leitura, já que amei os filmes;

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    • Oi Joice! Tudo sim, e você?
      Eu comecei a ler só agora também hahaha! Mesmo sendo fã dos filmes, nunca tinha lido nada do Tolkien (shame on me too!)… mas tô curtindo muito a experiência. *-*
      Beijos!

  10. Oi flor, tudo bem ???
    Assim como você eu não li nenhum dos livros do Tokien, as vezes me sinto até envergonhada por causa disso, rsrsrs, pensar que os livros estão ai a tanto tempo e eu nunca pensei em ler nenhum deles … :/
    Eu também adoro os filmes de Senhor dos Anéis, eu lembro até hoje da primeira vez que eu assisti ao primeiro filme, ainda era em VHS, e se não me engano o filme era dividido em duas fitas, rsrsrs
    Gostei muito desse filme, adorei rever a Terra Média, rever o Légolas e conhecer mais sobre a história de Bilbo. Porém deixei o cinema com uma sensação de perda, mais uma fez uma saga termina e é triste pensar, pelo menos para mim, que acabou … Por sorte temos os filmes e os livros para ler e rever sempre que quisermos !!!
    Adorei a sua resenha, bem completa e sincera !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    • Oi Ryokobel! Tudo ótimo, e contigo?
      Eu também me sinto meio envergonhada hahaha! Ainda mais gostando tanto dos filmes. 😦 O brabo é que sempre me assustaram muito sobre a escrita do Tolkie. Comecei O Hobbit e tô achando bem de boa!
      Verdade, a época nostálgica do VHS hahaha! Eu lembro que, nessa época, eu ainda não curtia e dormi no filme. 😛 Assisti de novo em 2008 ou 2009 e me apaixonei.
      Ainda bem que, como você disse, temos os filmes e livros para voltarmos sempre pra Terra-Média! ❤
      Beijos!

  11. Eu tenho um certo problema em ver filmes ou livros que envolva fantasias, dragões e essas coisas, estou tentando vencer este meu preconceito literário e achei bem legal a indicação que você deixou. é bom ter a opinião de uma outra pessoa sobre e ainda melhor pode conhecer outros trabalhos de outros gêneros da literatura e cinema.

    Beijão ❤

    http://redandvintage.blogspot.com.br

    • Oi, flor!
      Fantasia está entre meus gêneros favoritos, desde sempre ❤ Por isso fico tão encantada com livros e filmes do gênero!
      Talvez se você tiver uma boa experiência com algo assim tu dê mais uma chance ao estilo. *-*
      Beijão! ❤

  12. Oi, Flor! Tudo bom?
    Aaahh O Hobbit, fui assistir o primeiro filme no cinema e perdi a oportunidade de assistir os outros, acho que no fundo foi o receio de ficar tanto tempo sentada, ainda mais agora que minha coluna resolveu ficar mais velha. Até o momento não li uma crítica negativa, acho que no fim,a té aqueles que não gostavam, acabaram cedendo diante das tramas da histórias, e claro os efeitos que fazem meus olhos chorarem. Gosto muito da história por ser original, e principalmente por não perder o foco, porque ocorreu ao contrário. Primeiro veio O Senhor dos Anéis, e ai eles resolveram trazer O Hobbit, contando toda jornada. Eu confesso que esperava que eles se perdessem um pouco na hora de ligar as histórias, mas foi perfeito! Quero muito ainda poder ler os livros, que é claro não posso deixar de ler! ❤

    Beijinhos

    • Oi Fê! Tudo ótimo, e contigo?
      Realmente, são filmes bem cansativos. Por sorte eu fui a cinemas bem confortáveis pra assistir, senão teria ficado toda dolorida! Eu gostei muito da ligação que fizeram com O Senhor dos Aneis, mesmo que não exista no livro. Deu um gostinho a mais pra história e me fez entender certos pontos de SdA (que eu adoro, diga-se de passagem). ❤
      Beijão!

    • Oi Camylla!
      Os filmes são muito legais, vale a pena assistir!
      Concordo, eu acho que a pessoa não é obrigada a ter lido a obra original pra entender. Por isso acho que o filme falhou nesse quesito. Fora isso, é muito bacana!
      Beijos!

  13. Oie Pri =)

    O que falar de O Hobbit ❤
    Apenas que é uma das melhores trilogias cinematograficas que lançaram *____________*
    Não vejo a hora de lançar o terceiro filme em DVD, para que eu possa comprar o Box e fazer uma maratona aqui em casa rs…

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

    • Oi Ane!
      Concordo contigo! Eu também vou adorar quando sair a trilogia em DVD, pra ficar junto de SdA! ❤
      Mas ainda preciso adquirir minha versão estendida de O Senhor dos Aneis pra estante ficar perfeita hahaha!
      Beijos e uma boa semana pra ti!

  14. Oi Prih!
    Esse também foi meu filme favorito da trilogia. O primeiro eu dormi todas as vezes que assisti (e sempre na mesma parte kkk), mas esse último foi bem mais dinâmico e não deu sono! Comece a ler o livro e já vi muitas mudanças! Mas antes de ler me alertaram que muita coisa que tem no filme não existe no livro, então estou tentando me desapegar dos filmes.

    Beijos,
    http://www.epilogosefinais.com/

    • Oi Bianca!
      Eu também dormi no primeiro hahaha! Na pré-estreia eu tava super cansada, então cochilei na parte da casa do Bilbo. Quando assisti de novo não cheguei a dormir, mas dei umas piscadas mais longas. 😛
      Eu também fui alertada sobre as mudanças e tô tentando ler desapegada e aberta à obra original! E tô gostando!
      Beijos!

  15. Eu sou bem leiga em relação a essa trilogia, Priih! (risos)
    Se eu não me engano, ouvi falar que é apenas um livro, mas que quebraram o livro em três filmes, certo?
    Eu não sei se eu leria ou veria os filmes. Não faz muito o meu “tipo”. Talvez veria por causa das mensagens por trás de toda a fantasia, de dar valor ao seu lar, a coisas essenciais, que obviamente não são as materiais. Os efeitos especiais também seriam outro atrativo. Eu gosto deles, apesar de não ter visto muitos filmes que se utilizassem desses efeitos.

    Um belo review, como sempre, guria!

    Um abraço!

    Blog || FanPage

    • Oi Erica!
      Exatamente! E é um livro curto, menos de 300 páginas. Acho que esse foi o maior erro da adaptação. 😦
      Essas mensagens são a parte mais bonita do filme, a valorização do que importa e a crítica à ganância. As aventuras são bem bacanas e o filme é muito bonito visualmente. Infelizmente é um pouco cansativo, é um defeito a se vencer. Mas acho que vale a pena! 😀
      Muito obrigada pelo elogio, fico muito contente que tenha gostado!
      Abração!

    • Oi Iris!
      De fato, eles demandam um tempinho. Mas de repente se assistir um a cada final de semana você não consiga conhecer a trilogia? 😀 Se assistir, espero que goste!
      Beijos!

    • Oi Alessandra!
      Não te julgo, sério HAHAHA! O Hobbit fica bem maçante em alguns momentos.
      Mas como impressão geral, eu gostei da trilogia! E desse terceiro mais ainda, sem dúvidas!
      Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s