Review: Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1

Oi gente, como estão?

Eu ainda estou em choque! O motivo? Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, o tema do post de hoje! Acho que todos os fãs de Jogos Vorazes que aguardaram ansiosamente por esse filme se sentiram plenamente contemplados com o que assistiram. Eu assisti na pré-estreia e, mesmo cansada após um dia cheio devido às aulas e ao trabalho, mal podia piscar (mesmo com o longa terminando às 2h15 da manhã). Juro que tentarei ao máximo não deixar a minha emoção influenciar muito na resenha hahaha! 😛

poster

Sinopse: Após ser resgatada do Massacre Quaternário pela resistência ao governo tirânico do presidente Snow (Donald Sutherland), Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) está abalada. Temerosa e sem confiança, ela agora vive no Distrito 13 ao lado da mãe (Paula Malcomson) e da irmã, Prim (Willow Shields). A presidente Alma Coin (Julianne Moore) e Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman) querem que Katniss assuma o papel do tordo, o símbolo que a resistência precisa para mobilizar a população. Após uma certa relutância, Katniss aceita a proposta desde que a resistência se comprometa a resgatar Peeta Mellark (Josh Hutcherson) e os demais Vitoriosos, mantidos prisioneiros pela Capital.

Eu tinha expectativas enormes para A Esperança – Parte 1. Realmente acreditava que o filme seria superior à sua mídia de origem, conforme comentei na minha resenha do livro. E posso dizer, sem nenhuma hesitação: todas essas expectativas foram cumpridas! O longa foi capaz de adaptar a história e todas as suas nuances de maneira incrível, além de cortar ou diminuir passagens mais cansativas ou desnecessárias que realmente me desagradaram enquanto leitora.

foto 3

O início do filme se apresenta de forma um pouco mais lenta, assim como no livro. O foco está em apresentar o Distrito 13, suas regras, seu cotidiano e, é claro, sua presidente. Além disso, podemos vislumbrar a desconstrução psicológica pela qual Katniss vem passando e os sintomas do trauma da protagonista ficam totalmente em evidência – como, por exemplo, quando ela se refugia em um local apertado e isolado e repete em voz alta as verdades das quais ela tem certeza, a fim de manter um certo nível de sanidade. Além de Katniss, outro personagem que apresenta sinais de perturbação é Finnick. Eu senti falta de um maior tempo dedicado a ele e nos diálogos entre os dois, que mostravam bastante os danos emocionais causados a ambos, mas ainda assim foram boas as cenas em que Finnick estava presente.

foto 5

Felizmente, o roteiro do filme retirou diversas passagens que eu considerei extremamente cansativas, como o treinamento militar de Katniss. O filme se concentrou muito mais em explorar o psicológico dos personagens e a Rebelião como um todo, incluindo as lutas dos outros Distritos contra a Capital (o que, pra mim, foi fantástico!). As cenas em que os civis lutavam contra os Pacificadores foram relativamente “fortes” e me deixaram bem tensa, mas de uma maneira positiva, pois eram cenas realmente eletrizantes! No livro, muito tempo foi dedicado à gravação dos prontopops, o que às vezes se tornava um pouco maçante. No longa, entretanto, as cenas foram bem dosadas e empolgantes (como quando Katniss finalmente canta “A Árvore-Forca” ou, como no original, “The Hanging Tree” ♥). Eu também amei a sequência no Distrito 8, em que é possível vislumbrar toda a crueldade do Presidente Snow, que ordena o bombardeio de um hospital cheio de feridos, gerando a famosa frase “if we burn, you burn with us!” ❤

foto 1

Porém, eu não posso falar de A Esperança – Parte 1 sem citar a atuação do elenco. Jennifer Lawrence nunca esteve tão bem como Katniss! Ela conseguiu passar ao espectador com perfeição toda o conflito sobre ser o Tordo de uma guerra que Katniss nunca quis, além dos trejeitos perturbados que a personagem adquire depois de tantos traumas. Eu detestei a narrativa da Katniss no terceiro livro, achei a personagem cansativa e por diversas vezes irritante, mas Jennifer Lawrence me fez sentir toda a empatia e todo o carinho que eu sempre quis sentir por ela enquanto lia o terceiro livro. Liam Hemsworth também cumpriu de maneira exemplar seu papel como Gale, demonstrando toda a melancolia do personagem ao perceber o quanto Katniss se afasta cada vez mais dele e, ainda assim, sendo altruísta o suficiente para arriscar a própria vida em nome de Peeta. Julianne Moore trouxe à vida uma Alma Coin calculista e irredutível em seus objetivos, uma presidente totalmente focada em priorizar seu Distrito, mas ainda assim muito mais agradável que sua versão literária (pelo menos por enquanto). Por último, mas não menos importante, Josh Hutcherson. Não é novidade que Peeta é meu personagem favorito e, devido aos acontecimentos que ocorrem com ele em A Esperança, eu estava com medo de assistir a essas cenas, porque sabia que seriam fortes. E não me enganei. </3 Foi destruidor ver Peeta no estado em que ele ficou e a última cena do filme acabou comigo. Josh Hutcherson se entregou totalmente ao personagem, tanto quanto Jennifer, durante o filme inteiro. Os discursos que ele era obrigado a pronunciar em nome da Capital, o alerta sobre o bombardeio, tudo era repleto de emoção e de sofrimento por parte do personagem. </3

foto 4

A Esperança – Parte 1 trouxe tudo aquilo que Jogos Vorazes representa: luta, sacrifício, cicatrizes e, por mais redundante que isso soe, esperança. Foi um filme que ambientou perfeitamente o cenário de guerra que se instaurou em Panem, juntamente da exposição das ações cada vez mais cruéis da Capital. Além disso, aprofundou com maestria as feridas – físicas e emocionais – que permeiam cada vez mais os personagens e, apesar disso, conseguiu mostrar que é possível ter uma fagulha de esperança de que as coisas podem ficar melhores (como na delicada cena em que Katniss brinca com Buttercup usando uma lanterna, trazendo conforto aos moradores do Distrito 13 enquanto a Capital os bombardeia). Eu amei de verdade o filme e estou plenamente feliz pelas minhas expectativas terem sido totalmente atendidas, e mal posso esperar pela Parte 2 no ano que vem! Um desfecho digno a uma de minhas histórias favoritas!

Título original: The Hunger Games: Mockingjay – Part 1
Ano de lançamento: 2014
Direção: Francis Lawrence
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Julianne Moore

Anúncios

62 comentários sobre “Review: Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1

    • Oi, Vanessa!
      Os livros são ótimos mas, no caso de A Esperança, eu preferi a adaptação cinematográfica. Tenho uma série de implicâncias com o terceiro livro. 😦
      Beijos!

    • Oi Brubs!
      Eu não achei mais fraco, eu achei o enfoque bem diferente. Fiquei muito empolgada, mesmo nas passagens mais “lentas”. Impressionante e atuação do elenco, né? Fiquei aflita junto com a Katniss e sofri junto com o Peeta! 😥
      Beijos!

  1. Pri, sem comentários né? JOGOS VORAZES sem duvidas depois de HP é a melhor adaptação, a cena do The Hanging Tree é de arrepiar, aliás várias! E o final, (já imaginava que seria por ali né que terminaria) é intensa, mesmo já sabendo não imaginaria que seria tão aterrorizante!

    Amei e quero que passe um ano num piscar de olhos =D

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    • Oi, Joi!
      Nossa, que adaptação! Eles usaram a dose exata de fidelidade e de mudanças ao livro, ficou muito balanceado! Não consegui deixar de me chocar em ver o Peeta se debatendo, sofri demais junto com ele. 😥
      E que venha o final épico!
      Beijos!

    • Oi, Iris!
      Estou louca pra assistir novamente, pretendo fazer isso essa semana ou na próxima (em que estarei oficialmente de férias *-*)
      Eu gostei de terem dividido pelo fato de não ter curtido o ritmo do livro que ora foi intenso e ora foi arrastado. Acredito que balancearam bem essa questão!
      Beijos!

  2. Oi Priih!!!

    Nossa, bom saber que o filme é bom! Estava até com medo de vê-lo no cinema e desperdiçar dinheiro rs
    Tal como você, também achei que o livro tem umas passagens cansativas e desnecessárias, e estava com muito medo do filme replicar isso, especialmente por ter sido dividido em duas partes. Imaginei que a primeira seria a parte chata, e a segunda, a que interessava rs

    Agora, vou ver se corro pro cinema pra ver logo a adaptação :3

    Beijos!

    .~.~.Blog Livros & Cores.~.~.

    • Oi, Izandra!
      Eu acho que o filme fez um balanço excelente em relação às passagens mais entediantes e chatas com as cenas de ação. Eu amei a primeira parte, mesmo com as mudanças. Acho que ambientou a Rebelião perfeitamente! Espero que goste tanto quanto eu da adaptação! 😀
      Beijos!

  3. Hey, tudo joia?
    Bom, o que dizer sobre o filme? Ele é sensacional, incrível mesmo. Fiquei bem traumatizada com algumas cenas, cara é o melhor filme para mim, o elenco é nota 10 !! Super recomendo, e é impossível não ver apenas uma vez. Amei o blog,

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    • Oi Joice! Tudo ok, e com você?
      O elenco foi sensacional, né? Acho que estiveram em suas melhores performances (pelo menos o trio de protagonistas). E fico muito feliz que tenha gostado do blog! ❤
      Beijos!

  4. Oie Pri =)

    Confesso que eu fiquei muito decepcionada com o ultimo livro da trilogia e isso diminuiu bastante o meu animo para assistir ao filme =( Vou ao cinema amanhã com minhas amigas sem muitas expectativas e espero sair de lá com aquela vontade louca de assistir ao próximo filme rs…

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

    • Oi, Ane!
      Eu também me decepcionei muito com A Esperança, mas acreditava no potencial do filme por achar que daria mais certo como adaptação.
      Espero que você goste do filme, porque eu achei melhor que o livro!
      Beijos!

  5. Amei, amei, amei A Esperança – Parte 1. Mas sou como você, suspeita para falar porque a trilogia tem espaço especial no meu coração.
    Mesmo eles tendo resumido algumas partes, o filme em alguns momentos é meio parado. Para mim não foi problema, mas meu noivo achou super devagar e saiu de lá falando que estava com saudades de Em Chamas, que ele adorou. Eu expliquei que era só a primeira parte do livro, que é assim mesmo, que o bicho pega depois.
    E, realmente, Josh Hutcherson se entregou total! Apareceu pouco, mas fez muito bem a sua parte.
    Enfim, agora é esperar um ano para o final. Droga.
    Hahaha.

    Beijooooos

    http://www.casosacasoselivros.com

    • Oi, Teca!
      Mesmo essas partes paradas eu não achei que foram desinteressantes! A ambientação da Rebelião e do Distrito 13 me deixaram super interessada. Mas vindo de dois filmes com Jogos e ação eu imagino que seja possível estranhar mesmo a mudança de ritmo.
      Eu mal posso acreditar que falte tanto pra Parte 2 hahaha! Saí do cinema querendo assisti-la já! 😛
      Beijão!

  6. Oi Pri! Que bom que você gostou, eu só vi o primeiro e ainda não li nenhum dos livros, mas sei que tem uma legião de fãs. Quem sabe nas minhas férias eu leio tudo e vejo os filmes lançados e curto tanto como você.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    • Oi, Cida!
      Espero que você consiga um tempinho nas férias para dar uma chance a essa história tão envolvente! Os filmes estão cada vez melhores e mais bem produzidos! *-*
      Beijão!

  7. Oii Priih!!
    A Esperança foi o livro que menos gostei da trilogia, justamente por essas passagens cansativas. Já tinha ouvido comentários positivos sobre o filme e agora sua resenha me deixou absolutamente DOIDA de vontade de assistir. PRECISO! Acho ótimo eles terem focado no psicológico dos personagens.
    Parabéns pela ótima resenha.

    Beijo,
    http://www.pitadadecultura.com/

    • Oi, Gabriela!
      Concordo com você, foi o que menos gostei também. 😦 Mas eu tinha expectativas de que o filme saberia dosar isso melhor, e foi o que aconteceu. *-*
      Obrigada pelo elogio, fico super contente que tenha gostado! ❤ E espero que goste do filme também!
      Beijão!

  8. Quero muito ver esse filme. Não li os livros, mas assisti todos os filmes e gostei muito do que vi. Mas como não li os livros, não senti aquela ligação com o Peeta. Gosto muito mas do Gale, mas sei que o Peeta é preferência por todos que já leram o livro. Quem sabe um dia eu consiga ler tb, né?!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    • Oi, Suelen!
      Os filmes estão cada vez mais bem produzidos, a história está avançando muito bem nas telas! Espero que você possa ler os livros, porque são ótimos (apesar de eu não curtir tanto o último). Peeta é meu queridinho ❤ mas não sou hater do Gale, já simpatizei com ele também hahaha.
      Beijos!

  9. Oi Prii,

    Uau, resenha de tirar o fôlego! Se eu já estava ansioso para conferir esse filme, agora é prioridade máxima para o fim de semana. Adorei cada detalhe, e saber que você achou a adaptação superior ao livro é algo que me anima ainda mais. Confesso que fiquei receoso ao dividirem o livro, mas a cada novo review me convenço que foi em vão temer por isso. Bem, vou poder tirar minhas próprias conclusões no domingo e te conto o que achei.

    Abraços!

    • Oi, Jeferson!
      Poxa, muito obrigada! Fico muito contente que tenha gostado! 😀
      Espero que você goste do filme tanto quanto eu. Saí do cinema extasiada e contente pelo que assisti. Quero saber sua opinião sobre o filme, hein? ^_^
      Abração!

  10. Oi, Pri!
    Eu, particularmente, não gosto da trilogia. Já li os livros e detestei cada um. rs
    Não pretendo assistir esse filme no cinema. Assisti os anteriores e foi gasto em vão; continuei não gostando, apesar que adoro o elenco.
    Fico feliz que você tenha gostado. Prova que superou suas expectativas. 🙂
    Abraço!

    “Palavras ao Vento…”
    http://www.leandro-de-lira.com

    • Oi, Leandro!
      Jura? Poxa, que pena! Gostaria de saber mais sobre sua opinião a respeito deles.
      Às vezes a gente não se identifica mesmo com uma história, por mais famosa que seja. E, nesse caso, não adianta forçar mesmo! Se não gostou, não gostou! hahaha 😛
      Abraços!

    • Oi, Ana!
      Espero que, quando você tiver a oportunidade de conhecer a trilogia, você goste dela!
      Acho que traz diversas questões bem importantes em seu conteúdo! 😀
      Beijo, beijo!

  11. Oi, tudo bem ???
    Confesso que ainda não assisti o filme devido a correria da faculdade, mas estou louca para assistir, mal posso esperar para sentar na poltrona do cinema e chorar como uma condenada, rsrsrs
    Eu sou chorona e tenho coração mole, choro por qualquer coisa, mas apesar de tudo tenho que assistir o começo do fim !!! Todo mundo está elogiando o filme !!!
    Adorei a sua resenha !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    • Oi, Ryokobel! Tudo bem, e você?
      Acho que você vai chorar com A Esperança – Parte 1, viu? É de cortar o coração. 😦 hahaha
      Também sou chorona e fiquei bem triste com diversas passagens, mas o filme tá 10/10! ♥
      E muito obrigada, fico super feliz! *-*
      Beijão!

    • Oi, Anne!
      O Finnick já ficou em segundo plano no livro, fiquei triste de ter ficado também no filme. 😦 Também quero ver a Johanna em ação, saudades dela!
      Sobre a Coin: realmente, ela ainda não mostrou nem metade do que é capaz!
      Beijos!

  12. Oi, Priih! Tudo bem? Que ótimo que você gostou de “A Esperança”!! Já eu não curti tanto assim, porém já sabia disso, considerando que o livro não me agradou tanto. Sei que a segunda parte será muito melhor, mas esses momentos de calmaria da parte 1 meio que quebraram o ritmo para mim. Senti muito a falta do Finnick também, mas é como você disse, ele aparece pouco, mas arrasa, coisa e tal hehe Super curti a Jen cantando The Hanging Tree, a melodia ficou maravilhosa!!! Já estou super ansiosa pela sequência dessa produção, mas estou melancólica também, não creio que só falta mais um filme para a série acabar definitivamente :/
    Adorei sua resenha!! Bjs
    Jéssica – http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    • Oi, Jéssica! Tudo ótimo, e você?
      Eu não curti muito o livro também, mas o filme adaptou de maneira que diminuiu bastante tudo que me fez não gostar do livro. The Hanging Tree ficou demais, que coisa linda a JLaw cantando! ❤ E sobre o final: como é difícil quando uma "função" dessas acaba e não tem mais nada da série pra esperar, né? Apesar que o diretor não descarta a hipótese de mais um filme no universo de Jogos Vorazes! :O
      Obrigada pelo elogio, fico muito feliz!
      Beijos!

  13. AI MEU DEUS AI MEU DEUS AI MEU DEUS EU AINDA NÃO ASSISTIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII! T______________T (e sim, tudo em caps). Emprestei os livros a um amigo e combinamos de assistir juntos do segundo em diante. Mas aí o bacana foi viajar BEM na quarta-feira passada, e nisso estou sem assistir até agora. Estamos combinando de ir nessa sexta e espero que dê tudo certo. Assim que assistir, volto e leio a sua review, porque quero manter toda a surpres, hasuidhasuidhasuidhaiu
    Beijos, Priih :3

    • Oi, Liah!
      Poxa, corra ao cinema, sério! *_*
      O filme tá emocionante, bem feito e muito envolvente. Eu amei. ❤
      Quero assistir de novo! HAHAHA!
      Depois conta o que achou do filme hein?
      Beijão! :3

  14. Ainda estou meio lerda. Assisti esse filme ontem e estou absorvendo ainda as informações. Como assim? UM ANO, UM ANO até o próximo? Não posso, não aguento. Apesar de diversos aspectos, gostei muito dessa adaptação. Não era o que imaginava, mas conseguiu suprir minha saudade de uma das minhas séries favoritas ❤ ❤ Fiquei muito decepcionada com a pequena e morna aparição do Finnick. Muito mesmo. Ele é um personagem marcante na história e sinto que não deram a devida importância, sabe? Senti muita falta das brincadeiras (ainda que poucas devido ao transtorno que ele passava) e das conversas com a Katniss.
    Estou meio que pirando pelo próximo.
    Adorei (como sempre <3) sua postagem, Priiih!

    Beijão

    • Oi, Sofia!
      UM ANO É MUITO TEMPO! 😥 HAHAHA!
      Saí do cinema já querendo engatar a parte 2, que final incrível e instigante (tanto quanto o de Em Chamas). Eu amei a adaptação, principalmente porque não gosto muito do livro.
      Poxa, quanto ao Finnick eu concordo plenamente. Já fiquei super de cara com o que acontece no livro e com a pouca importância dada ao fato, e parece que estão repetindo isso no filme. >.<
      Muito obrigada mesmo, fico super feliz que tenha gostado! ❤
      Beijão!

  15. Tbm achei que a adaptação foi perfeita e na medida certa!
    Não achei que eles mostraram tanto como as coisa eram no 13, o livro é bem mais detalhado. E acho que o Finnick podia ter aparecido um pouco mais tbm 😉
    The hanging tree e as atuações foram perfeitas, acho que foi o melhor filme até agora!
    Beijos!
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    // Foto do Leitor até 30/11, Sorteio de Natal rolando! //

    • Oi, Carol!
      Verdade, o 13 ficou bem em segundo plano mesmo. No livro ele parece mais ameaçador. Talvez abordem a verdadeira Coin na parte 2 (?) hahaha!
      Ansiosíssima pra conferir a continuação e o desfecho dessa trilogia épica!
      Beijos!

  16. Pingback: Review: Jogos Vorazes: A Esperança – O Final | Infinitas Vidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s